segunda-feira, 13 de março de 2017

Síria: atentado deixa 44 mortos e 120 feridos

Um duplo ataque com bombas em Damasco matou ao menos 44 pessoas e feriu outras 120, afirmou o Ministério das Relações Exteriores do Iraque no último sábado (11/03). O atentado tinha como alvo contra dois ônibus de peregrinos xiitas estacionados em frente a um cemitério no centro da capital da Síria, segundo o OSDH (Observatório Sírio de Direitos Humanos).

O ataque ocorreu perto de uma estação de ônibus para a qual os peregrinos haviam sido levados para visitar o cemitério próximo de Bab al-Saghir, batizado em homenagem a um dos sete portões da Cidade Velha de Damasco.

A segunda explosão aconteceu cerca de 10 minutos após a primeira, infligindo baixas em agentes da defesa civil que cuidavam das vítimas, segundo a rede de televisão local Al-Manar, do grupo libanês Hezbollah, que atribuiu o atentado duplo a dois homens-bomba mas não identificou nenhum grupo por trás dos ataques.

O OSDH, por sua vez, não descartou que o número de mortes possa aumentar, porque vários feridos se encontram em estado grave e estão sendo transferidos por ambulâncias.

Horas antes do atentado, as forças governamentais atacaram com artilharia o bairro de Qabun, controlado por opositores, nos arredores da capital síria, mas sem que houvesse vítimas, segundo o OSDH. A ONG também informou que as forças leais ao presidente sírio Bashar al Assad travaram violentos combates com terroristas do Estado Islâmico no bairro de Al Hajar al Aswad, na periferia sudoeste da capital.

Opera Mundi

Nenhum comentário:

Postar um comentário