quinta-feira, 23 de março de 2017

Hospital será construído em Serra Talhada

O Governo de Pernambuco assinou hoje (23) a autorização do lançamento do edital para a construção do Hospital Geral do Sertão, no município de Serra Talhada (a 413 km do Recife). A unidade de saúde contará com um investimento de R$ 35 milhões e terá capacidade para a realização de 462 internamentos por mês. A previsão é de que as obras aconteçam durante o ano de 2018.

Quando concluída, a unidade irá atender uma demanda média de 462 internamentos por mês. A estrutura vai contemplar cinco salas de cirurgia, 60 leitos de internamento e dez leitos de UTI, com possibilidade de expansão para um total de 120 leitos de internamento e 20 leitos de UTI. Ao todo, serão 8 mil m² de área construída, com possibilidade de expansão para 12 mil. O atendimento ambulatorial contará com as especialidades de traumato-ortopedia, clínicas geral, cardiológica, neurológica e cirurgia geral.

Além de Serra Talhada, o HGS abrange os municípios de Betânia, Calumbi, Carnaubeira da Penha, Flores, Floresta, Itacuruba, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte, e Triunfo. O que representa uma população de mais de 236 mil habitantes, que serão beneficiados com o funcionamento do novo hospital. O terreno de 30 mil m², que será utilizado para a instalação do HGS, foi doado pela empresa Duarte Construções S.A, através de uma parceria com o Estado. 

Atualmente, o município de Serra Talhada é atendido pelo Hospital Professor Agamenon Magalhães (Hospam). Referência na região nas áreas de ortopedia, pediatria, clínica geral e obstetrícia, a unidade realiza por mês cerca de 7 mil atendimentos na emergência geral. Disponibilizando atendimento de média complexidade, conta com aparelhos de ultrassonografia, raio-x, eco-cardiografia, consultório de cardiologia, consultório de oftalmologia de última geração e geradores, além de um heliponto. A excelência dos serviços torna o hospital capaz de receber pacientes até de outros estados, devido à localização geográfica privilegiada.

Além do Hospam, a cidade conta com uma Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE), que completou três anos de funcionamento nesta semana. O serviço oferta, em um mesmo espaço, consultas com especialistas e exames. Somente em 2016, o equipamento realizou mais de 43 mil consultas médicas, 16 mil consultas com profissionais não médicos, cerca de 90 mil exames e 10 mil sessões de fisioterapia. Nos últimos dois anos, cerca de 100 profissionais concursados ainda foram chamados para otimizar a assistência aos usuários do SUS.

Secretaria de Imprensa de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário