sexta-feira, 12 de maio de 2017

Cresce procura por micropigmentação para maquiagem e correção estética

É cada vez maior o número de mulheres que estão recorrendo a micropigmentação como alternativa para substituir a maquiagem convencional ou corrigir problemas estéticos. Sua aplicação mais conhecida é no redesenho de sobrancelhas, mais a técnica já é muito utilizada também para aumentar os lábios, camuflar cicatrizes, atenuar rugas e estrias, além de esconder vitiligo e calvície.

Em razão do grande sucesso que a técnica tem conquistado, a micropigmentação será um dos principais temas abordados do IV Congresso de Estética e Cosmética Hairnor 2017, que será realizado de 3 a 5 de junho no Centro de Convenções de Pernambuco, no Recife. “No evento, os profissionais que atuam nessas áreas vão conhecer as novas técnicas e os avanços científi­cos da área da estética e cosmética transmitidos por profi­ssionais de renome”, afirma Stanley Ataíde, coordenador do evento..

No segmento específico da micropigmentação, as pessoas interessadas em se aprofundar no tema vão conhecer como e quando usar as diversas técnicas existentes no mercado. O crescimento do uso desse tipo de tratamento tem como justificativa o fato de ser um procedimento estético rápido e eficiente que ajuda na promoção da autoconfiança e autoestima das pessoas.

“Na área da cosmética, a micropigmentação vem de encontro à necessidade de praticidade e liberdade da mulher atual que, com o procedimento, não precisa mais ficar retocando a maquiagem nos lábios, sobrancelhas ou no cotorno dos olhos, por exemplo”, afirma a micropigmentadora Glauce Melo. Ela revela ainda que, no segmento de micropigmentação paramédica, as mulheres tem se beneficiado também pelas técnicas que possibilitam a camuflagem de cicatrizes e vitiligo, além da reconstituição de aréola e mamilo nos casos de reconstituição do seio após uma mastectomia.

Com duração de cerca de 2 horas, a micropgmentação é feita com agulhas e pigmentos de diferentes tipos. Ainda que o processo não seja completamente indolor, os cremes anestésicos e a habilidade da micropigmentadora podem tornar a técnica tranquila e pouco incômoda.

Outro fator que tem contribuído para a disseminação da atividade é que a carreira de micropigmentadora é extremamente promissora, pois a micropigmentação é uma especialidade que pode agregar, no mínimo, 10 vezes mais valor ao design de sobrancelha. Dessa forma, a atividade ajuda a maximizar os lucros de salões, centros estéticos e profissionais autônomos que desejam conquistar a tão sonhada independência financeira.

No IV Congresso de Estética e Cosmética Hairnor 2017 os outros temas que serão abordados serão: Estética Íntima; Alopecia: Uma abordagem do processo e tratamentos com base na mesoterapia; Cosmiatria e cosmecêutica aplicadas à terapia facial e corporal; Tratamentos cosmecêuticos nas afecções estéticas faciais e corporais.

SERVIÇO:

Congresso de Estética e Cosmética Hairnor 2017
Informações e Inscrições: (81) 3467-6572 | contato@hairnor.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário