segunda-feira, 3 de abril de 2017

Célia Sales eleita prefeita de Ipojuca

Com 31.010 (55,20%) dos votos válidos, Célia Sales (PTB) foi eleita prefeita de Ipojuca, município da Região Metropolitana do Recife que será governado por uma mulher pela primeira vez. O segundo lugar ficou com o candidato Carlos Santana (PSDB), com 29.925 votos (42,58%). Olavo Aguiar (PMN) recebeu 1.247 (2,22%) votos e ficou em terceiro lugar. O resultado das eleições suplementares na cidade foi divulgado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) por volta das 19h20 deste domingo (2).


Célia Sales tem 52 anos e é funcionária pública. Mãe de dois filhos e esposa de Romero Sales (PTB), ela nunca ocupou um cargo político, mas acompanhou o marido quando ele era vereador e secretário de Educação de Ipojuca. O novo pleito foi realizado porque o esposo dela, o candidato mais votado em outubro do ano passado, teve o registro indeferido por uma condenação de improbidade administrativa.

As eleições suplementares em Ipojuca tiveram um total de 58.214 votos apurados. Desses, 56.182 foram validados. Houve ainda 732 votos brancos e 1.300 anulados. Durante o pleito, quatro das 188 urnas eleitorais apresentaram problemas. Elas foram trocadas e não houve interrupção na votação, de acordo com o TRE-PE. Célia Sales tem até o dia 20 de abril para ser diplomada.

Quatro homens foram detidos por policiais militares durante as eleições suplementares em Ipojuca. De acordo com o coronel Reinaldo Mesquita, comandante do 18º Batalhão da Polícia Militar, militantes de Célia Sales estavam incitando uma manifestação coletiva em frente à Escola Municipal Joaquim do Rêgo Cavalcanti, um dos locais de votação. Fazendo bastante barulho, eles chegaram a interromper o fluxo de veículos na área. O grupo foi encaminhado para a delegacia de polícia do município, mas foi liberado em seguida.

Portal G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário