quarta-feira, 21 de junho de 2017

Preso homem acusado de estuprar e engravidar filha

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu, na noite da terça (20), um homem foragido da Justiça de Alagoas acusado de estuprar e engravidar a filha de 12 anos. O homem, de 33 anos, era procurado desde março de 2016 e foi encontrado por policiais no distrito de Jussaral, no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, junto com a companheira, mãe da garota estuprada, e com uma criança que nasceu da relação incestuosa.

Os detalhes da prisão foram apresentados em uma coletiva de imprensa realizada na tarde desta quarta-feira (21) no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife. Responsável pela investigação do caso, o delegado Ramon Teixeira, do Grupo de Operações Especiais (GOE), explicou que o homem estava armado com uma foice no momento da prisão e, por isso, os policiais se empenharam para evitar a reação do foragido. “Não houve reação, mas ele agiu com desdém no momento da prisão, debochando do trabalho da polícia”, contou.

A companheira do foragido, segundo a polícia, é mãe da adolescente violentada. “Ela não falou com a polícia, mas acreditamos que ela veio a Pernambuco junto com ele por vontade própria”, afirmou o delegado. A filha do casal, que tinha 12 anos na época dos abusos sexuais, está sob cuidados do Conselho Tutelar de Alagoas.

Denúncia

Segundo Ramon Teixeira, o homem foi encontrado após uma denúncia do Conselho Tutelar do distrito de Jussaral, no Cabo de Santo Agostinho, a respeito de uma criança desnutrida que sofria maus-tratos na região. “Fizemos um levantamento preliminar e constatamos que o indivíduo responsável pela criança tinha um mandado de prisão. Na decisão judicial, vimos que ele havia cometido uma série de estupros contra a filha”, detalhou o delegado.

Durante a investigação, a Polícia Civil de Alagoas também entrou em contato com os policiais de Pernambuco. “Há alguns dias, havíamos recebido a informação de que esse homem estava no Cabo de Santo Agostinho. Entramos em contato com a polícia de Pernambuco e conseguimos efetuar a prisão”, explicou o chefe de operações da Delegacia Especializada de Crimes Contra Crianças e Adolescentes de Alagoas, Alan Barbosa.

Ainda segundo Alan Barbosa, o homem foi levado para o estado de origem. “Em Alagoas, ele será conduzido ao sistema prisional e vamos concluir o inquérito policial”, concluiu. A criança encontrada com o casal, de idade não informada pela polícia, está sob os cuidados do Conselho Tutelar de Jussaral.

Portal G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário