quinta-feira, 4 de maio de 2017

Abbas diz a Trump em encontro na Casa Branca que 'é hora' de pôr fim à ocupação de Israel na Palestina

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, disse nesta quarta-feira (03/05) ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que "é hora" de que Israel ponha fim a sua "ocupação" de territórios palestinos. Os dois se encontraram na Casa Branca.

Durante um pronunciamento conjunto, Abbas reiterou a Trump que qualquer acordo de paz entre palestinos e israelenses tem que incluir a chamada "solução de dois Estados" e ser baseado nas fronteiras de 1967. O presidente norte-americano já afirmou, durante a visita do premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, à Casa Branca em fevereiro, que, para ele, tanto faz.

Trump, por sua vez, se disse "comprometido" a trabalhar com os dois lados para tentar selar um acordo de paz. "Farei tudo o que for necessário para facilitar um acordo, para intermediar ou arbitrar qualquer coisa que eles queiram fazer. E vamos conseguir", declarou.

O presidente norte-americano disse que, ao longo de sua vida, "sempre" escutou que "talvez o acordo mais difícil" de ser alcançado é um de paz entre israelenses e palestinos. Trump não entrou em detalhes sobre quais condições considera necessárias para que o pacto seja obtido.

Abbas disse acreditar que Trump tem a "determinação" e o "desejo" de ter sucesso em eventuais negociações de paz, e acrescentou que ele acredita "firmemente" que é possível chegar a uma solução permanente sobre o conflito no Oriente Médio.

Segundo a agência de notícias palestina Wafa, o objetivo desta visita de Abbas a Washington é analisar "o papel" que o governo dos EUA pode ter no reatamento das negociações de paz com os israelenses. 

Dois Estados

A ambiguidade de Trump sobre se defende a posição de um ou dois estados gerou preocupação entre os palestinos e os países membros da Liga Árabe. Na última cúpula do grupo, os membros ressaltaram seu apoio à criação do Estado palestino.

Por outro lado, o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, afirmou nesta terça (02/05) que Trump está considerando seriamente transferir a embaixada do país para Jerusalém, algo que já prometeu durante a campanha.

O presidente norte-americano não quis se pronunciar hoje sobre esse tema ao ser perguntado por jornalistas antes de sua reunião com Abbas no Salão Oval.

Opera Mundi

Nenhum comentário:

Postar um comentário