terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Protesto e Ocupação do MTST no Recife

Protesto do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto -  MTST no Recife, nas imediações da Secretaria de Habitação, no bairro de Campo Grande, sendo duramente reprimido pela Polícia. Vários manifestantes estão feridos e outros foram detidos por Policiais Militares.

Ocupação - Cerca de 1000 pessoas ligadas ao MTST ocuparam uma área ao lado do Terminal de Integração do Barro, na Zona Oeste do Recife (foto). O movimento luta por políticas públicas de moradia para enfrentar o déficit habitacional no Recife. O terreno ocupado pertence ao Governo do Estado e está abandonado há anos. 

A comunidade passou a ter o nome de Carolina de Jesus, em homenagem à primeira escritora negra do Brasil, que recolhia sucata para sobreviver e, alfabetizada, guardava cadernos velhos para escrever sobre o cotidiano em que vivia. Sua maior obra foi Quarto de Despejo: Diário de uma favelada.

Só na Região Metropolitana do Recife, o déficit é de 100 mil moradias. A Prefeitura do Recife prometeu construir 5 mil casas, mas o número de residências entregues não chegou a 900.

Com informações do Vereador Ivan Moraes Filho e equipe de comunicação

Um comentário: