segunda-feira, 3 de julho de 2017

Presidente do BC diz que fica no cargo com saída de Temer

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, disse que permanece no cargo com eventual saída de Michel Temer da Presidência da República. Segundo Goldfajn, a política monetária também continua.

“O Banco Central é uma instituição que preza de autonomia e, portanto se mantém, olha o médio e o longo prazo”, afirmou. Goldfajn se pronunciou em coletiva de imprensa nesta 5ª feira (29.jun.17), após anunciar a definição das metas de inflação para 4,25% em 2019 e 4% em 2020 pelo CMN.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ressaltou que a equipe econômica não se prende a hipóteses do cenário político. “Senão vamos ficar em clima especulativo. Temos que trabalhar dentro do cenário colocado e dentro dos mandatos da equipe econômica”, disse.

Poder 360º (Brasília)

Nenhum comentário:

Postar um comentário