segunda-feira, 24 de julho de 2017

Ação da Campanha 'Coração Azul' alerta para tráfico de pessoas



O que é a campanha Coração Azul?

Uma iniciativa de conscientização para lutar contra o tráfico de pessoas e seu impacto na sociedade.

A campanha Coração Azul busca encorajar a participação em massa e servir de inspiração para medidas que ajudem a acabar com o tráfico de pessoas.

A campanha permite que todas as pessoas demonstrem sua solidariedade com as vítimas do tráfico de pessoas, usando o Coração Azul.



E o Coração Azul?

O Coração Azul representa a tristeza das vítimas do tráfico de pessoas e nos lembra da insensibilidade daqueles que compram e vendem outros seres humanos. O uso da cor azul das Nações Unidas também demonstra o compromisso da Organização com a luta contra esse crime que atenta contra a dignidade humana.

Da mesma forma que a fita vermelha se tornou o símbolo internacional da conscientização sobre o HIV/aids, esta campanha busca fazer do Coração Azul o símbolo internacional da luta contra o tráfico de pessoas. "Vestindo" o Coração Azul, você ajuda a conscientizar sobre o tráfico de pessoas e adere à campanha para lutar contra esse crime.

Os casos de tráfico de pessoas podem ser caracterizados de diversas maneiras, como promessas de trabalho que levam as vítimas para situações de exploração sexual, trabalho escravo, tráfico de órgãos, adoção ilegal e servidão por dívida.


As pessoas podem ser levadas ao tráfico de pessoas com propostas de trabalho. Entre os adolescentes, esse tipo de crime ocorre com a promessa de um trabalho como modelo oi jogador de futebol.


Entre os adultos, há outras formas de ludibriar as vítimas, como ofertas de trabalho em zonas rurais. São empregos em carvoarias, por exemplo. “As pessoas enganadas estão em situações de vulnerabilidade econômica e social”.




Qualquer denúncia pode ser feita através do Disque 100, 180 ou pelo telefone 191, da PRF, nos casos flagrados nas rodovias federais. A ligação é gratuita e não é necessário se identificar. Para obter mais informações sobre o tema, a população também pode entrar em contato com o Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, por meio do número (81) 31835067 ou pelo Disque Denúncia (81) 3421.9595.




Com informações do Portal G1 e do site Unodc

Nenhum comentário:

Postar um comentário