sábado, 25 de março de 2017

PF pede deportação de alemão que agride mulheres em aeroporto

A Polícia Federal (PF) fez ontem( 24) um pedido à Justiça Federal para deportar um cidadão alemão que vive no aeroporto Internacional de Guarulhos (SP) há cerca de três meses, flagrado pelas câmeras de segurança do aeroporto agredindo mulheres várias vezes. Nenhuma das vítimas prestou queixa à polícia ou fez exame de corpo de delito. O homem permanece no aeroporto no terminal 2, próximo ao bloco E. 

De acordo com a PF, a intenção é que a Justiça permita que o alemão Stephan Brode (foto), 44 anos, seja detido enquanto ocorrerem os trâmites da deportação. O visto de turista do alemão venceu na última semana. Hoje, também se encerrou o prazo dado pela PF para que ele deixasse o País. 

De acordo com a polícia, como nenhum boletim de ocorrência foi feito sobre as agressões praticadas pelo alemão, ainda não foi aberta uma investigação. A concessionária que administra o aeroporto, a GRU Airport, informou que não tem poder de polícia para prender o alemão, mas que está monitorando sua movimentação pelo circuito de câmeras.

Brode chegou a Guarulhos vindo do Marrocos, e deveria pegar uma conexão com destino a Nova York, de onde voltaria para a Alemanha. No entanto, Brode perdeu a conexão e, sem dinheiro para pagar a multa, passou a viver no saguão do aeroporto.

O Consulado Alemão informou está cooperando com as autoridades e oferecendo apoio consular.

Jornal do Brasil e Arquivo

Nenhum comentário:

Postar um comentário