quinta-feira, 27 de julho de 2017

Espaço Compesa desperta interesse de crianças pelos temas ambientais

Colocar a mão na terra, plantar uma semente, adubar e aguar, zelar para que a plantinha cresça e floresça. Esse aprendizado ninguém esquece. Por isso, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) levou para a 27ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) oficinas de plantio de mudas e jogos educativos como estratégias de educação ambiental para as novas gerações. Desde a última segunda-feira (24), mais de 350 crianças já participaram das atividades, verdadeiros laboratórios ao ar livre, despertando o interesse pela preservação da natureza e o consumo consciente. A programação é gratuita e segue até sexta-feira (29), no espaço montado pela Compesa no Parque Euclides Dourado, no horário das 15h às 19 horas.

Todos os dias são promovidas cerca de oito oficinas de plantio de mudas, cada uma com 20 minutos de duração. Podem participar até 16 crianças por turma. Na atividade, as crianças plantam mudas de espécies florísticas, fáceis de cultivar em casa, como Girassol, Dália e Cravina. Ao final da oficina, elas levam a muda para casa. A proposta das atividades com os jogos educativos é semelhante. Após participar da brincadeira e aprender as regras, a criança também é presenteada com o jogo de tabuleiro para multiplicar as informações e o conhecimento adquirido, de forma lúdica, com os amigos. Os jogos educativos reproduzem um jogo de ludo gigante, onde as crianças se divertem e, ao mesmo, aprendem sobre conceitos de sustentabilidade, cuidados com o meio ambiente e dicas de preservação dos recursos hídricos.

O público jovem e adulto que visita o espaço da Compesa no FIG pode conhecer espécies florestais nativas da Caatinga e da Zona da Mata, além de receber material informativo sobre uso racional da água. Para Aldo Santos, diretor de Articulação e Meio Ambiente da Compesa, desenvolver atividades socioambientais num evento como o FIG possibilita à companhia promover educação ambiental e divulgar o compromisso da empresa com a sustentabilidade dentro de um contexto de valorização da nossa cultura. “O FIG é um evento que valoriza a cultura, e para nós da Compesa, a preocupação e a ação da sociedade na preservação do meio ambiente deve atravessar gerações, fazendo parte das ideias, comportamentos e práticas de todos”, observa.

Imprensa Compesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário