segunda-feira, 13 de março de 2017

SPFW apoia pequenos negócios

O Sebrae e o Instituto Nacional de Moda e Design (IN-MOD) vão abrir as portas da 43ª edição do São Paulo Fashion Week aos donos de pequenos negócios da cadeia produtiva da moda. Durante os cinco dias do evento, que tem início hoje (13), donos de pequenas empresas terão a oportunidade de conhecer os bastidores da semana da moda, expor seus produtos e comercializá-los por meio de e-commerce, esclarecer dúvidas sobre como empreender no setor, além de participar de um desfile coletivo na principal passarela do evento.
Chegando à sua terceira edição, o convênio “Contextualizar na Moda”, firmado entre Sebrae e o IN-MOD, oferecerá aos micro e pequenos empresários a oportunidade de realizar uma imersão nesse universo de alto valor agregado. As atividades realizadas pelo convênio visam fomentar a abertura de novos mercados, inserir os pequenos negócios no circuito de moda mais importante do país e fortalecer a rede de parceiros, quebrando o tabu de inacessibilidade desse segmento para os pequenos negócios.
Entre os dias 14 e 17 de março, cerca de 100 pequenos empresários previamente selecionados cumprirão uma agenda intensa pautada em visibilidade, conhecimento e networking. Essa missão técnica realizará a imersão desses empreendedores no SPFW, com visitas guiadas aos backstages, participação nos desfiles, desfiles comentados no Espaço Sebrae e palestras com especialistas em comportamento de consumo, tendências e gestão. Além de toda essa programação, a grande novidade para essa edição será a participação dos empreendedores no “Projeto Estufa”, uma iniciativa do SPFW que visa ampliar possibilidades, focando em inovação e economia criativa.

Começando com a participação no SPFW, o “Contextualizar na Moda III” contará com uma agenda de ações que se estendem até fevereiro de 2019, potencializando o alcance do projeto na rede de pequenas empresas. O convênio levará a experiência do SPFW a diferentes estados através de exposição e palestras, que traduzam o que aconteceu de mais importante na temporada.

“Desde que começamos o convênio vimos um grande desenvolvimento das pequenas empresas envolvidas. Já foram mais de mil e duzentas horas de consultoria, mais de 400 empreendedores atendidos em nossas missões técnicas. Mais de 70% dos nossos empreendedores mudaram a visão sobre seus negócios após participar do Contextualizar na Moda. Decidimos investir nessa nova edição da parceria para continuarmos contribuindo com a sofisticação da gestão desses negócios da moda, ao lado do IN-MOD”, afirma o presidente do Sebrae Guilherme Afif Domingos. 

“Em 2012 criamos, em parceria com o Sebrae, o Contextualizar na Moda. Nossa intenção é ajudar as micro e pequenas empresas a descobrir como se tornarem mais competitivas e rentáveis, inspirando e fomentando a inovação e o design no Brasil e disseminando este conhecimento. Esperamos que os beneficiados com o projeto aproveitem a Missão Técnica e toda a programação que o convênio oferece para fazer contatos e expandir seus conhecimentos sobre o mercado”, afirma Paulo Borges, criador do São Paulo Fashion Week.

Espaço Sebrae

O Sebrae marcará presença com um espaço projetado pelo Estúdio Árvore na área de maior circulação de convidados do evento. Uma instalação com livre acesso ao público apresentará criações de 15 pequenos negócios que estiveram integrados às primeiras edições do Contextualizar na Moda e já demostraram resultados concretos de desenvolvimento de marca e negócios. Além disso, haverá consultores para orientação aos empreendedores.

As empresas integrantes da exposição têm em comum a participação no dinâmico mercado de e-commerce que vem impulsionando os resultados do varejo de moda no Brasil. São elas: Iuçana Mouco/AM, Nathalia Canamary/CE, Muv Shoes/DF, Ecow/MG, Nuu Shoes/MG, Tropicale/MG, Da Tribu/PA, Deura Melo/PI, Ame Bijoux/RJ, Ecojoias Carol Barreto/RJ, Palone Design/RN, Laura Pereira/SC, Liverpool/SC, Parco/SC, Rust Miner/SC.

TOP Five

Outro projeto que beneficiará os empreendedores será a segunda edição do Top Five. Durante 12 meses, cinco pequenos negócios da indústria da moda brasileira selecionados entre as empresas atendidas pelo Sebrae em todo país serão orientados por um time multidisciplinar e especializado nas áreas de branding, comercialização e desenvolvimento de produto. A seleção dessas empresas é realizada em diferentes etapas e definida por meio de análises que julgam os quesitos marketing, branding e estratégia comercial das empresas inscritas.

Agência Sebrae de Notícias 

Nenhum comentário:

Postar um comentário