sexta-feira, 7 de abril de 2017

Alimentos estragados apreendidos em Petrolina

Ontem (06), fiscais da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) participaram de uma ação conjunta com o Ministério Público, IPEM, Agência Municipal de Vigilância Sanitária, Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal e Secretaria de Desenvolvimento Urbano do município de Petrolina para fiscalizar a venda de produtos de origem animal.

Na ocasião foram apreendidos cerca de 450 kg de carne (caprinas, bovinas, ovinas e de frango), 230 kg de salsicha, 30 kg de vísceras bovinas, 14 kg de bacon, 9 kg de queijo e 3 kg de mortadela. Os produtos eram clandestinos e estavam em condições impróprias de acondicionamento. O material recolhido foi de três estabelecimentos comerciais e de uma feira livre. Todos os produtos apreendidos foram destruídos.

O Ministério Público expediu uma recomendação para que houvesse a fiscalização de comércio/abate/ acondicionamento de carnes. “ A operação foi resultado dessa recomendação do MPPE”, disse a promotora de Justiça de Defesa do Consumidor de Petrolina, Ana Cláudia Sena de Carvalho.

O gerente Estadual de Inspeção Animal da Adagro, André Sérgio Dias alerta a população para só comprar carne resfriada ou congelada e que tenham selo do serviço de inspeção, SIF, SIE ou SIM.

Imprensa Adagro PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário