sexta-feira, 12 de maio de 2017

Dia das Mães abre oportunidades para vendas on-line

As vendas pela internet no período do Dia das Mães devem movimentar R$ 1,7 bilhão, o que representa crescimento de 7% em relação a 2016, de acordo com o Ebit, empresa de informações do comércio eletrônico. Para orientar o empreendedor interessado em vender seus produtos on-line ou melhorar a gestão de seu negócio virtual, o Sebrae dispõe de diversas informações em seu Portal (http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae).

São conteúdos sobre mercado, legislação, inovação, tecnologia, mídias sociais, entre outros. Isso porque, para investir em comércio virtual, é necessário conhecer o panorama do setor, saber qual é o perfil das empresas e dos consumidores, bem como o escolher bem o nicho que será atendido. Há também diversas dicas para e-commerce no Portal. 

Foi apostando nessa estratégia de vendas que o empresário Maurício Meireles, dono do Atacadão Melhor Preço, de Vitória, procurou a unidade do Sebrae no Espírito Santo. “Por meio do Sebrae, onde fiz um curso sobre comércio virtual, comecei a ficar antenado nessa tendência. Depois, participei de um evento sobre o tema, nos EUA, o NRF (National Retail Federation), o maior do setor de comércio varejista do mundo. Percebi que todos os meios de comércio usando o e-commerce. Por isso, precisamos estudar muito sobre esse assunto e fazer investimentos”, diz Meireles.

Depois dessas experiências, o comerciante decidiu expandir para a internet os negócios da loja física, que vende desde material de limpeza até eletroeletrônicos. Ele diz que a sua loja virtual já está em fase de finalização, mas que, por enquanto, usa plataformas de marketplace para vender diversos produtos, como utilidades domésticas em geral, enfeites, comésticos e bomboniere, entre outros. E ele tem uma boa expectativa de aumento das vendas: projeta um crescimento de 12% nos negócios em 2017.

Quem investe em canais de compra on-line deve dar bastante importância à organização e ao planejamento antecipado para garantir estoque suficiente para atender aos pedidos. É importante que o empresário que deseja atuar ou que já atua no comércio eletrônico se prepare para atender aos eventuais aumentos de demanda ocasionado pelas datas comemorativas.

Agência Sebrae de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário