segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

O sorriso do chanceler



Em sua participação no velório do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal que morreu em acidente aéreo em circunstâncias ainda não esclarecidas, o ministro de Relações Exteriores, José Serra, parecia descontraído. 
Em conversa com jornalistas no prédio do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, onde ocorreu o velório de Teori, Serra chegou a sorrir. 
O chanceler tucano era um dos vários investigados do governo de Michel Temer por Teori Zavascki no âmbito da operação Lava Jato. José Serra é acusado de receber R$ 23 milhões em propina da Odebrecht, por meio de uma conta secreta na Suíça. 
Portal Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário