terça-feira, 20 de junho de 2017

Polícia evacua estação central de Bruxelas após explosão

A Estação Central de Bruxelas, capital da Bélgica, foi evacuada na noite desta terça-feira (20) após uma "pequena explosão".

Segundo o jornal "Le Soir", a Procuradoria confirmou que o autor do suposto ataque foi "abatido", mas ainda não se sabe sobre seu estado de saúde. Já o diário "La Dernière Heure" diz que o homem carregava um colete explosivo.

Em seu perfil no Twitter, a Polícia de Bruxelas afirmou que a situação está sob controle, porém sem dar mais detalhes. Além disso, de acordo com o porta-voz do Corpo de Bombeiros, a explosão foi de "baixa intensidade" e não deixou vítimas.

Duas linhas de metrô que passam pela Estação Central, a um e a cinco, tiveram sua circulação interrompida. A estação é uma das mais movimentadas da capital belga e fica perto de muitos hotéis e atrações turísticas.

Histórico

Há pouco mais de um ano, em 22 de março de 2016, o sistema de transportes da Bélgica já havia sido alvo de um duplo atentado terrorista com 32 mortos.

O ataque começou no aeroporto de Zaventem, nos arredores de Bruxelas, onde dois terroristas, Ibrahim el Bakraoui e Najim Laachraoui, se explodiram perto do check-in da companhia aérea American Airlines.

Pouco mais de uma hora depois, outro kamikaze, Khalid el Bakraoui, detonou o próprio corpo na estação de metrô de Maelbeek, bairro da capital que abriga as instituições da União Europeia.

Os três terroristas eram belgas e viviam no bairro de Molenbeek, um celeiro de grupos radicais islâmicos na cidade. Os ataques ocorreram quatro dias após a prisão de Salah Abdeslam, acusado de envolvimento nos atentados de 13 de novembro de 2015, em Paris, que deixaram 130 mortos.

Acredita-se que o plano dos terroristas era realizar uma operação ainda maior, mas eles teriam antecipado os atentados por conta da captura de Abdeslam.

Nos últimos meses, a Europa foi palco de diversos ataques, como os de Londres e Manchester, e de algumas tentativas, como a de segunda-feira passada (19) na avenida Champs-Élysées, em Paris, onde um homem lançou um carro contra uma viatura da Polícia. (ANSA)

Notícias ao Minuto (Rio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário