terça-feira, 20 de junho de 2017

Curitiba: Após invasão de plenário, Câmara suspende votação de "pacotaço"


Por volta das 10h15 desta terça-feira (20), servidores municipais de Curitiba invadiram a Câmara Municipal em protesto contra o ajuste fiscal anunciado pela prefeitura. Quatro projetos de lei iriam ser votados até o dia 26. No tumulto, quatro manifestantes se feriram, de acordo com os bombeiros, e uma pessoa foi presa.

Por conta da invasão do plenário, o presidente da Câmara Municipal de Curitiba, Serginho do Posto (PSDB), decidiu suspender a sessão desta terça -feira. A decisão foi anunciada horas depois da invasão do plenário pelos servidores. Colocados em regime de urgência, os projetos de lei tramitavam na Câmara desde o dia 13. 

Os servidores são contra as propostas, estavam em greve desde 12 de junho e haviam realizado várias manifestações em frente à Câmara contra o ajuste fiscal proposto pela Prefeitura.Policiais usam cassetetes e spray de pimenta para conter manifestantes na manifestação desta terça-feira.




Portal Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário