quinta-feira, 16 de março de 2017

Sebrae na São Paulo Fashion Week

Pequenas empresas da cadeia produtiva da moda terão a oportunidade de apresentar suas coleções durante a 43ª edição do São Paulo Fashion Week, o maior evento do setor na América do Sul e a quinta maior semana de moda do mundo. Nesta sexta-feira (17), a passarela principal do SPFW se abre para o desfile coletivo das empresas selecionadas da última edição do Programa Top Five, resultado da parceria entre o Sebrae e o Instituto Nacional de Moda e Design (In-Mod). O programa confirma a força dos pequenos negócios no mundo da moda, onde representam 94% de todas as empresas da cadeia produtiva.

Por mais de um ano, as empresas PH Praia (RJ), Adriano Martin (SP), Amabilis (ES), Green Co. e Jardin (MG), selecionadas para o Top Five, receberam consultorias de um grupo multidisciplinar que as auxiliaram na estruturação de suas coleções e produtos, na formatação de preço e networking, no relacionamento com fornecedores e na participação direcionada em plataformas de imagem. O processo culminou com o desfile da marca Amabilis, empresa melhor avaliada, durante a edição de outubro de 2016 do SPFW. Agora, será a vez das quatro outras marcas apresentarem seus modelos.

O programa Top Five faz parte do convênio Contextualizar na Moda, firmado entre o Sebrae e o IN-MOD. A parceria oferece aos empresários a oportunidade de realizar uma imersão no universo do alto valor agregado da moda. As atividades realizadas pelo convênio visam fomentar a abertura de novos mercados, inserir os pequenos negócios no circuito de moda mais importante do país e fortalecer a rede de parceiros, quebrando o tabu de inacessibilidade desse segmento para os pequenos negócios.

O desfile de sexta-feira vai marcar também o lançamento da nova edição do Top Five, com a abertura das inscrições para o processo seletivo. Entre abril e julho, as marcas inscritas passarão por diferentes etapas de diagnóstico e avaliação, incluindo uma apresentação/pitch para curadores e consultores do processo que definirá as cinco empresas que receberão as consultorias direcionadas. As selecionadas serão conhecidas na próxima edição do SPFW, em agosto.

Jardin - O DNA de Bharbara Renault, fundadora da Jardin, não nega a vocação para a moda. Seus bisavós maternos vieram da Itália fugindo da guerra: ele era alfaiate e ela, costureira. Encontraram em Belo Horizonte um mercado carente de profissionais para atender aos políticos e às mulheres da sociedade da época. A empresária é formada em artes plásticas e mestre em moda pela Université Lyon II de la Mode. Começou a Jardin em 2009 e, em janeiro de 2010, abriu as portas do showroom. O forte conceito da marca está em todas as peças. Durante o Top Five, a empresa viveu um processo de reestruturação em todas as áreas, permitindo rever seus processos de gestão e comercialização e também permitiu a ampliação e contatos com novos fornecedores.

Green Co - Fundada em 2006 pelo engenheiro ambiental Cassius Pereira, a Green Co.é uma empresa que tem como compromisso a busca por alternativas sustentáveis por meio de produtos ecologicamente corretos. De 2007 a 2010, a marca participou do Ethical Fashion Show em Paris, quando passou a ampliar o seu mix de produtos a partir de uma demanda cada vez mais crescente dentro desse conceito. Em 2011, marcou presença ainda no Salão Prêt à Porter Paris. Durante o Top Five fez um trabalho de posicionamento da marca e do seu conceito 360º de loja sustentável, inaugurando a primeira Green Co.ntainer Store – dentro do planejamento de ampliação de pontos de comercialização da marca por meio de um modelo próprio de franquia.

Adriano Martin - Começou a trabalhar como estilista de loja de tecidos. Enquanto fazia vários cursos para aperfeiçoar o design, Adriano Martin criou suas primeiras peças para pessoas da família. Os bons resultados o incentivaram a dedicar-se à moda festa. Com 14 anos de trabalho, dedicação e muita persistência, formou e mantém uma equipe de 47 profissionais que atuam em seu ateliê sob medida em Catanduva, São Paulo. A participação no programa de aceleração Top Five proporcionou a Adriano o acesso a fornecedores de matérias-primas premium, uma oportunidade de levar suas criações a um novo patamar de produto e mercado com o uso de materiais mais sofisticados em elementos de assinatura da marca como bordados e aviamentos.

PH Praia - Criada há 22 anos pela empresária Ana Gomes, a PH Praia desenvolveu seu DNA a partir da inauguração da primeira loja na Rua dos Biquinis em Cabo Frio – importante polo de moda praia do estado do Rio de Janeiro. A partir da vivência no Top Five, a empresa pode desenvolver uma coleção resort premium com alto potencial comercial e de alcance nacional, aliando toda a expertise de criação e modelagem ao seu profundo conhecimento da produção. 

Sobre o IN-MOD - Criado em 2004, o IN-MOD – Instituto Nacional de Moda e Design – é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, que tem como missão trabalhar, no mercado interno e externo, pelo reconhecimento e visibilidade da moda e do design brasileiros como segmentos de valor agregado. Por enxergar a moda não só como roupa, entende o Calendário Oficial da Moda Brasileira como uma plataforma de comunicação e conteúdo, que tem a obrigação de propor novos olhares. Como aproximar o Brasil do design, da inovação, da tecnologia, com o Brasil da vocação, do talento, da diversidade? Os esforços do IN-MOD são voltados a provocar essa discussão e a desenvolver ações que proponham caminhos como resposta.

Atuação no Ceará - Oratórios, flores decorativas, quadros de santos, as famosas sandálias de sertanejo, bolsa de vaqueiro, xilogravuras, fósseis, peixes, plantas, insetos e as flores características da região do Cariri, como as do pequi e do mandacaru. Todos esses elementos estiveram presentes, na tarde desta terça-feira (15), no São Paulo Fashion Week, no desfile da estilista carioca Isabela Capeto.

“A região do Cariri tem uma liberdade criativa, como na mistura de cores, que eu só tinha visto antes em Tóquio”, comparou a estilista Isabela Capeto. Ela diz que desde o início do projeto, houve uma grande identificação entre o seu trabalho e os empresários da região que forneceram os acessórios usados hoje no desfile. “Sempre quis incorporar a brasilidade no meu trabalho, e os estilistas do Cariri trazem isso com uma grande modernidade”, destacou.

Projeto Identidade - O trabalho apresentado por Isabela é fruto de uma ampla pesquisa iconográfica desenvolvida pela estilista e pelo designer Marnei Carminatti, que resultou no Projeto Identidade, realizado pelo Instituto By Brasil, com apoio do Sebrae. O projeto capacitou pequenas empresas de calçados e assessórios da região, no desenvolvimento de produtos baseados na identidade local. Participaram do desfile as empresas Beira Mar, Sagian, K&K, Poderosa Style, Estylosa e Sandálias Malibu, além da empresa de folheados 4R.

Valdirene Silva, da fabricante de bolsas K&K, que forneceu peças para o desfile, também exaltou a identificação imediata com Isabela Capeto. “A empatia contribuiu para o sucesso do projeto e do desfile de hoje”, comentou. A empresária acredita que a sua empresa ganhará grande visibilidade após o desfile de hoje. “A nossa expectativa é de crescimento, já que devemos atingir novos públicos com a exposição”, disse Valdirene. 


Agência Sebrae de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário