segunda-feira, 29 de maio de 2017

Barragem de Jucazinho continua sem acumular água

A Barragem de Jucazinho, localizada o município de Surubim, continua em colapso. As chuvas registradas nos últimos dias no Agreste não alcançaram a Bacia do Capibaribe, responsável pela alimentação do manancial, o maior reservatório operado pela Compesa para abastecimento humano. A sua capacidade de acumulação é de 327 milhões de metros cúbicos de água e encontra-se seca desde setembro do ano passado. Esse é o pior cenário de Jucazinho desde a sua inauguração, no ano de 2000.

O sistema abastece às Cidades de Santa Cruz do Capibaribe, Riacho das Almas, Cumaru, Passira, Salgadinho, Casinhas, Surubim, Vertentes, Vertente do Lério, Santa Maria do Cambucá, Frei Miguelinho, Toritama, Caruaru, Bezerros e Gravatá, além de diversos distritos e povoados dos 15 municípios que fazem parte do sistema integrado.

Sua capacidade de produção é de 1.300 l/s, atendendo a uma população de aproximadamente 800 mil pessoas ao longo de seus 206 quilômetros de adutoras. A expectativa da Compesa é que o manancial tenha uma boa recuperação até o próximo mês de julho, quando termina a estação invernosa, para que a operação seja retomada e o abastecimento das cidades seja normalizado.

Imprensa Compesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário