quarta-feira, 17 de maio de 2017

Professores e alunos da Uerj montam acampamento em frente ao Palácio Guanabara

Professores e alunos da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) iniciaram, na noite desta terça-feira, um acampamento em frente ao Palácio Guanabara, sede do governo estadual, em Laranjeiras. Quatro barracas foram montadas no canteiro central da Rua Pinheiro Machado, sem interferir no trânsito. Os manifestantes pretendem ficar no local até que o governo aceite dialogar sobre a crise da universidade.

— É para chamar atenção para a nossa situação. Estamos com uma normalidade que é totalmente artificial — afirma Lia Rocha, presidente da Associação de Docentes da Uerj (Asduerj).

O acampamento foi montado após a relização de um protesto, que contou com a participação de 150 pessoas, segundo estimativa de Lia. A principal reivindicação é a regularização do salário dos professores — ainda não receberam a remunaração de abril, nem o 13º de 2016 — e das bolsas estudantis,


— Somos uma categoria endividada. Muitos professores têm dito que não têm condições de trabalhar. Hoje, temos medo de que a Uejr feche — ressalta Lia.

De acordo com ela, nenhum representante procurou o grupo até o momento.

Jornal Extra (Rio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário