terça-feira, 23 de maio de 2017

Rodrigo Maia vai barrar pedidos de impeachment

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, deu 1 recado a Michel Temer na semana passada: vai barrar os pedidos de impeachment. A mensagem foi repetida publicamente, de forma indireta, durante o encontro de aliados na noite de domingo (21.mai.2017), no Palácio da Alvorada. Rodrigo Maia (DEM-RJ) quase chorou quando falou de gratidão ao apoio do presidente à sua eleição para o comando da Câmara. Neste momento, disse que será leal a Temer. Já são 9 os pedidos de impeachment contra Temer. É o presidente da Câmara quem decidirá se aceita ou não a tramitação desses pedidos. Mas o STF (Supremo Tribunal Federal) já concluiu que cabe recurso ao plenário.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já arquivou cinco desses pedidos de impeachment contra Michel Temer que deram entrada na Casa. Maia, que também é investigado pela suspeita de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, foi citado por vários delatores da empreiteira Odebrecht como sendo beneficiário de propinas pagas pela construtora.

Os arquivamentos, segundo relata a coluna do jornalista Ricardo Noblat, teriam sido motivados pela precariedade das ações, que teriam sido baseadas apenas em recortes de jornais. Os outros três pedidos também devem seguir o mesmo caminho, mas necessitarão de uma análise mais acurada por terem maior embasamento jurídico.

Nesta semana, contudo, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) dever ingressar com um pedido de impeachment contra Temer, o que deverá demandar mais trabalho por parte de Maia, caso opte pelo arquivamento.

Com informações dos portais Brasil 247 e Poder 360º

Nenhum comentário:

Postar um comentário