quarta-feira, 29 de março de 2017

Daqui a pouco, o sinal analógico será desligado em toda a Grande São Paulo

O sinal analógico de televisão será totalmente desligado em São Paulo e em outros 38 municípios da região metropolitana às 23h59 desta quarta-feira (29). Quem tem TV analógica vai precisar ter conversor e a antena digital para poder ver as imagens. As TVs de Led já são digitais.

Pesquisa do Ibope feita entre os dias 11 e 24 de março constatou que 90% dos domicílios da Grande São Paulo estão preparados para receber o sinal digital. A estimativa é que nesta quarta este índice já esteja em 92%. Somando quem tem antena parabólica, ele sobe para 95%. A entrega de conversores digitais para inscritos em programas como o Bolsa Família deverá continuar por 45 dias depois do desligamento da TV analógica, mas esse prazo pode ser prorrogado.

Grande Recife - A transição definitiva acontecerá no dia 26 de julho de 2017. Com a transmissão digital, a imagem e o som são de melhor qualidade, livre de chiados, chuviscos e fantasmas. No Recife e na região, no período de transição, durante a programação dos canais de TV aberta vai aparecer um sinal com a letra "A", que indica que sinal é analógico. Com a proximidade do prazo da migração do sinal, a letra "A" aparecerá com maior frequência e, dois meses antes do prazo, a indicação ficará fixa na tela. No dia 26 de julho de 2017 o sinal analógico será desligado e apenas o digital estará disponível. 

Além do Recife, outros 13 municípios de Pernambuco terão o sinal analógico desligado: Abreu e Lima, Araçoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Ipojuca, Itapissuma, Jaboatão do Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista e São Lourenço da Mata.

A expectativa é de que, em 2023, a TV digital esteja disponível em todos os domicílios do país. Ao todo, R$ 3,6 bilhões serão disponibilizados para tanto – quantia custeada quase que integralmente por empresas de telecomunicações.

Tire suas dúvidas no site sejadigital.com.br  

Com informações do Portal G1 e do Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário