segunda-feira, 8 de maio de 2017

Polícia identifica quatro suspeitos de estupro coletivo

Quatro suspeitos do estupro coletivo de uma menina de 12 anos em uma comunidade da Baixada Fluminense foram identificados pela polícia. Gravado pelos suspeito, o crime as imagens foram compartilhadas em redes sociais na última semana.

Na manhã desta segunda (8), ela e a tia, que denunciou o caso, foram à Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav) com os rostos cobertos. De lá, foram encaminhadas ao Centro de Atendimento ao Adolescente e à Criança (Caac), que funciona no Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro (foto).

No local, a jovem fez exame de corpo de delito e foi medicada contra doenças sexualmente transmissíveis. De acordo com o delegado, a Polícia Civil fez uma solicitação para o Facebook preservar todo conteúdo que mostra o ato contra a menina.

Compartilhado em redes sociais, no vídeo pelo menos cinco rapazes aparecem nus, enquanto a menina grita pedindo para que parem com o ato, mas eles continuam com as agressões.

Revista Veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário