quarta-feira, 8 de março de 2017

#DiaDaMulher - Ana Thereza Leone

A professora Ana Thereza Leone, de 48 anos foi assassinada no dia 30 de março de 2016, depois de alguns dias desaparecida. O principal acusado pelo crime é Daniel Vieira, ex-namorado de Ana Thereza, alegando não se conformar com o fim do relacionamento. O crime aconteceu em Santo Amaro, na Bahia, a 100 km de Salvador. 

Vieira entrou na vida da professora contra a vontade da família dela. Os dois começaram a namorar e as brigas do casal eram frequentes por causa de ciúmes. A família relatou para a polícia que a relação já estava desgastada e Ana resolveu colocar um ponto final no namoro. Daniel não aceitou e começou a fazer ameaças pelo celular. 

No dia 29 de março, o suspeito mandou uma mensagem marcando um encontro em um lugar distante. Por volta das 17h, Ana saiu para o que seria o último encontro. Segundo a polícia, Daniel esperava a professora com uma faca e a golpeou várias vezes, cerca de 30 facadas, de acordo com o laudo do IML.. Além disso, a mulher teria sofrido abuso sexual. 

Daniel Vieira ainda não foi julgado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário