quarta-feira, 3 de maio de 2017

PF apreende 15,4 quilos de 'supermaconha' e prende mulher no Aeroporto Internacional do Recife

A Polícia Federal em Pernambuco (PF) apreendeu 15,4 quilos de skank, uma espécie de 'supermaconha' e que tem alto teor entorpecente. Na ação, ocorrida na tarde de terça-feira (2), no Aeroporto Internacional do Recife/ Gilberto Freyre, os agentes prenderam uma mulher de 26 anos, natural do Amazonas.

Segundo a PF, a droga estava acondicionada em 13 tabletes. O skank não é produzido no Brasil. Conforme a Polícia Federal, pela forma de apresentação, ele foi produzido na Colômbia. Ao participar do interrogatório, a suspeita informou que, em Manaus (AM), recebeu a mala onde estava a droga. Alegou não saber detalhes sobre a pessoa que a contratou para levar o entorpecente até Salvador (BA).

A mulher disse aos agentes federais que estava traficando pela segunda vez. Observou não ter ideia do tipo de substância carregada na bagagem. Quando entregasse a droga, receberia R$ 3.500.

Prisão

A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina no aeroporto. Os policiais federais submeteram algumas bagagens ao aparelho de Raio-X e identificaram uma mala que continha alguns objetos de formato retangular.

A bagagem foi separada e a proprietária acabou sendo chamada para uma entrevista. Na conversa com os federais, ela entrou em contradição e ficou nervosa.

Não soube explicar, por exemplo, o valor das passagens nem o motivo da viagem ao Recife. Por isso, foi feito o narcoteste, que deu positivo.

A mulher foi levada para a sede da Polícia Federal, no Cais do Apolo, na área central do Recife. Depois passou por exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML), na mesma área da cidade.

Caso ela seja condenada, poderá pegar penas que variam de cinco a 15 anos de reclusão. A suspeita foi levada para a Colônia Penal Feminina, no Engenho do Meio, na Zona Oeste da Capital Pernambucana.

Estatísticas

Esta é a 3ª apreensão de drogas em2017, no terminal. Até agora, foram quatro prisões. Os agentes recolheram 15,7Kg de cocaína e 36,4Kg de skank.

Em 2016, foram realizadas 14 apreensões, com 14 pessoas presas. Houve a apreensão de 26 quilos de haxixe, 13.7 quilos de cocaína, 6,1 quilos de metanfetamina, 25,1 quilos de Ecstasy (cerca de 75.800 (setenta e cinco mil e oitocentos comprimidos) e 56 aparelhos celulares Iphone7.

Portal G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário