sexta-feira, 18 de maio de 2018

Publicado edital para obra de abastecimento de água no distrito de Guadalajara, em Paudalho

A Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa publicou hoje (17), no Diário Oficial do Estado, o edital para a contratação da empresa que irá executar a obra de ampliação do Sistema de Abastecimento de Água do distrito de Guadalajara, no município de Paudalho. O sistema atual é administrado pela Prefeitura e apresenta uma série de problemas de ordem técnica e operacional. A realização da obra é um pleito feito por várias lideranças da cidade, que manifestaram o desejo para que a Compesa realizasse os investimentos necessários para melhorar a prestação dos serviços na localidade. “Levamos o pleito ao governador Paulo Câmara, que prontamente autorizou a elaboração do projeto e viabilizou os recursos necessários para essa importante obra”, assegura o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

Segundo o dirigente da estatal, a companhia está sempre aberta a conversar com prefeituras que operam seus próprios sistemas de abastecimento de água e que desejam repassar para a Compesa administrar. “Isso demonstra o reconhecimento sobre a nossa gestão e qualidade da água que oferecemos a mais de sete milhões de pernambucanos”, afirmou. Para ampliar e melhorar o atendimento aos dez mil moradores do distrito de Guadalajara, a Compesa irá implantar uma nova captação de água na Barragem Bicopeba, no próprio distrito. Também será construída uma estação de tratamento de água com capacidade para tratar 20 litros de água por segundo, uma vazão superior a demanda da localidade hoje, que é de 16 litros de água por segundo. Ainda será construída uma estação elevatória (sistema de bombas) e um reservatório com capacidade de armazenar 300 metros cúbicos de água. Um sistema adutor com cinco metros de extensão também será construído e serão implantados mais de 3.000 metros de rede de distribuição, em substituição as antigas tubulações.

Com a publicação do edital hoje, a expectativa da Compesa é finalizar o processo em cerca de três meses. “A partir da assinatura da ordem de serviço, esperamos finalizar todas as intervenções em oito meses, prazo em que entregaremos à população de Guadalajara um novo sistema de abastecimento, garantindo uma maior oferta e qualidade garantida da água produzida”, finaliza o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

Imprensa Compesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário