quinta-feira, 30 de março de 2017

Alagoas: Saúde Pública em alerta após morte de macaco

A Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas (Sesau) foi informada que a morte de um macaco em uma mata de Maceió, registrada no mês de setembro, deu-se por complicações provocadas pelo vírus da febre amarela. Diante do resultado, o secretário estadual de Saúde, Christian Teixeira, disse que vai se reunir com representantes do governo federal ainda esta semana para pedir as medidas profiláticas necessárias para evitar a expansão do vírus. 

Por meio de nota enviada à imprensa, a Sesau informou que, apesar de não haver o registro de casos de febre amarela em humanos no território alagoano, foi detectado o vírus da doença em um primata. A secretaria disse que o animal foi encontrado em uma região de mata situada no bairro do Tabuleiro do Martins, em Maceió.

Portal Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário