quarta-feira, 10 de maio de 2017

Brasileira estuprada na Tailândia

Uma viagem de férias teve reviravolta trágica: uma turista brasileira de 23 anos foi estuprada por um taxista em Suphan Buri, Bangkok, na Tailândia, na última semana de abril. O crime apenas foi divulgado no Brasil nesta terça-feira (9).

A estudante, cujo nome não foi divulgado, pegou o táxi do suspeito na saída do Aeroporto Internacional Don Mueang e pediu para ser levada até Thong Lor, onde se encontraria com amigos.

O motorista, identificado pelas autoridades tailandesas como Khamkhuncharoen Khonchaturas, de 44 anos, levou a passageira, no entanto, para um local isolado, em Suphan Buri, onde a agrediu e estuprou. Conforme o Bangkok Post, após o crime, o taxista teria deixado a brasileira caída ao lado da estrada.

Porta-voz da polícia, Terdthai Sukthai informou que o taxista foi preso no dia seguinte, no em subúrbio ao Norte de Bangkok, depois de ser reconhecido pelo circuito de segurança do aeroporto.

A brasileira foi hospitalizada, mas já passa bem. O governo tailandês doou 20 mil baht (o equivalente a cerca de R$ 1.800) à vítima para cobrir despesas. Khamkhuncharoen Khonchaturas teria confessado o crime à polícia e foi acusado de estupro, detenção ilegal e roubo com violência. O caso ainda está sendo investigado.

Notícias ao Minuto (Rio)
Foto meramente ilustrativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário