quinta-feira, 30 de março de 2017

Merkel rejeita negociar Brexit nos termos do Reino Unido

Em uma declaração desafiadora após o início oficial do Brexit, a chanceler alemã, Angela Merkel, rejeitou nesta quarta-feira negociar o processo de divórcio com a União Europeia (UE) nos termos do Reino Unido, que preferia iniciar as conversas de forma paralela. Ela destacou ainda que a Alemanha vai se esforçar nas negociações para garantir que haja o menor impacto possível sobre as vidas dos cidadãos do bloco europeu que vivem no Reino Unido.

— As negociações devem primeiro esclarecer como vamos desfazer nossos laços atuais, e só quando esta questão for esclarecida poderemos, espero que em breve, começar a falar sobre o nosso relacionamento futuro — reforçou Merkel.

Ressaltando que espera que Reino Unido e UE permaneçam parceiros próximos, Merkel disse aos membros de seu partido conservador que a perspectiva da saída britânica do bloco europeu deixou muitas pessoas na Europa preocupadas com seu próprio futuro.

— Este é o caso especialmente de muitos cidadãos alemães e europeus no Reino Unido. Por isso, o governo alemão vai trabalhar intensamente para garantir que o efeito sobre a vida de cada uma dessas pessoas seja o menor possível — acrescentou.

Jornal O Globo (Rio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário