quarta-feira, 21 de junho de 2017

Em cerimônia na Rússia, Temer é alvo de protesto 'discreto'

Um protesto silencioso contra Michel Temer (PMDB) durante a homenagem que o presidente prestou ao soldado conhecido, nesta quarta-feira (21), em meio a sua visita a Moscou. Até o momento, a viagem seguia sem manifestações contra o peemedebista.

Dentre as pessoas que estavam acompanhando a cerimônia, duas vozes femininas gritaram "Fora Temer", de um ponto distante na frente do túmulo, que fica no jardim Alexandrovski, junto à muralha do Kremlin.

As informações são do jornal Folha de S. Paulo. Não é possível afirmar se o presidente ouviu ou não os protestos, uma vez que uma banda militar tocava o clássico "Katiucha" no momento.

A cerimônia seguiu com Temer depositando uma coroa de flores com o cruzeiro do brasão brasileiro em frente à chama eterna do túmulo. Temer deve seguir para um encontro com o presidente Vladimir Putin, ainda esta manhã.

O túmulo do soldado desconhecido é uma obra erguida em 1967 em homenagem aos soldados da antiga União Soviética que lutaram na Segunda Guerra Mundial. Estima-se que o conflito tenha dado fim a vida de 25 milhões de habitantes do país.

Midiamax (MS)

Nenhum comentário:

Postar um comentário