terça-feira, 29 de maio de 2018

Bombeiros alertam: abastecer em galões pode provocar acidentes

Muitas pessoas correram para as filas dos postos com galões e garrafas nas mãos. Mas o Corpo de Bombeiros alerta: é preciso ter bastante cuidado ao manusear e transportar combustível para evitar acidentes, que podem consequências graves. 

Segundo a corporação, o transporte e venda de combustíveis em galões não autorizados, sacos plásticos e outros tipos de recipientes é proibido e gera multa aos postos de combustíveis e revendedores. Especialmente as garrafas PET são proibidas para esse transporte, pois o material não resiste ao contato com o combustível. 

Ou seja, a comercialização só pode acontecer com recipientes específicos para o transporte de gasolina, com selo no Inmetro, vendidos em postos. Esses recipientes só podem ser usados uma única vez. 

Caso a gasolina entre em contato com recipientes não preparado para transporte de combustível, pode haver um rompimento, já que a gasolina é extremamente corrosiva. Se houver um rompimento no produto e um vazamento, há grande perigo de haver uma explosão. 

Os combustíveis são produtos altamente inflamáveis e o transporte ou estocagem podem ser perigosos, informa o Corpo de Bombeiros. Somente um copo de gasolina gera vapores equivalentes a dois quilos de dinamite. Por isso, fique atento à capacidade de armazenamento do produto devido a sua capacidade de expansão, a forma correta para despejar o líquido, entre outros detalhes que, se não ferem observados, podem colocar a vida das pessoas em risco.

Hoje em Dia (MG)

Nenhum comentário:

Postar um comentário