terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

O janeiro mais violento dos últimos 10 anos

Dados divulgados pela Secretaria de Defesa Social apontaram que, nos 31 dias do mês de janeiro deste ano, Pernambuco teve 479 homicídios, o que representa 10,69% do total registrado em todo o ano de 2016. É o maior número de assassinatos no estado dos últimos dez anos. Há uma década, em janeiro de 2007, foram contabilizadas 459 mortes violentas.

No Recife, 70 assassinatos foram registrados em janeiro de 2017, o equivalente a 10,63% dos 658 casos de Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLI) registrados no ano passado na capital. Na série anual, foram contabilizados 4.479 homicídios no estado em 2016, o número mais alto desde 2009, dois anos após a criação do Pacto Pela Vida.

De acordo com a secretaria, 136 homicídios foram registrados na Região Metropolitana do Recife no mesmo mês. O interior do estado concentra o maior número de ocorrências e somou 273 casos de homicídios dolosos, latrocínios ou lesões corporais seguidas de morte em janeiro.

Desse total, 658 ocorreram na capital pernambucana e outros 1.229 foram registrados no Grande Recife. Também aumentou o número de roubos e furtos de celulares no estado, com alta de 47% no ano passado. No País, o aumento de roubos de celulares foi de quase 50% no mesmo período.

Segundo dados divulgados pela assessoria da pasta, no final do mês passado, o número de homicídios em Pernambuco aumentou 44,5% em três anos, se comparar os 4.479 homicídios no estado com 3.101 de 2013, o melhor ano do Pacto Pela Vida.

Outros crimes

A Secretaria de Defesa Social divulgou também o número de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP) – roubo, extorsão mediante sequestro e roubo com restrição de liberdade da vítima. Em janeiro foram 10.691 ocorrências em todo o estado. Recife é responsável por cerca de 35% do total (3.796 casos).

Um dos setores que mais faz críticas à política de segurança pública do Estado é o rodoviário. Diariamente a cidade registra assaltos em ônibus, inclusive com mortes de passageiros e assaltantes. De acordo com dados do Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, desde o início de 2017 até ontem foram registradas 513 ocorrências, uma média de 11,4 por dia.

Até o ano passado, os dados mensais disponibilizados pela Secretaria de Segurança eram mais completos e continham gráficos comparativos por período; taxa de mortes por 100 mil habitantes; além de comparações entre regiões, municípios e população. Este ano, no entanto, o documento contém apenas uma lista simples do número de mortes por município ou região.

Com informações da Agência Brasil e do Portal Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário