quarta-feira, 26 de abril de 2017

Quatro pessoas morrem em cinco dias de confrontos no Complexo do Alemão no Rio

Cinco dias de tiroteios, pânico e quatro mortos. Esse é o resumo do que os moradores do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, vivem desde sexta-feira (21). A vítima mais recente da guerra entre policiais e traficantes tinha 13 anos. 

O medo se mistura à tristeza entre familiares e amigos de Paulo Henrique de Oliveira. O adolescente foi baleado e morreu na manhã desta terça. Outros três jovens foram assassinados e três policiais ficaram feridos. 

Os traficantes atacam sem parar os policiais que tentam instalar uma torre blindada no alto da comunidade Nova Brasília. Nesta terça (25), três escolas, uma creche e seis espaços de desenvolvimento infantil não abriram as portas. Isso significa, quatro mil crianças fora das salas de aula.

Portal R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário