sexta-feira, 19 de maio de 2017

Michel Temer pede para STF arquivar inquérito contra ele

O presidente Michel entrou, nesta sexta-feira, com um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) para arquivar o pedido de inquérito contra ele, aberto nesta quinta-feira. O pedido foi distribuído para o ministro Luis Roberto Barroso.

O presidente Michel Temer foi gravado pelo dono da JBS Joesley Batista, dando aval para o pagamento de propina ao deputado cassado Eduardo Cunha em troca do silêncio dele. Diante de Joesley, Temer indicou o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver um assunto da J&F (holding que controla a JBS). Posteriormente, Rocha Loures foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil enviados por Joesley.

Temer também ouviu do empresário que estava dando a Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro uma mesada na prisão para ficarem calados. Diante da informação, Temer incentivou: "Tem que manter isso, viu?".


Jornal O Globo (Rio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário