quarta-feira, 31 de maio de 2017

Estação Café propõe noites de fondue para o Dia dos Namorados


Aproveitando os dias amenos e o clima romântico do mês de junho, a Estação Quatro Cantos Galeria e Café, nos Quatro Cantos de Olinda, promove em comemoração ao Dia dos Namorados, noites de fondue entre os dias 09 e 12, a partir das 19h. O jantar inclui fondue de queijos suíços, acompanhado por uma garrafa de vinho tinto Concha y Toro, e ainda, a sobremesa “Delícia a Dois”, ganache de chocolate com chantilly e pedaços de morango.

No sábado o clima fica ainda mais especial, uma apresentação de chorinho embalará os apaixonados que estiverem por lá no sábado. *A Estação Quatro Cantos Galeria e Café funcionará excepcionalmente na segunda-feira (12) e fechará na terça-feira (13). Na semana seguinte retornará ao seu funcionamento normal, de terça a domingo.

Serviço

Jantar romântico de fondue na Estação Café, com noite de música.
Quando: Da sexta (9) a segunda-feira (12), a partir das 20h.
Onde: Rua Prudente de Morais, 440, Carmo, Olinda.
Quanto: R$ 149,90, o casal + couvert artístico R$ 6, no sábado.
Informações: (81) 3429-7575

Taeq lança vinagres orgânicos balsâmico e de vinho tinto

A marca de alimentação Taeq, sempre atenta às tendências de consumo saudável, lança dois tipos de vinagres orgânicos: balsâmico e de vinho tinto. Por serem orgânicos, utilizam ingredientes cujo cultivo ou preparação não utiliza fertilizantes químicos nem sintéticos e respeita o uso racional da água e do solo. Por isso, trazem muitos benefícios para a saúde e mantém suas propriedades naturais.

Os dois produtos são bastante versáteis, podendo ser utilizados tanto em pratos mais elaborados, quanto em saladas e até em sobremesas.

O Vinagre de Vinho Tinto Orgânico é produzido na província de Modena, Itália, possui um aroma frutado e sabor suave, indicado para saladas, pratos frios, molhos tipo vinagrete e marinadas de carnes. Já o Vinagre Balsâmico Orgânico, também produzido nesta região italiana, é elaborado por meio da fermentação e cozimento do suco de uvas, envelhecido em barris de madeira por no mínimo 12 anos. Geralmente, é usado para temperar saladas e antepastos ou para acrescentar acidez a molhos para acompanhamento de carnes. Pode, ainda, ser combinado a frutas ou em sobremesas para equilibrar a doçura e trazer contraste de sabores. 

Os dois vinagres Orgânicos Taeq são vendidos com exclusividade nas lojas Pão de Açúcar e Extra por R$14,50 o Balsâmico e R$10,90 o tinto. Taeq possui uma extensa e variada linha de produtos saudáveis para quem quer se alimentar bem. São mais de 400 itens em seu portfólio. Entre no site www.taeq.com.br e conheça todos os produtos da marca.

TAEQ

Lançada em 2006, Taeq é a marca exclusiva do GPA para o segmento de alimentação saudável. Todo o portfólio contempla opções saudáveis para o dia a dia, com destaque para os ingredientes naturais e linha de orgânicos. A assinatura da marca, “Conquiste a sua vida”, traz atitude, movimento e uma busca constante de cada um por seus desejos. Quem se alimenta bem tem mais energia e disposição para buscar seus objetivos. Taeq possui uma ampla e variada linha de produtos saudáveis que podem ser encontrados nas redes Extra e Pão de Açúcar de todo o país. A marca conta ainda com um portal www.conquistesuavida.com.br, que traz um vasto conteúdo de receitas e dicas sobre alimentação e hábitos saudáveis. www.taeq.com.br

Pesqueira sai do colapso de abastecimento


No Agreste, as chuvas continuam a elevar os níveis das barragens e contribuem para melhorias no abastecimento de água de mais cidades da região. Depois de três anos em colapso, o sistema de abastecimento da cidade de Pesqueira vai voltar a operar na próxima semana. Os três mananciais que fornecem água para cidade, as barragens de Santana, Pedra D'água e Afetos, estão com 30%, 50% e 20% da capacidade de reservação, respectivamente. No momento, a Compesa executa serviços de manutenção e ajustes nas adutoras e Estação de Tratamento de Água (ETA) para colocar o sistema para funcionar. Caso não chova mais na região, o volume de água acumulado nas barragens garante o abastecimento da população de Pesqueira nos próximos dois meses.

A Compesa está se preparando para retomar a operação do sistema de Pesqueira. “Já está sendo elaborado um calendário de abastecimento para a cidade, que será divulgado em breve” informa o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Gilvandro Tito. Em São Caitano, também choveu nas bacias hidrográficas das barragens de Brejo do Buraco, Brejo dos Coelhos e Taquara. Os mananciais integram o sistema de abastecimento de água de São Caetano, que estava há um ano em colapso. A companhia trabalha para restabelecer o funcionamento do sistema até a próxima semana.

A Barragem de Brejão, localizada no município de Sairé, responsável pelo abastecimento da cidade de Bezerros, estava com 1% de sua capacidade no mês de abril, e com as últimas chuvas, saiu da situação de colapso. Hoje registra 50% de acumulação, o que corresponde a 800 mil metros cúbicos de água. Com esse volume de água, Brejão já voltou a atendeu a cidade.

A Barragem de Santa Rita, que fornece água para as cidades de Jupi e Calçado, localizadas no Agreste Meridional, também foi beneficiada com as chuvas. Agora registra 50% da sua capacidade total, ou seja, está com 300 mil metros cúbicos de água. Como o sistema de abastecimento de água integrado estava inoperante há quatro anos, é necessário que se faça uma manutenção antes de retornar o funcionamento da distribuição de água para as duas cidades, o que deve acontecer até a próxima semana. Somente a cidade de Calçado já estava sendo abastecida pelo sistema da Barragem de Pau Ferro.

Imprensa Compesa

Defesa Civil de Olinda melhora drenagem em ruas de Salgadinho

Um incômodo recorrente durante o período chuvoso está sendo equacionado pela Secretaria de Obras de Olinda, através da Secretaria Executiva de Defesa Civil. As ruas Sancho Melo e Fábrica de Vela, e a II Travessa Djalma Dutra, em Salgadinho, estão recebendo intervenções para dinamizar o sistema de drenagem. Homens da prefeitura iniciaram, nesta terça-feira (30.05), a desobstrução das galerias e troca das tubulações, que irão direcionar a água das chuvas para o Rio Beberibe.

Os atuais tubos de PVC serão substituídos por manilhas de concreto que são mais resistentes à ação de dejetos sanitários, um dos problemas das tubulações confeccionadas com PVC é o ataque químico do esgoto. Segundo o fiscal da Defesa Civil, Thiago de Oliveira, “Esse fenômeno potencializa o desgaste do equipamento e consequentes vazamentos”, explica. Ainda de acordo com ele, o tubo de concreto previne a contaminação do solo e do lençol freático.

A senhora Inalda Carvalho, de 77 anos, moradora da II Travessa Djalma Dutra, há mais de 40 anos, conta que, em 2015, foi obrigada a elevar o piso da casa. “Cheguei a perder móveis antes de adotar essa providência. Mas agora com a obra acredito que esse problema não vai se repetir”, afirma esperançosa.

Secretaria de Comunicação de Olinda

Alagamentos trazem risco de doenças

Pernambuco já começa a sofrer com os problemas causados pela chuva e pelos alagamentos, que trazem, além dos problemas socioeconômicos, doenças infectocontagiosas típicas da temporada como, por exemplo, leptospirose, diarreia e hepatite A. A médica Andrezza de Vasconcelos, infectologista do Hospital Jayme da Fonte, alerta que muitos dos registros dessas doenças acontecem com o início das chuvas. Por isso, é importante ficar atento às formas de transmissão e tratamento.

Leptospirose - é causada por uma bactéria presente na urina dos ratos. As chuvas trazem à superfície toda a água contaminada nos esgotos, córregos e galerias pluviais o que propicia a disseminação da bactéria causadora da doença nas águas das enchentes. “Em caso de inundações, deve ser evitada a exposição desnecessária à água ou à lama. Pessoas que se expuserem ao contato com água e terrenos alagados devem utilizar roupas e calçados impermeáveis”, alerta a médica. No caso de exposição, deve-se estar ciente se há presença de pequenos ferimentos na pele, pois estes facilitam a penetração da bactéria, que pode ocorrer também através da pele íntegra, quando a exposição é prolongada. 

A maioria das pessoas infectadas desenvolve manifestações discretas ou não apresenta sintomas. Os sintomas iniciais são febre alta de início súbito, sensação de mal estar, dor de cabeça constante e acentuada, dor muscular intensa, cansaço e calafrios. Dor abdominal, náuseas, vômitos e diarréia podem levar à desidratação. É comum que os pacientes mais graves apresentem icterícia. Trata-se de uma doença com baixa letalidade, porém quando relacionada às complicações dos casos graves como hemorragia pulmonar, insuficiência renal aguda, tem letalidade de até 50%.

Diarreias infecciosas – podem acontecer por ingestão de água de enchentes ou contato dessas águas com pele e mucosas. O quadro clínico é composto por aumento do número de evacuações, dor abdominal, febre, náuseas, vômitos. Pode complicar com desidratação. Em relação ao tratamento, deve-se reforçar a hidratação, tratar a dor, febre e os vômitos. Só o médico pode avaliar quanto à necessidade de antibióticos.

Hepatite A – como se trata de uma doença de transmissão fecal-oral, a água das enchentes pode estar contaminada pelo vírus da hepatite A e transmitir essa patologia. O quadro clínico varia bastante podendo chegar à hepatite fulminante, que é potencialmente fatal. Os sintomas característicos são febre baixa, cansaço, falta de apetite, icterícia, dor abdominal, náuseas, vômitos, fezes amareladas ou esbranquiçadas e urina escura. Não tem tratamento específico e nos casos fulminantes está indicado o transplante de fígado.

Onde fazer doações para desabrigados [23]





O Sest Senat Pernambuco começou esta semana uma campanha de arrecadação de donativos para famílias que ficaram desabrigadas devido às fortes chuvas no Estado. Os donativos podem ser cestas básicas, água, roupas, colchões, itens de higiene pessoal além de cobertores. A campanha segue até o dia 12 de junho.



Pontos de arrecadação:



Unidade Recife

Avenida Beberibe, nº 3.620 - Beberibe

Contato: (81) 2119-0243



Unidade Petrolina

Rua Zito de Souza Leão, nº. 10 - Km 02

Contato: (87) 3866-8323



Unidade Cabo de Santo Agostinho

Rodovia PE 60/SN - Distrito Industrial do SUAPE

Contato: (81) 2138-5100



Unidade Caruaru

Av. Frei Damião de Bozzano - Bairro Indianópolis

Contato: (81) 21035150

Barragem de Pirapama dobra o volume acumulado de água com as chuvas do últimos 10 dias


O mês de maio trouxe muitas chuvas e garantiu a recuperação dos níveis de três dos quatro principais mananciais da Região Metropolitana do Recife (RMR). Nos últimos dez dias, houve um aumento do volume acumulado nas Barragens de Pirapama, Tapacurá e Duas, que variou entre 13% e 41%. A Barragem de Pirapama, situada no Cabo de Santo Agostinho, praticamente dobrou o seu volume no período, de 44,67% passou para 86,43%, e obteve um acréscimo de 41,76% no nível do reservatório. As barragens de Tapacurá e Duas Unas aumentaram 13,26% e 14,62%, respectivamente, e hoje (31) estão com 44,02% e 41,84% da capacidade total de reservação. A Barragem de Botafogo, em Igarassu, ainda não consegui elevar o nível de acumulação, registrando apenas o aumento de 1,7% e está hoje com 15,34% da sua capacidade máxima.

A expectativa dos técnicos da Compesa é que a Barragem de Pirapama, o segundo maior reservatório da Região Metropolitana do Recife - mas responsável por 35% da RMR – atinja 100 % da sua capacidade nos próximos dias. “Pirapama permite a exploração de uma vazão de 5 mil litros de água, por segundo, e é o sistema mais importante para a distribuição de água da RMR, contemplando três cidades: áreas planas do Recife, Cabo de Santo Agostinho e bairros de Jaboatão dos Guararapes “, esclarece o diretor Técnico e de Engenharia, Rômulo Aurélio Souza.

Segundo o diretor, o volume de água acumulado até hoje em Pirapama já dá tranquilidade para administrar o abastecimento de água nessas áreas até o próximo verão. “Nas áreas atendidas por Pirapama, não haverá alteração na distribuição de água, mesmo que a barragem atinja a sua capacidade máxima ( sangre ) porque já trabalhamos com a capacidade máxima de tratamento de água do sistema”, explica o diretor.

As Barragens de Tapacurá e Duas Unas ainda estão abaixo dos níveis esperados. A expectativa é que esse quadro mude até o fim do inverno, em julho. Nos últimos seis anos, essas duas barragens apresentam um dos menores índices de acumulação, usando como parâmetro o mês de maio. Nesse período, nos anos de 2015 e 2016, a Barragem de Tapacurá, em São Lourenço da Mata, responsável por 20% do abastecimento da metropolitana, alcançou 42,6% e 63,6%. Já Duas Unas, em Jaboatão dos Guararapes, registrou 38,6% e 93,2%.

Mesmo que esses dois mananciais consigam verter (sangrar), o rodízio nas cidades do Recife, São Lourenço da Mata, Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes não sofrerá alteração, uma vez que a Estação de Tratamento Castelo Branco (ETA Tapacura) já trabalha com a sua capacidade máxima de tratamento. A água acumulada nas barragens significa que não iremos correr o risco de intensificar o rodízio e que alcançaremos o próximo inverno com tranquilidade ", esclarece Rômulo Aurélio Souza.

A Barragem de Botafogo, em Igarassu, é o manancial que mais preocupa a Compesa. Ainda não há registro de chuvas suficientes para alterar o quadro do reservatório. Em abril deste ano, Botafogo chegou a 11,27% ,obrigando a companhia a ampliar o rodízio nas cidades de Olinda, Paulista, Igarassu e Abreu e Lima, para evitar o colapso do abastecimento. “A situação ainda é muito crítica e esperamos que esse quadro mude até o final do período chuvoso “, argumenta Souza.

Se for considerar a média histórica de pluviometria para maio, Tapacurá ficou abaixo do esperado para o mês. Neste ano, a barragem registrou 128 milímetros (mm) de chuvas no período, enquanto que a média histórica para o manancial é de 245 milímetros. Também houve uma precipitação menor de chuvas em Botafogo, que foi de 195 mm, no entanto, o esperado para o mês maio na barragem é o volume de 258 milímetros. Já a pluviometria das barragens de Pirapama e Duas Unas foi acima da média histórica. Em Pirapama choveu 479 mm, volume bem superior à média histórica do manancial, que é de 276 mm para o mês de maio.

UNIDADES 

CAPACIDADE 

VOLUME EM 31/05/17


Tapacurá 

94.200.000 m³ 

41.468.000 m³


Duas Unas 

24.199.000 m³ 

10.125.000 m³


Botafogo 

27.595.036 m³ 

4.233.000 m³


Pirapama 

60.880.246 m³ 

52.618.000 m³


Imprensa Compesa

Psicologia no Esporte em debate na Faculdade ESUDA

Com o objetivo de apresentar o seu mais novo curso de pós-graduação, a faculdade Esuda realiza no próximo dia 08 de junho, ás 18h, workshop com o tema – Psicologia do Esporte “Um olhar diferenciado para promoção da saúde física e mental”. A especialização em psicologia do esporte será a primeira no Brasil que trabalhará o tema de forma multiprofissional, abordando questões de gênero bullying, assédio moral e sexual, motivação, avaliação, ativação cerebral, violência dentro e fora dos espetáculos esportivos, biofeedback e neurofeedback, plano de carreira, mídia, leis e alimentações equilibradas e uso de anabolizantes, personalidade, atenção e concentração e outros.

A atuação do Psicólogo do Esporte é percebida pela sociedade apenas para o esporte de alto nível, porém sua área de intervenção é bem mais ampla. Os profissionais deste ramo estão engajados em áreas relacionadas com as atividades físicas para manutenção da saúde e do bem-estar, com o ambiente escolar através do esporte pedagógico e competitivo, com a reabilitação e recuperação psicológica de atletas referentes a lesões, com a inserção social de pessoas com deficiência, de crianças e jovens de população carente e obesidade. 

Programação do workshop – Psicologia do Esporte “Um olhar diferenciado para promoção da saúde física e mental”:

1 - Antônio Roberto Rocha (TUBARÃO) – Doutorado em Psicologia do Esporte:

Tema: A importância da iniciação esportiva.

2 - Adriana Maiah (Jornalista com Especialização em Adm. e Marketing):

Tema: A mídia no contexto esportivo – Reflexo social, psicológico e profissional.

3 - Ana Paula Nobrega (Fonoaudióloga e fundadora da ONG Equoterapia - Doutorado)

Tema: A ativação cerebral e muscular para deficientes através da equoterapia.

4 - Abraão Joaquim do Nascimento - Especialista e Treinador e integrante do comitê Paraolímpico de alto nível.

Tema: Esportes paraolímpicos e a importância da psicologia do esporte.

5 - Cassia Albuquerque - Psicóloga, Personal Business, mestre em Administração de Negócios.

Tema: Plano de Carreira Esportiva.

Serviço:

Psicologia do Esporte

Quando: 08 de junho, às 18h.

Local: Faculdade Esuda.

Mais informações: (81) 3412.4242

Passeando pela História - Museu do Cangaço

Os alunos e professores da EREM de Ingazeira, no Sertão do Pajeú, vão vivenciar de perto, nesta sexta (2), das 8h30 às 17h, no município de Serra Talhada, lugares que foram palcos de acontecimentos históricos de Lampião e seu bando, por meio do projeto “Passeando pela História – Museu do Cangaço”. 

O ponto de partida da aventura será o Sítio Passagem das Pedras – onde nasceu Lampião. Nesse percurso, o grupo irá conhecer o roteiro “Nas Pegadas de Lampião”, que passa pelas Pedras da Emboscada, onde aconteceu o primeiro confronto armado entre a família de Virgulino e Zé Saturnino (primeiro inimigo de Lampião), a Casa Grande da Fazenda Pedreira (palco de memoráveis confrontos com cangaceiros) e encerra, voltando para o Sítio. 

Na cidade, a visita começa na Praça Agamenon Magalhães, que originou o município e que ainda mantém os casarios construídos nos séculos XVIII e XIX. Depois, o grupo segue para a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, construída pelos escravos no século XVII, a Casa do Artesão (ateliês de artistas plásticos), que conta com muitas histórias e lendas que permeiam o imaginário popular e a Casa da Cultura de Serra, onde os jovens terão contato com o acervo cultural da cidade.

A escola visitará também o Museu do Cangaço, o maior do gênero do Brasil, que funciona na antiga estação ferroviária e que tem relíquias do personagem sertanejo (Lampião), como utensílios domésticos, armas usadas, fotografias, livros, filmes e documentários sobre os cangaceiros, volante (era como chamava a polícia que perseguia Lampião) e outros personagens que foram parte forte da história do cangaço. Os visitantes serão recebidos por monitores que contarão a vida de Lampião e ainda irão acompanhar uma palestra do pesquisador e escritor do cangaço, Anildomá Willans de Souza, que tem quatro livros publicados sobre o tema.

O grupo poderá saborear a culinária sertaneja e apreciar a apresentação do Grupo de Xaxado Cabras de Lampião, dança criada pelos cangaceiros. Lampião deu uma grande contribuição para a cultura do sertão. “O Xaxado é uma dança que foi criada por Lampião e seus cangaceiros. Outra faceta pouco divulgada da vida dele é que ele era poeta e nos versos retratava o dia a dia do cangaço, as suas angústias, o que ele sentia falta enquanto cangaceiro e as durezas desta vida”, revela Karl Marx, coordenador técnico do evento.

O projeto conta com o patrocínio da Caixa Cultural e receberá na cidade de Serra Talhada, ainda em datas futuras, escolas dos outros municípios do Sertão do Pajeú (Santa Cruz da Baixa Verde, Triunfo, São José do Egito, Flores, Tabira, Tuparetama, Calumbi, Santa Terezinha, Solidão, Itapetim, Brejinho, Afogados da Ingazeira, Carnaíba, Quixaba e Iguaracy).

De acordo com a presidente da Fundação Cultural Cabras de Lampião, Cleonice Maria, o projeto visa levar as escolas a conhecerem os bens culturais de Serra Talhada para que a história do sertão pernambucano seja valorizada. “Todo o percurso será feito com acompanhamento de condutores turísticos que possuem total conhecimento dos fatos”, afirma ela.

Serviço:

Projeto “Passeando pela História – Museu do Cangaço”
Sexta (2) | 8h30 às 17h
Informações: (87) 99938-6035

Em assembleia, servidores do poder judiciário suspendem temporariamente as paralisações

Em assembleia realizada pelo Sindicado dos Servidores de Justiça do Estado de Pernambuco (Sindjud-PE) na tarde de ontem (30), no Fórum Rodolfo Aureliano, a categoria decidiu pela suspensão das paralisações desta semana, em solidariedade às vítimas da Mata Sul, que sofrem com as chuvas do estado desde o último final de semana. As paralisações parciais retornam na próxima terça-feira (6), nos mesmos moldes, duas vezes por semana, nas terças e quintas-feiras, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

A reunião também decidiu pela realização de um grande ato, uma assembleia geral extraordinária com participação de servidores de todo o estado, em frente ao Fórum Paula Batista, na próxima quinta-feira (8), às 14h. A iniciativa tem o objetivo de reforçar o pleito da categoria e pedir a atenção da presidência pela reposição salarial das perdas históricas e por melhores condições de trabalho. A realização do ato somasse às paralisações parciais que acontecem desde o último dia 18.

Senado aprova, em segundo turno, fim do foro privilegiado

O Senado aprovou em segundo turno, praticamente por unanimidade, com 69 votos e uma abstenção, a proposta de emenda constitucional (PEC) que acaba com o foro privilegiado por prerrogativa de função, inclusive para os integrantes do Poder Judiciário e do Ministério Público. A matéria foi encaminhada para a Câmara dos Deputados.

De acordo com a proposta, o foro privilegiado só será mantido para os presidentes da Câmara e do Senado, para o presidente e o vice-presidente da República e do Supremo Tribunal Federal (STF) e para crimes relacionados ao mandato.

Deputados e senadores, no entanto, continuarão não podendo ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável. Nesse caso, os autos serão remetidos dentro de 24 horas à Câmara ou ao Senado, para que, pelo voto da maioria de seus membros, resolva sobre a prisão.

Jornal O Globo (Rio)

SEST SENAT realizam blitz educativa no Dia Mundial do Meio Ambiente

As Unidades do SEST SENAT Recife e Cabo de Santo Agostinho promovem nesta segunda (5), das 9h às 13h, uma blitz educativa no Dia Nacional do Meio Ambiente. A ação acontece na PE-60, KM 5,2 (após o shopping Costa Dourada, no posto Polícia Rodoviária Estadual BPRV) e conta com a parceria do programa Despoluir e do Batalhão da Polícia Rodoviária de Pernambuco. A blitz tem como foco a melhoria da qualidade de vida do trabalhador do transporte, além do aumento da conscientização preservação ambiental.

O Despoluir – Programa Ambiental do Transporte, criado em 2007, tem como foco promover o engajamento de transportadores, caminhoneiros autônomos, taxistas e sociedade em ações de conservação do meio ambiente, como forma de colaborar para a construção de um modelo sustentável de desenvolvimento.

No programa, os treinamentos oferecidos pelo SEST SENAT​ aos taxistas, caminhoneiros e trabalhadores do setor têm como objetivo transformar esses profissionais em amigos do meio ambiente, que atuem como vigilantes e disseminadores de boas práticas ambientais.


Serviço:

Blitz Educativa Sest Senat
Segunda-feira (5) | 9h às 13h
PE-60 Km 5,2 (após o shopping Costa Dourada, no posto Polícia Rodoviária Estadual BPRV)
Gratuito

Abertura da dispersora da Barragem de Serro Azul

As dispersoras da Barragem de Serro Azul estão sendo abertas para aumentar o volume de espera. Trata-se de uma operação normal e planejada. A descarga de água ocorrerá exclusivamente no rio Una. Não afetará qualquer afluente, ou seja, os rios Pirangi, Camevô, Panelas, Carimã e outros.

Inicialmente serão liberados 20m³/s de água e, posteriormente, mais 20m³/s, totalizando 40m³/s. A expectativa é que a cota do rio Una suba 25cm na primeira etapa e mais 25cm na segunda.

A Defesa Civil vistoriou toda a calha do rio Una entre Palmares e Barreiros, se constatando que o nível atual das águas encontra-se mais de 2 metros abaixo da cota de transbordamento. 

A APAC está permanentemente monitorando as chuvas com o uso do Radar Meteorológico, bem como os níveis dos rios em tempo real. Toda a operação será acompanhada pela Defesa Civil. 

Caso haja uma mudança de cenário, a operação de fechamento das dispersoras pode ser realizada de forma imediata.

Secretaria de Imprensa de Pernambuco

CPI da Funai e do Incra aprova texto final com 67 pedidos de indiciamento

A CPI da Funai e do Incra na Câmara aprovou nesta terça-feira (30) o relatório final do deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), que propõe o indiciamento de 67 pessoas. Todos os destaques, com sugestões de mudanças no texto, foram rejeitados.

Desde a aprovação do texto-base, no dia 17, três reuniões para tentar concluir a votação do parecer foram canceladas. O prazo final da comissão se encerraria na última sexta-feira (26), mas o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), prorrogou os trabalhos por mais 30 dias.

Nesta terça, os parlamentares da base derrubaram dois destaques ao texto apresentados pela bancada do PT. Um deles eliminaria o capítulo que contém os pedidos de indiciamentos feitos pelo relator.

Outro destaque retiraria do texto os projetos sugeridos pela CPI. Um deles regulamenta o artigo constitucional que estabelece que só será considerada terra indígena aquelas ocupadas por índios no dia da promulgação da Constituição, 5 de outubro de 1988.

O relator retirou do parecer a proposta de encerrar as atividades da Funai. Ele chegou a incluir a sugestão no texto, mas não manteve a mudança no relatório final.

A comissão parlamentar de inquérito investigou a Fundação Nacional do Índio (Funai) e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), principalmente em relação aos critérios de demarcação de terras indígenas e quilombolas, assim como os conflitos agrários decorrentes desse processo.

O colegiado foi instalado em novembro do ano passado, mas o grupo também aproveitou o trabalho de outra CPI com o mesmo tema que funcionou entre novembro de 2015 e agosto de 2016, sem ter aprovado um relatório.

A CPI foi presidida por Alceu Moreira (PMDB-RS), que é membro da Frente Parlamentar Mista da Agropecuária, também conhecida como bancada ruralista. O relator da CPI, Nilson Leitão, é presidente da bancada ruralista.

Indiciamentos

O relatório final tem quase 3,4 mil páginas. O total de pedidos de indiciamentos e encaminhamentos é de 67, envolvendo procuradores, antropólogos, indígenas, servidores da Funai, do Incra, pessoas ligadas à organização Centro de Trabalho Indigenista (CTI) e ao Conselho Indigenista Missionário (Cimi), procuradores da República, além do ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo.

O petista é acusado de ter cometido crimes como associação criminosa, apoio a ações de invasão da propriedade e retardamento de atos de ofício para satisfazer interesse, além de improbidade administrativa.

O relatório chegou a conter mais de 100 pedidos de indiciamentos, mas o relator decidiu retirar da lista procuradores, pessoas que teriam cometido crime de improbidade administrativa e dois citados que já faleceram.

Com a aprovação pela CPI, os pedidos de indiciamento serão encaminhados ao Ministério Público e órgãos competentes para o aprofundamento das investigações ou o eventual oferecimento de denúncia. No caso dos procuradores, a CPI não pede indiciamento, mas apenas faz encaminhamentos aos órgãos competentes.

O relatório também propõe a tramitação de um projeto de lei que regulamente, de forma objetiva, o que é ocupação tradicional. Quanto ao uso do solo em terras indígenas, o relator defende que cabe ao índio decidir a utilização da terra para fins comerciais e produtivos e a celebração de contratos.

Nova Funai

Quando apresentou o relatório, Nilson Leitão sugeriu o encerramento das atividades da Funai, com a criação de um novo órgão. Após críticas da oposição, o relator alterou o texto passou a propor apenas uma reestruturação da Funai.

Ele defende que todos os serviços relacionados aos indígenas, inclusive saúde e educação, sejam centralizados no órgão que, para ele, poderia ganhar status de secretaria nacional ou de ministério.

“Queremos que tudo que trate do índio esteja em uma estrutura só, grande, forte, competente, e não como é hoje, apenas para cuidar de demarcação”, explicou.

O relatório pede ainda que sejam anulados ou revogados 21 decretos editados pela então presidente Dilma Rousseff no dia 1º de abril de 2016 que declararam imóveis rurais como de interesse social para fins de reforma agrária.

Partidos de oposição apresentaram um relatório paralelo em que acusam a bancada ruralista na Câmara de produzir um parecer com o objetivo de "perseguir, criminalizar e intimidar pessoas, entidades e movimentos que lutam em defesa da reforma agrária e da demarcação das terras indígenas e quilombolas". "Essa CPI representa o que há de mais retrógrado no agrário brasileiro", diz trecho do relatório.

O deputado Nilto Tatto (PT-SP), que é um dos autores do parecer, classificou a CPI de "enviesada" por ter "engavetado" requerimentos apresentados pela oposição. Na avaliação dele, as propostas contidas no relatório de Leitão, se colocadas em prática, vão "agravar o conflito no campo". Entre as sugestões feitas pelo deputado petista em seu relatório paralelo, ele defende a retomada da Ouvidoria Agrária Nacional com caráter independente do Incra.

Demarcação de terras

O relatório aponta a autoria ou participação de pessoas em diversas irregularidades, como invasões e a atuação fraudulenta para a delimitação e demarcação de áreas.

No documento, Nilson Leitão sustenta que a CPI identificou diversos problemas, como o uso de laudos fraudulentos para embasar a demarcação de terras indígenas e quilombolas em locais que não seriam de ocupação tradicional, isto é, quando são efetivamente habitados por esses povos.

O relator critica ainda o critério de auto-atribuição para a identificação das comunidades remanescentes de quilombos por não haver uma checagem da informação. Ele diz ainda que a demarcação de terras se baseia em laudos parciais e diz que o trabalho dos antropólogos “deve ser científico, não militante”.

Reforma agrária

Em relação à reforma agrária, o relator diz ter identificado “um alarmante número de irregularidades” no Incra.

Entre os problemas apontados por ele, está a delegação a lideranças particulares a atribuição de escolher a propriedade que será alvo de reforma agrária e quem será assentado.

Segundo o relator, essas lideranças particulares, em "conluio" com servidores do Incra, passaram a vender o “direito” de ser assentado com o pagamento de mensalidades a essas lideranças, além da venda irregular de lotes.

Outra fonte de renda para essas “quadrilhas”, de acordo com o relatório, tem sido a própria madeira extraída dos assentamentos. Para ele, a política da reforma agrária se transformou em uma “tragédia”.

Segundo Leitão, as invasões de propriedades rurais representam um “expediente ardiloso e que tangencia a guerra revolucionária”.

O deputado diz ainda que ao deixar de punir os invasores se cria um pretexto para “uma anacrônica ditadura militar com base nas envelhecidas ideias marxistas”.

ONGs

O relatório traz o argumento de que as demarcações devem ter como critério os locais de ocupação tradicional indígena. Segundo o texto, muitas vezes são apresentados "laudos fraudulentos, em conluio e confusão de interesses com antropólogos e ONGs, muitas vezes, respaldados, juridicamente, por segmentos do Ministério Público Federal".

O relator ainda questiona a necessidade de se fazer mais demarcações de terras indígenas sob o argumento de que os problemas dos índios não se resumem à questão da terra e “grande parcela do território brasileiro já foi reservada para as populações indígenas”.

“De fato, os próprios dados oficiais colocam em xeque o afã demarcatório em detrimento de outras políticas em favor da dignidade indígena, corroborando o já afirmado”, escreveu.

Para embasar a sua tese, ele pondera que a população indígena do Brasil é composta por 817.963 índios, ocupando 117 milhões de hectares, que, segundo o parecer, representam 13,7% do território nacional.

Portal G1

Onde fazer doações para desabrigados [22]

Em solidariedade às famílias desabrigadas pelas intensas chuvas registradas no Estado, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) está lançando uma campanha de arrecadação de donativos. As 38 Lojas de Atendimento da empresa já estão funcionando como pontos de arrecadação de água mineral, alimentos não perecíveis e roupas. Todo o material recolhido será destinado à população dos municípios atingidos pelas inundações por meio da ONG Novo Jeito - que está mobilizando a sociedade civil para doações e apoio voluntário de assistência às vítimas das chuvas.

Os donativos podem ser entregues nas Lojas das 8h às 16h30, de segunda a quinta-feira, e das 8h às 16h, na sexta-feira. O edifício-sede da Companhia (Av. João de Barros, 111, Boa Vista) e o Centro de Operações do Bongi (Rua Isaac Makman, 421) também poderão receber doações.


Imprensa Celpe

Arraiá Astrá traz a despedida dos "solteirxs"

Junho chega e o Forrozin de Rabeca vem com tudo. Quem comanda a festa é a banda Forró na Caixa. Também vai ter:
- Apresentação dxs noivxs
- Correio Elegante
- Ensaio da Quadrilha
- Comidas Típicas

Casa abre às 17h
Baile de 18h30 às 22h
Criançada como sempre é bem vinda
Contribuição $15 ou $10 ( antecipado)

Apenas dois brasileiros vão participar do Encontro de Pesquisadores do Instituto Mind & Life nos EUA

O evento, que acontece de 03 a 11 de junho, reunirá 150 participantes e é o único de seu tipo: uma união entre ciência de ponta e retiro de meditação. Este ano o Tema é intersubjetividade e conectividade social e contará com estrelas no mundo da ciência como Richard Davidson, Evan Thompson e Jim Coan.

Representando o Brasil, estão o médico pernambucano Júlio Lins (foto) e o médico carioca Jorge Calmon de Almeida Biolchini. Esta é a segunda vez que Júlio Lins participa do evento sendo aceito por seu trabalho de meditação no cotidiano, inclusive no SUS – Sistema único de Saúde do Brasil. Sendo um dos primeiros ocidentais a aprender diretamente com os tibetanos, o médico Júlio Lins vai apresentar o resultado de sua pesquisa sobre como melhorar os relacionamentos interpessoais na vida cotidiana, aumentar a circulação de valores positivos e a concentração, através da meditação mindfulness. “Muito tem se falado que meditação melhora o estresse, a ansiedade e a insônia, a novidade é que praticar mindfulness e compaixão também fortalece os relacionamentos significativos e previne a solidão e o abandono.”, explica Júlio.

Júlio, que é fundador e diretor do Instituto Atentamente, estará filmando suas impressões durante o encontro e realizando entrevistas com os pesquisadores para disponibilizar esse material na internet. O pernambucano também prepara-se para disponibilizar um curso online sobre mindfulness e gerenciamento do estresse para profissionais de alto desempenho.

Sobre Júlio Lins:

Após uma experiência de infarto, tem dedicado sua vida ao estudo da meditação atenção-conscientização e da ação centrada em valores. Médico, fundou o programa Atentamente, primeiro programa de Mindfulness no sistema público de saúde (SUS) onde atua como facilitador e tutor. Fez residência em medicina de família e mestrado em saúde coletiva tendo aprovado dissertação sobre meditação na atenção à saúde. Fellow de pesquisa 2015 do Instituto Mind & Life. Fez também especialização em Acupuntura e formação em Gestalt Terapia e Terapia Comunitária. Estudou em regime de mentoria por 10 anos da Ven. Zamba Chozon, de quem recebeu autorização de ensinar na tradição da meditação atenção-conscientização.

Sobre Jorge Calmon de Almeida Biolchini:

Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1979). Especialização em Medicina Homeopática pela Escuela Médica Homeopática Argentina (1980). Especialização em Medicina Ortomolecular pelo Centro de Medicina Ortomolecular do Rio de Janeiro (1993). Idealizador e fundador, em 1987, do Simpósio Nacional de Pesquisa em Homeopatia. Mestrado em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998). Doutorado em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2003). Doutorado-sandwich em informática médica, no National Center for Biomedical Communications / National Institutes of Health, EUA, especializando-se no campo de organização e representação do conhecimento e no desenvolvimento de ontologias. Pós-doutorado nesta linha de pesquisa, na COPPE/UFRJ (2004-2007). Livre-Docente em Clínica Homeopática pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2004). Professor Titular de Homeopatia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2007). Consultor da Financiadora de Estudos e Projetos. Membro do corpo editorial das revistas: Homeopathy (Edinburgh, Reino Unido) (1475-4916), Cultura Homeopática (1679-8368), Revista de Homeopatia da Associação Médica Homeopática Brasileira, e International Journal of High Dilution Research. Revisor da revista Ciência da Informação. Pesquisador adjunto em Ciência da Informação do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, e professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação do convênio IBICT-UFRJ.


SP: Para exigir saída de Sturm, artistas ocupam Secretaria de Cultura de São Paulo

Cerca de 200 pessoas ocuparam, por volta das 15h30 desta quarta-feira (31), a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, na Avenida São João, centro da capital, para exigir a saída do secretário André Sturm, que na segunda-feira (29) ameaçou agredir um ativista culturaldepois de ser questionado sobre o desmonte de uma casa de cultura na zona leste da cidade. O grupo passou pelo bloqueio da Guarda Civil Metropolitana e ocupou o saguão do prédio, aos gritos de "Fora, Sturm!". Minutos depois, foram até a entrada do gabinete do secretário, aos gritos de "vem bater na cara".

A marcha que resultou na ocupação foi iniciada por volta das 13h, na Praça das Artes, na mesma avenida. Os artistas consideram que, além do congelamento de verbas e do esvaziamento de diversos programas culturais sob a gestão de João Doria (PSDB), a tentativa de agressão foi a gota d'água para exigir a saída de Sturm.

O presidente da Cooperativa Paulista de Teatro, Rudifran Pompeu, afirmou à RBA que "o secretário não tem condições de ocupar o cargo que já foi de Mário de Andrade. Já tivemos discussões tensas e debates acirrados, mas nunca tinha visto uma ameaça desse tipo. Se Doria tem alguma decência, tem de demitir o Sturm."

Vander Che, grafiteiro e integrante do coletivo cultural de Ermelino Matarazzo, onde ocorreu a tentativa de agressão, contou que, além de reivindicar a demissão, o grupo registrou boletim de ocorrência pela "atitude grotesca" de Sturm. "Esse secretário não representa ninguém que trabalha com arte e cultura na cidade de São Paulo."

Presente no protesto que originou a ocupação, o deputado estadual Carlos Giannazi (Psol) afirmou que o prefeito João Doria patrocina um verdadeiro desmonte de diversas políticas públicas da cidade, como as culturais. "Ele só pensa em privatizar, é simplesmente um empresário, não um gestor público." 

Giannazi adiantou que propôs uma audiência pública na Assembleia Legislativa, no próximo dia 9, para debater o assunto. Segundo ele, todos os problemas relatados serão encaminhados ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas do município.

Rede Brasil Atual

90% dos brasileiros querem Diretas Já

Levantamento do instituto Paraná Pesquisas mostra o presidente Michel Temer desaprovado por 84% das pessoas ouvidas. O estudo, de abrangência nacional, é o primeiro feito depois de vir à tona o áudio que mostra Temer conversando com o empresário Joesley Batista, da JBS, tarde da noite, no porão do Palácio do Jaburu. Na gravação, o presidente ouve o relato de Joesley sobre a compra de juízes e de um procurador para barrar investigações da Polícia Federal e responde: “Ótimo, ótimo.” A pesquisa, divulgada pelo jornal “O Estado de S.Paulo” desta quarta-feira (31), mostra que apenas 6,4% dos respondentes classificam o governo Temer como ótimo ou bom, contra 74,8% que o consideram ruim ou péssimo

O levantamento ouviu 2.022 pessoas em todo o país, de 25 a 29 de maio. Ainda de acordo com os dados, nem as promessas de retomada na economia livram Temer da má avaliação. Questionados se dariam um “voto de confiança” ao peemedebista diante da perspectiva de crescimento econômico e queda no desemprego, 73,5% disseram que não, contra 23,5% que responderam que sim. Caso Temer deixe a Presidência - o que pode acontecer por meio de renúncia, impeachment ou cassação -, 90,6% dos entrevistados preferem que seja feita uma eleição direta para escolha do novo mandatário do país. No caso de eleições indiretas, os nomes mais citados foram o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa (24,4%) e a atual ocupante do posto, Cármen Lúcia (13,2%). O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso (PSDB) aparece em seguida, com 11,9% da preferência.

Valor Econômico




Roda de Diálogo do Coletivo Terral é adiada

O Terral Coletivo de Comunicação Popular informa o adiamento do evento de aniversário, com a roda de diálogo “Comunicação Popular: Resistindo em tempos de golpe”, que seria hoje a noite no Centro de Cultura Luiz Freire, para data ainda a ser confirmada. O adiamento foi devido as chuvas mais fortes que voltaram a cair, na Região Metropolitana do Recife, na última noite e ao longo desta manhã. 

Para além dos alagamentos e transtornos na Região Metropolitana, as chuvas que vem caindo no Estado, por conta de ausência de ações estruturais, vem castigando o Agreste e a Zona da Mata Sul, deixando várias pessoas desabrigadas e cidades em situação de emergência. Na nota, o coletivo Terral lista alguns pontos de coleta de doações, a qual copiamos abaixo, para as vítimas da falta de política em Pernambuco.


- Central Única dos Trabalhadores em Pernambuco (CUT-PE): Rua Manoel Pereira, 183, Santo Amaro, Recife/PE. 
- Defensoria Pública de Pernambuco: Rua Marquês do Amorim, 127, Boa Vista, Recife/PE. 
- Diaconia: Rua Marques Amorim, 599, Ilha do Leite, Recife/PE. 
- Quartel do Comando Geral da Polícia Militar: Praça do Derby, Recife/PE. 
- Quartel do Corpo de Bombeiros de Pernambuco: Avenida João de Barros, 399, Soledade, Recife/PE. 
- OAB-PE: Rua do Imperador, 235, Santo Antôni, Recife/PE. 
- Instituto Federal de Pernambuco (IFPE): municípios de Recife e de Abreu e Lima, Afogados da Ingazeira, Barreiros, Belo Jardim, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Palmares, Paulista, Pesqueira e Vitória de Santo Antão. 
- Metrô do Recife: nas estações Recife, Camaragibe, Tancredo Neves, Jaboatão e Cajueiro Seco.
- Fórum de Olinda: Av. Pan Nordestina, km 4, s/n, Salgadinho. Olinda/PE.
- Fórum de Caruaru: Av. José Florêncio Filho, s/n, Maurício de Nassau, Caruaru/PE.

Deslizamento de Barreira em Dois Unidos; duas mortes

Uma mulher de 34 anos e um adolescente de 14 foram as primeiras vítimas fatais das chuvas no Recife. Eles moravam no bairro de Dois Unidos, Zona Norte do Recife. São as primeiras vítimas das chuvas na capital pernambucana este ano. Em todo o Estado, já morreram outras três pessoas: duas em Lagoa dos Gatos, na Mata Sul e outra pessoa em Caruaru, no Agreste. Ainda em Caruaru, um homem e uma mulher continuam desaparecidos.


Corpo de Garrincha some de cemitério

O corpo de Garrincha sumiu. É isso mesmo. A administração do cemitério municipal de Raiz da Serra, em Magé, na Baixada Fluminense, não sabe em que local estão os restos mortais do jogador. Segundo o jornal Extra, pode ser que eles tenham sido perdidos durante o processo de exumação. 

A atual administradora do cemitério, Priscila Libério, comentou o caso: 

— Pelo que a gente pesquisou, não se tem certeza de que ele está enterrado. Houve uma informação de que o corpo foi exumado e levado para um nicho (gaveta no cemitério), mas não há documento da exumação.

Segundo a reportagem, há duas sepulturas no cemitério que levam o nome do craque. A primeira é o local onde ele foi sepultado, ao lado de outros parentes de Mané Garrincha. Já a segunda é individual. Em qual delas ele está? Ninguém sabe.

Rosângela Santos, que é filha de Garrincha, comentou que está chateada com a situação:

— Meu pai não merecia isso.
Entenda o caso Há dez anos, o corpo do jogador foi retirado do túmulo onde foi sepultado já que outra pessoa da família precisou ser enterrada ali. O primo de Garrincha, João Rogoginsky, contou que a ossada foi retirada para ser transportada para um nicho. Daí em diante, ninguém sabe o que aconteceu.

— Eu não vi. Só me disseram que haviam tirado e colocado num nicho na parte superior do cemitério. Não deram nenhum documento disso.

A Prefeitura de Magé descobriu que ninguém sabe sobre o paradeiro da ossada. Essa informação veio à tona porque o prefeito da cidade, Rafael Tubarão, queria homenagear o craque — que faria 84 anos em outubro. Para isso, Tubarão precisava saber o local exato do sepultamento.

Como resposta, recebeu um relatório de recadastramento que dizia que o corpo havia sido exumado. No entanto, o documento é baseado em informações de João e Rosângela — ambos não estavam presentes no momento da exumação. 

O prefeito propôs uma solução:

— Se a família concordar, faço exumação nas sepulturas. E um DNA para saber se algum corpo é o de Garrincha — concluiu Tubarão.

Portal R7

CCJ do Senado aprova eleições diretas em caso de vacância da Presidência




A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou por unanimidade nesta quarta-feira (31) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece eleições diretas se a Presidência da República ficar vaga nos três primeiros anos do mandato.

A CCJ é responsável por analisar se os projetos apresentados no Senado ferem algum princípio da Constituição.

Com a aprovação da PEC pelos senadores do colegiado, o texto será enviado ao plenário do Senado. Se os senadores aprovarem o texto em plenário, a PEC seguirá para a Câmara.

Atualmente, a legislação prevê que, na hipótese de presidente e vice deixarem o comando do país nos últimos dois anos do mandato, deve ser realizada eleição indireta, em até 30 dias, pelo Congresso Nacional.

A PEC, apresentada pelo senador Reguffe (sem partido-DF) em 2016, altera o artigo que trata da vacância da Presidência.

O texto aprovado nesta terça pela CCJ prevê que, na ausência definitiva do presidente e do vice, o Congresso elege indiretamente o chefe do Executivo federal se a vacância ocorrer no último dos quatro anos de mandato.

Caso a PEC seja aprovada neste ano, uma eventual saída do presidente Michel Temer ainda em 2017 levaria a uma eleição direta, já que o mandato do peemedebista se encerra em 31 de dezembro de 2018. Desde o impeachment de Dilma Rousseff, o Brasil não tem um vice-presidente.

Portal G1

Danilo Gentili recebe notificação, esfrega em suas partes íntimas e envia de volta a deputada

O humorista Danilo Gentili se envolveu em uma nova polêmica com o mundo dos políticos nesta segunda-feira, 29. Ao receber um documento enviado pela Procuradoria Parlamentar da Câmara de Deputados, contendo reclamações da deputada Maria do Rosário (PT-RS) sobre seu perfil no Twitter, resolveu fazer um vídeo com sua reação ao abrir o envelope.

Ao conferir que o material trazia diversos prints de tuítes seus feitos no passado com críticas à deputada, sequer leu o restante do material: rasgou as folhas e esfregou-as em suas partes íntimas, dentro de sua calça, em frente às câmeras. Na sequência, armazenou-as novamente dentro do envelope e retornou a correspondência à deputada, através dos correios.

"Para Maria do Rosário e para qualquer outro deputado, de qualquer outro partido: Eu que decido se você cala ou não a boca - nunca o contrário", finaliza Danilo.

Em seu Twitter, a deputada se pronunciou sobre o assunto: "Sofri outro ataque daquele que se diz comediante. Comprova viés machista e autoritário. Criminoso vai responder à Justiça. E assim será."

Veja o vídeo do apresentador:

video

Um companheiro de bancada e de estado da Maria do Rosário, o Paulo Pimenta (PT-RS) também respondeu em vídeo à atitude do comediante:

video



Com informações do Estadão, do Facebook do Danilo Gentili e do Facebook do Paulo Pimenta

Moraes extingue ação que pedia criação de imposto sobre grandes fortunas

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes decidiu nesta segunda-feira (29) extinguir ação movida pelo governo do Maranhão, que pedia a regulamentação do Imposto sobre Grandes Fortunas (IGF) previsto na Constituição, mas que ainda não foi instituído por falta de legislação complementar específica que caberia ao Congresso Nacional. A Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO), movida pelo governador Flávio Dino (PCdoB), destacava que o estado do Maranhão saía prejudicado com a medida, já que depende de repasses federais para investimentos em diversas áreas estratégicas, como saúde e educação. 

"Através da inércia do Congresso Nacional em aprovar um dos tantos projetos de lei que tramitam em suas Casas há anos, tem-se que a ausência de tributação das grandes fortunas pela União Federal reduz a perspectiva de recebimento, pelo Estado-membro, de recursos federais nas mais diversas áreas", argumentava o governador na ADO.

Contudo, o ministro Alexandre de Moraes, sem avaliar o mérito da ação, arquivou a ação com base no que chamou de falta de "demonstração da pertinência temática" por parte do requerente. "No caso, o governador do Maranhão não demonstrou, de forma adequada e suficiente, a existência de vínculo de pertinência temática, apresentando um único argumento: o Estado do Maranhão teria interesse na efetiva instituição e arrecadação do IGF, pois, ocorrendo o incremento de receitas da União, o volume a ser partilhado com os Estados seria consequentemente majorado", afirmou o ministro nomeado pelo presidente Michel Temer (PMDB), recém-incorporado à Suprema Corte.

Moraes alegou, ainda, que a Constituição não determina repartição obrigatória das receitas eventualmente auferidas com a arrecadação do IGF entre a União e os demais entes federativos (estados e municípios).

Rede Brasil Atual

Sirinhaém - PE, a visão de quem está lá

video

Temer participará de evento patrocinado pelo governo na faculdade de Gilmar

O presidente Michel Temer (PMDB) foi convidado pelo Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), que tem o ministro Gilmar Mendes como um dos sócios, para realizar a abertura de um seminário patrocinado pelo governo. Gilmar Mendes, além ser o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que julgará a chapa Dilma Rousseff-Michel Temer na próxima semana, também participa da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), turma responsável por julgar os casos envolvendo a Operação Lava Jato.

Temer, desde o dia 18 de maio, passou a ser investigado no Supremo por corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa. O evento intitulado “7º Seminário Internacional de Direito Administrativo e Administração Pública – Segurança Pública a Partir do Sistema Prisional” será realizado nos dias 20 e 21 de junho.

Conforme reportagem publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, além do Governo Federal, a Caixa Econômica Federal é uma das patrocinadoras e contribuirá com R$ 90 mil. Apesar de estampar as duas logos como patrocinadoras do evento, ao jornal, a assessoria da Presidência informou que a participação do governo é por meio da Caixa.

Na cerimônia de abertura, que ocorrerá das 19h às 20h30 do dia 20 de junho, também participarão os ministros da Defesa, Raul Jungmann, e da Justiça, Torquato Jardim. O Ministro Gilmar Mendes também estará na cerimônia. “Os desafios contemporâneos de Segurança Pública no Brasil” será o tema destaque da abertura.

Outros ministros do Supremo também participarão dos debates, como a ministra Cármem Lúcia e o ministro Alexandre de Moraes. O diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, responsável pela condução da Operação Lava Jato na PF, também será um dos palestrantes. O governador do Distrito Federal ,Rodrigo Rollemberg, e o general Sergio Etchegoyen, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) também participarão, bem como outras figuras públicas.

Proximidade de Gilmar com políticos

O presidente Michel Temer recebeu no Palácio do Planalto, no dia 15 de março, os presidentes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE). Na ocasião, o encontro foi marcado, conforme divulgado pelo Planalto, para para discutir reforma política e financiamento de campanhas eleitorais.

A reunião ocorreu um dia após o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedir ao Supremo a abertura de 83 inquéritos contra políticos com foro na corte, da qual Gilmar também faz parte. Maia e Eunício estão entre os alvos de pedido de investigação com base nas delações da Odebrecht. Também se deu no momento em que o Congresso discutia a anistia para crime de caixa dois.

Já na noite do mesmo dia, Gilmar recebeu para um jantar, em sua residência, políticos delatados na Operação Lava Jato. O encontro foi marcado para discutir a reforma política e, ao mesmo tempo, comemorar os 75 anos do senador José Serra (PSDB-SP). O presidente Michel Temer, alvo de uma ação que pode cassar o seu mandato no tribunal presidido por Gilmar, também participou da confraternização.

Além de Temer e Serra, estavam entre os convidados os presidentes Eunício, Rodrigo Maia, os senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e José Agripino Maia (DEM-RN) – Na ocasião, todos alvos da delação da Odebrecht e de pedidos de abertura de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF). Entre outros presentes, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Mauro Campbell e embaixadores. Depois disso, novas denúncias foram relatadas pelos irmãos Joesley Batista e Wesley Batista, donos da JBS. Em decorrência da delação dos empresários, Temer passou a ser um dos alvos do STF, com uma investigação em curso na Corte.

Congresso em Foco

Avenida Caxangá, Zona Oeste do Recife


Sempre que chove, a "maior avenida em linha reta do mundo" alaga em vários trechos, sendo o mais crítico o que cruza a Caxangá com a BR-101. A falta de estrutura de drenagem e saneamento, aliada ao rebaixamento da avenida na proximidade com o viaduto sempre ocasionam esses alagamentos. A foto viralizou agora há pouco nas redes sociais.

Juristas da UFRJ defendem constitucionalidade de Eleições Diretas


A Constituição é fundada na soberania popular, exercida pelo voto direto, secreto e obrigatório. Por outro lado, o mero risco de exacerbar as funções dos Poderes constituídos e subtrair força dos titulares do poder constituinte é perigosa. Com esse entendimento, a constitucionalidade das eleições diretas foi desenvolvida pelos Professores Doutores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) José Ribas Vieira, Vanessa Batista Berner, Lilian Balmant Emerique, Carolina Machado, Cyrillo da Silva e Fabiano Soares Gomes em artigo publicado no Justificando.

A defesa das eleições indiretas para eleger o sucessor de Michel Temer, envolvido em escândalo de corrupção na delação de empresários da JBS, é dada como certa por analistas ouvidos pela grande mídia. A recusa ou omissão em se ouvir acadêmicos que entendam de forma divergente do pensamento dominante impede a compreensão por parte da população de um olhar mais abrangente desse cenário.

Para os professores, os quais identificam a matriz conservadora no pensamento constitucional brasileiro, que nega em diversas ocasiões a participação popular, a defesa das eleições indiretas com base no Artigo 81, 1º da Constituição – argumento em regra apontado como infalível – ignora o retorno à essência e ao fundamento próprio da democracia constitucional brasileira, assentada na soberania popular, exercida pelo voto direito, secreto e universal.


Na publicação, os professores afirmam – “pretender apego extremo a essa interpretação [de eleições indiretas com base no Artigo 81 da Constituição] é desprezar o fundamento da soberania popular, claramente expresso no texto constitucional, norma base de sustentação de toda a democracia constitucional brasileira, devidamente contemplada no art. 14 da Constituição de 1988”.

Além disso, a defesa das eleições indiretas em razão da lei 4321/64, de 7 de abril de 1964, “criada na ocasião da declaração pelo Congresso Nacional da vacância do cargo de presidente por João Goulart, após o Golpe para sua deposição, onde foram determinadas as eleições indiretas pelo Congresso, é um sintoma de que se quer ler a Constituição de 1988 com os olhos do passado, quando a legitimidade popular foi usurpada pelos poderes constituídos.

“Aqueles que defendem uma leitura simplista e anacrônica do art. 81, §1º, da Constituição como sendo uma clara determinação de que o Congresso faça eleições de forma indireta, não se desincumbiram do ônus argumentativo, jurídico e político, de dizer como pode uma eleição indireta, feita pelo Congresso composto de Deputados Federais e Senadores, garantir o valor igual dos votos. Como pode o Congresso, poder constituído, usurpar a soberania popular de escolha direta do presidente no sistema presidencialista?” – argumentam os constitucionalistas.

Para eles, é necessária as eleições diretas “devolvendo ao povo (único legitimado desde sua origem) o poder alicerçado em bases democráticas pelo qual se baliza o Estado e as suas instituições”.

Como Boaventura Sousa Santos [sociólogo português de renome mundial], entendemos que a convocação de eleição direta marcaria o início de uma trajetória de profundo sentido democrático para a refundação do Estado brasileiro – concluem.


Justificando - Carta Capital

Documentário sobre a cartunista Laerte estreia no Netflix

O primeiro documentário da Netflix original do Brasil é imperdível. Trata-se de "Laerte-se", um filme sobre a famosa cartunista que se assumiu como transexual em 2010. Em sua produção artística e em sua atuação política, ela tem colaborado para dar visibilidade a questões até pouco tempo atrás consideradas um tabu, como as discussões de gênero e sexualidade.

Dirigido por Lygia Barbosa e Eliane Brum, o filme se constrói a partir de depoimentos concedidos na casa da própria cartunista e de cenas de seu cotidiano. Laerte fala sobre a convivência com os pais e com os filhos, conta como foi a descoberta de ser trans e reflete principalmente sobre a sua relação com o próprio corpo.

A trajetória de Laerte Coutinho é marcada pela atuação política, já que, na época da ditadura, colaborou com jornais sindicais e com a imprensa alternativa. Até hoje seus quadrinhos apresentam conteúdos bastante críticos, com engajamento social e reflexões filosóficas variadas. Não apenas seu traço, mas seu próprio corpo tornou-se símbolo de questionamento às imposições da sociedade e de luta por respeito e igualdade.

Acho que todos temos muito a aprender com ela. Por isso, assista ao documentário e Laerte-se você também!



Brasil de Fato