sexta-feira, 12 de maio de 2017

O feitiço vira contra o feiticeiro

A briga entre dois ícones da direita brasileira movimentou as redes sociais nesta sexta-feira (12). O blogueiro da Veja Reinaldo Azevedo postou no Twitter um texto em que provoca Diogo Mainardi, do site O Antagonista, após ser acusado por ele de querer tomar o lugar de Cristiano Zanin, advogado do ex-presidente Lula.

O desentendimento surgiu porque Azevedo publicou, em sua coluna na Folha de S. Paulo, críticas ao juiz federal Sergio Moro, depois do depoimento dado ao magistrado pelo petista na quarta-feira (10). “O antigo Babalorixá está mesmo sendo julgado por um tribunal de exceção de Banânia. Sergio Moro esmagou o devido processo legal com um desassombro inédito em tempos democráticos”, escreveu.

A briga entre dois ícones da direita brasileira movimentou as redes sociais nesta sexta-feira (12). O blogueiro da Veja Reinaldo Azevedo postou no Twitter um texto em que provoca Diogo Mainardi, do site O Antagonista, após ser acusado por ele de querer tomar o lugar de Cristiano Zanin, advogado do ex-presidente Lula.

O desentendimento surgiu porque Azevedo publicou, em sua coluna na Folha de S. Paulo, críticas ao juiz federal Sergio Moro, depois do depoimento dado ao magistrado pelo petista na quarta-feira (10). “O antigo Babalorixá está mesmo sendo julgado por um tribunal de exceção de Banânia. Sergio Moro esmagou o devido processo legal com um desassombro inédito em tempos democráticos”, escreveu.

Diogo Mainardi, ao ver seu nome ridicularizado no Twitter, devolveu a alfinetada de modo nada educado. “Vai dar a bunda, Reinaldo”, rebateu. Essa não é a primeira vez que o fundador do site O Antagonista ataca seus desafetos com xingamentos.

Há cerca de um mês, ele ofendeu e ameaçou o editor-chefe da revista Fórum, Renato Rovai. O motivo da irritação foi uma matéria publicada sobre o fato de Mainardi ter sido citado pelo ex-vice presidente da Odebrecht Henrique Valladares em delação premiada envolvendo o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Portal Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário