sexta-feira, 2 de junho de 2017

CECH debate temática LGBTT com profissionais de saúde e educação

Dando continuidade as ações formativas para discutir a temática LGBTT, o Centro Estadual de Combate à Homofobia (CECH), promoveu mais uma roda de diálogo sobre o tema. Desta vez, com profissionais das áreas de saúde e educação. As ações aconteceram nesta quinta (30/05) e sexta (01/06), na Escola Argentina Castello Branco, em Olinda, e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do Cabo de Santo Agostinho. O Centro é um programa da Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH), órgão vinculado a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH).

Na unidade escolar, o tema foi discutido com professores e gestores. Já na UPA, a roda de diálogo contou com a participação de médicos, enfermeiros, maqueiros, assistentes sociais, psicólogos, entre outros profissionais. Entre os assuntos abordados: direitos humanos, saúde integral, identidade de gênero e orientação sexual, nome social e o enfrentamento a LGBTfobia. As palestras têm sido ministradas pela equipe técnica do CECH formada por psicólogos, assistentes sociais e advogados.

Além de divulgar os serviços de orientação psicossocial e jurídico oferecidos pelo Centro, o objetivo da ação é sensibilizar os profissionais sobre o respeito à orientação afetivo/sexual e identidade de gênero, como explica a coordenadora do Centro, Suelen Figueiredo. “Com esse trabalho de sensibilização esperamos que os atores envolvidos nesses processos formativos sejam sujeitos multiplicadores no combate a LGBTfobia”, defende.

Imprensa SEDH PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário