quarta-feira, 21 de junho de 2017

Última vítima de envenenamento no Dia das Mães deixa hospital

A jovem Débora Maria Soares, 20 anos, teve alta do Hospital da Restauração (HR), no Derby, na área central do Recife, na terça-feira (20). Ela é a última integrante da família que sofreu envenenamento no almoço do Dia das Mães deste ano, em Camaragibe, no Grande Recife, a deixar uma unidade de saúde. O suspeito de cometer o crime se apresentou à polícia e está preso desde 17 de maio.


De acordo com a polícia, o crime foi cometido por um rapaz que não aceitava o fim do relacionamento com Débora. Ela era o alvo da ação criminosa e foi quem preparou os alimentos, consumidos na festa do dia 14 de maio.

O laudo do Instituto de Criminalística (IC), divulgado em 17 de maio, comprovou que nove pessoas da mesma família ingeriram alimentos com chumbinho, veneno usado para matar ratos.

Debora passou 38 dias internada no HR. Os parentes deixaram as unidades de saúde ao longo do período de mais de um mês depois do envenenamento.

Entenda o caso

O envenenamento da família de Camaragibe ganhou repercussão no domingo. De acordo com informações de vizinhos, o crime foi motivado pelo fim relacionamento amoroso.

No sábado (13), o suspeito foi à casa da família, tentando reatar o namoro com uma jovem. Ele pediu que ela colocasse créditos no celular dele. Na ausência da mulher, poderia ter acesso à cozinha da residência.

A polícia encontrou vestígios de um material preto no colorau. A comida provocou a morte do gato da família.

Portal G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário