terça-feira, 22 de maio de 2018

Oficina sobre Saúde do Homem

A Secretaria de Saúde de Caruaru, através da Gerência Geral de Políticas Estratégicas e Coordenação de Saúde do Homem, realizou as oficinas “Política Nacional de Atenção à Saúde do Homem e seus Eixos” e “Guia de Saúde do Homem para Agente Comunitário de Saúde e Guia do Pré-natal do Parceiro para Profissionais de Saúde”.

O evento, que aconteceu pela primeira vez no município, foi uma parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria de Saúde de Pernambuco e Ministério da Saúde e contou com a participação do Técnico da Coordenação Nacional de Saúde do Homem, Ayrton Sampaio e da Gerente de Saúde do Homem e do Idoso da Secretaria de Saúde de Pernambuco, Valéria Pastor.

Em dois dias de evento, que contou com a participação de mais de 100 de Atenção Básica em Saúde, foram abordados temas como: Política Nacional em Atenção à Saúde do Homem, Acesso e Acolhimento, Saúde Sexual e Reprodutiva, Cuidado e Paternidade, Doenças prevalentes na população masculina, Prevenção de Violência e acidentes, além de Finalidade e uso do Guia de Saúde Homem para Agentes Comunitário de Saúde, Estratégia do Pré-natal do Parceiro, Exploração e Orientações de Preenchimento da Caderneta da Gestante e Preenchimento das Fichas do E-Sus.

“Parabenizo a Secretaria de Saúde de Caruaru por trazer este tipo de evento pra o município, pois é muito importante inserir o cuidado com a saúde do homem em todo o processo de saúde do SUS”, explicou o Técnico da Coordenação Nacional de Saúde do Homem Ayrton Sampaio.

Para o Coordenador de Saúde do Homem de Caruaru, Rafael Moreira, receber este tipo de evento auxilia ainda mais na qualificação dos profissionais da rede municipal. “Essa Oficina teve como objetivo qualificar profissionais da atenção básica sobre a Política Nacional de Atenção Integral a Saúde do Homem, dando condições para que as equipes possam realizar ações de saúde que contribuam significativamente para a compreensão da realidade singular da população masculina, nos seus diversos contextos socioculturais”.

Imprensa Caruaru

Nenhum comentário:

Postar um comentário