terça-feira, 2 de maio de 2017

Votação na Camex da volta da taxa do etanol será nessa quarta-feira

Segundo o presidente do Sindaçúcar de Pernambuco, Renato Cunha, a informação que chegou para os produtores de etanol é que o relatório técnico do Ministério da Agricultura, que sugere a volta da taxa de importação do etanol em 17%, deverá ser votada nessa quarta-feira (3), às 16h. No entanto, nos bastidores comenta-se que representantes da ala internacional do Ministério da Fazenda trabalham pelo prorrogamento da decisão. Renato Cunha já antecipa o repúdio dos produtores, caso se confirme essa iniciativa por parte de integrantes do Ministério da Fazenda. “A fazenda até parece que está numa defesa firme dos exportadores lá fora e não das indústrias de etanol que só no Nordeste geram mais de 250.000 empregos diretos. Eles não protegem e ainda prejudicam a indústria nacional”, afirma. O presidente do Sindaçúcar de PE vai mais além e questiona o foro adequado do grupo. “Esse pequeno grupo de técnicos da Fazenda na Camex deveria resolver nivelamento de ICMS no CONFAZ e não na CAMEX. Está no fórum errado e com foco distorcido e, ainda, conseguindo impingir mais prejuízos à produção de etanol. Como pode se intrometer numa temática de competitividade nacional indo de encontro ao Ministério da Agricultura que é quem entende do equilíbrio da agroindústria nacional?”, indaga. Ele endurece ainda mais a defesa da volta da taxa quando ressalta que “na ótica desse pequeno grupo da área internacional da Fazenda está na cara que o Brasil deve aumentar o desemprego e favorecer a desindustrialização nacional. Deve estar satisfeito com a dinâmica da economia”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário