segunda-feira, 21 de maio de 2018

"Deus te fez assim"

O chileno Juan Carlos Cruz vítima de abuso praticado por um padre pedófilo contou que o Papa Francisco disse que não se importa por ele ser homossexual. "Deus te fez assim, te ama assim, a mim não importa", disse o Papa, segundo o jornal El País.

Cruz disse também que falou sobre sua vida e sobre os abusos sofridos durante seu encontro com o Papa. O pontífice, segundo ele, pediu perdão "em nome do Papa e da Igreja e por ter causado tanta dor nos últimos meses."

Na semana passada, 34 bispos chilenos colocaram seus cargos à disposição do Papa Francisco após os escândalos de abusos sexuais. Bispos, entre eles Juan Barros, são acusados de acobertarem os crimes de pedofilia cometidos pelo padre Karadima em uma paróquia de Santiago.

Karadima foi condenado a uma vida de oração e penitência pela Justiça do Vaticano em 2010. A Justiça chilena também realizou um julgamento contra Karadima e o considerou culpado, mas ele não foi condenado porque os crimes já estavam prescritos.

Recentemente o Papa Francisco reconheceu "graves erros de avaliação" sobre o caso. Ele chegou a defender Juan Barros, mas depois voltou atrás dizendo que havia cometido "graves erros" na condução da crise de abusos sexuais porque havia sido "mal informado".

O pontífice afirmou também que seria duro com bispos chilenos para esclarecer acobertamentos.

Portal G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário