terça-feira, 21 de março de 2017

Vagas de Zona Azul dão lugar a ciclofaixa permanente no centro do Recife


Começa a ser implantado nesta terça-feira (21) o primeiro trecho do Eixo Estruturador Cicloviário do Recife, com a extinção de 42 vagas de Zona Azul no entorno da Praça da República, no bairro de Santo Antônio, para a construção da Ciclovia Camilo Simões.

O trecho, que fica no entorno do Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo do Estado, já recebeu sinalização horizontal e vertical, que regulamenta a implantação da rota ciclável na área e, por isso, a medida já passa a vigorar.

Com a ciclofaixa, os veículos ficam proibidos de estacionar e até transitar na via dedicada às bicicletas. Na área da Praça da República, quatro agentes de trânsito da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) vão realizar o trabalho de orientação aos motoristas que transitarem pelo entorno, nesta terça e na quarta-feira (21 e 22).







O trecho foi nomeado em homenagem ao ex-secretário de Turismo e Lazer do Recife, Camilo Simões, que morreu em outubro de 2016, vítima de um infarto aos 31 anos.

As fiscalizações começam a ser realizadas na quinta-feira (23), quando começam, consequentemente, a aplicação de multas caso algum motorista seja flagrado transitando ou estacionado na ciclofaixa. A penalidade é de R$ 195,23 e 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Já aqueles que transitarem irregularmente sobre a ciclofaixa, poderão receber multa de R$ 880,41 e 7 pontos na CNH.

Eixo Estruturador Cicloviário

De acordo com o Governo de Pernambuco, em abril deste ano será entregue o primeiro trecho do Eixo Cicloviário Estruturador - Camilo Simões, que vai ligar o Marco Zero, no Bairro do Recife, à Fábrica Tacaruna, localizada na Avenida Agamenon Magalhães, no bairro de Santo Amaro.

Ao todo, o percurso compreende a Avenida Rio Branco, Ponte Maurício de Nassau, Avenida Martins de Barros, Praça da República, Ponte Princesa Isabel, Rua da Aurora, Avenida Prefeito Artur Lima Cavalcanti, Avenida Dr. Jayme da Fonte e Avenida Governador Agamenon Magalhães.

Portal G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário