sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Moda no festival No Ar Coquetel Molotov

O Festival No Ar Coquetel Molotov chega no 14o ano conhecido por ser pioneiro em conectar diferentes campos artísticos. Música, moda e até um espaço com foco em questões de sustentabilidade estarão no Caxangá Coutry Golf Club, dia 21 de outubro, a partir das 13h, no Recife. A Feira NO AR desta edição contará com mais de 60 marcas, em 40 stands. A iniciativa é dedicada ao empreendedorismo e produção independente do estado pernambucano.

Bem como as atrações musicais, as marcas participantes da Feira também se comunicam e compartilham os valores do festival. Sendo assim, criatividade, inovação e sustentabilidade, foram os preceitos para a curadoria realizada por Nestor Mádenes, Diretor de Produção.

A Think Collection, marca agênero, artesanal e autoral, produz camisetas, jaquetas bombers, shorts, bonés, ecobags; e há cinco anos participa da NO AR. A coleção “Organic” foi produzida com reúso de matéria prima e todo o processo de tratamento e tingimento foi realizado de forma ecologicamente correta. Seis designers recifenses participaram da criação das estampas que abordam processos conectados ‘à vida. ‘A frente da Think Collection, o DJ, artista plástico, designer e estilista, Gustavo Free irá trabalhar com diversos materiais na customização das ecobags para que cada um tenha um exemplar exclusivo e personalizado.

O NOARCM também chancela a proclamação do Brasil como a República Federativa do Glitter. E por isso convida a marca pioneira na venda em Recife e na confecção dos colares “poções mágicas”, a Contém Glitter, para tornar o dia 21 mais brilhante. A empreendedora a publicitária Naiara Cândido, que foi para a China entender melhor do negócio, é a responsável pelas “poções” mágicas feitas à mão, com tipos e cores especiais. O público poderá adquirir “Escamas de Sereia”, “Flamingo Tropical”, “Azulcrination”, e muitos outros produtos exclusivos e também ser maquiado por drag queens, ou seja, quem mais entende de maquiagem (e glitter!).

Cria da última edição do festival e orientada pelo universo rocker e fashion, a URDA é um convite para se repensar os modos de produção e consumo. Avessa à tendências, a marca de vestuário propõe um novo olhar no vestir e na relação com o corpo. Já marcou presença em diversas feiras colaborativas de Recife e participou do Fashion Revolution Day Recife, expondo suas peças e apresentando o processo criativo e produtivo. Natália Borges, designer, estilista e idealizadora da URDA, também promove oficinas e cursos para apresentar, de forma simples e acessível, como fazer roupas com as próprias mãos.

Laia - palavra que segundo o dicionário significa pessoas diferentes com os mesmos comportamentos e atitudes, pessoas “da mesma laia”. É o nome do estúdio criativo fundado por Marcela Lobo e Luiza Pinto, que produz acessórios minimalistas, conceituais e sustentáveis, unindo design, fabricação digital e artesanal.O público poderá conferir a segunda coleção, desenvolvida a partir de acrílico reaproveitado, da novíssima Laia no festival.

A ideia que a lingerie não é peça de moda ficou no passado. A ROMAN LINGERIE desenvolve suas peças de moda, seja para ficarem escondidas ou à mostra, com objetivo de proporcionar conforto e enaltecer a sensualidade.

A NOAR também contará com Mercado Cobogó, uma loja colaborativa com mais de dez marcas autorais, prioritariamente pernambucanas, no qual estas possam expor seus projetos, ideias e desdobramentos. O conceito do Mercado Cobogó - que também irá estar presente na edição de Belo Jardim, dia 28 de outubro - é baseado na construção coletiva de marcas e parceiros com propostas diferenciadas e que proponham experiências e discussões aos presentes. É fruto do Espaço Cobogó, projeto de duas jovens empreendedoras, Julice Pinheiro e Gabriela Albuquerque, que criaram um local onde o público tivesse múltiplas experiências em um só lugar: com uma programação cultural voltada à produções autorais de música, arte e moda.

SERVIÇO

Skol apresenta No Ar Coquetel Molotov 2017
Local | Caxanga Golf Country Club - Av. Caxangá, 5362 - Iputinga
Data | 21.10
Horário | a partir das 13h
Ingressos LIMITADOS | 2º Lote: R$45,00 (meia), R$90,00 (inteira) e R$70,00 (social - levar 1 kg de alimento não-perecível) 
Link para compra online |www.sympla.com.br/noar2017
Pontos de venda | Barchef (Casa Forte e Shopping RioMar)

Karatecas de Caruaru conquistam medalhas

Esta semana, atletas da família Santana representaram Caruaru na fase final do Campeonato Brasileiro de Karatê que aconteceu na cidade de Salvador, Bahia. Foram grandes resultados nesta competição que é considerada de alto nível para a modalidade. A família conquistou duas medalhas de ouro, duas de prata e três de bronze. Os atletas contaram, neste evento, com o apoio da Prefeitura de Caruaru, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, através da Gerência de Esportes.

Secretaria de Imprensa de Caruaru

Banda Musa no festival No Ar Coquetel Molotov


Mais uma novidade promete deixar o festival No Ar Coquetel Molotov ainda mais instigante. A banda de brega Musa é a mais nova atração confirmada do festival. Musa divide palco com o cantor Romero Ferro que articulou com a cantora Priscila Senna a participação da banda em seu show. 

Nega do Babado também é outro nome forte da cena brega pernambucana que se apresenta no Molotov. A cantora divide palco com Linn da Quebrada cantando uma versão para o hit Milk Shake, produzida pelos DJs Bad$ista e Pininga. A ideia veio de Linn, um dos grandes destaques desta edição do festival

“O brega pernambucano sofre muito preconceito e é julgado de forma errada, o tempo inteiro. É muito importante um festival do calibre do Molotov, que é vitrine e referência para o país abrir espaço para promover esse diálogo entre os estilos musicais. Temos públicos e discursos diferentes mas a gente também tá junto. E o brega é uma manifestação cultural que precisa ser reconhecida.” Pontua o cantor Romero Ferro.

O festival No Ar Coquetel Molotov acontece neste sábado (21), a partir das 13h, no Caxangá Golf Club.

Serviço:

Skol apresenta No Ar Coquetel Molotov 2017
Local | Caxanga Golf Country Club - Av. Caxangá, 5362 - Iputinga
Data | 21.10
Horário | a partir das 13h

Ingressos LIMITADOS | 3º Lote: R$50,00 (meia), R$100,00 (inteira) e R$80,00 (social - levar 1 kg de alimento não-perecível) 
Link para compra online | www.sympla.com.br/noar2017
Pontos de venda | Barchef (Casa Forte e Shopping RioMar)

Conselho de Segurança realiza reunião no Bairro Santa Rosa em Caruaru

A terceira reunião do Conselho de Segurança cidadã – CONSEC,no bairro Santa Rosa, aconteceu na última quarta-feira (18) e muitos moradores estão engajados em juntar-se a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Ordem Pública, na prevenção à violência “Estamos felizes com essa ação da Prefeitura, pois aqui no nosso bairro, a iluminação, limpeza, rondas policiais e até o número de blitz tem aumentado, trazendo uma sensação de segurança maior” relata Janete Oliveira, moradora do Santa Rosa.

Essa reunião devolutiva, foi realizada para prestar contas à população das demandas atendidas e a verificação de possíveis novas demandas “O Consec vem aproximando a comunidade com a prefeitura, para tomadas de decisões sobre as prioridades a serem atendidas no que diz respeito á ordem e segurança pública. Agindo então, na prevenção sobre a violência e a criminalidade” relata a gerente de articulação comunitária de Secop, Acácia Diniz.

Um Conselho com seis membros foi votado na primeira reunião, essa mesa diretora apresentou as demandas ao “Comitê Juntos Pela Segurança”, que também é responsável pela implementação e monitoramento do Plano Municipal Juntos Pela Segurança em consonância com as ações e atribuições constitucionais dos diversos órgãos da esfera do poder público federal e estadual, trazendo assim, resultados positivos na prevenção á violência em Caruaru.

Secretaria de Imprensa de Caruaru

Mário Sérgio Cortella no Recife

A CLARO, que tem investido fortemente em cultura, patrocina o Segundo Encontro de Notáveis de 2017, que acontece no próximo dia 24 no Teatro Guararapes. Nesta edição, os professores e escritores, Mario Sergio Cortella e Pedro Calabrez dividem o palco numa noite de conteúdo e conhecimento. O encontro abordará temas como liderança, comportamento, neurociência, atitude, protagonismo, gestão e mudança nas pessoas e organizações, a partir da visão de dois dos mais brilhantes palestrantes brasileiros. 

Quem primeiro sobe ao palco é Alvarez com a palestra “Neurociência e o Comportamento Humano”, onde promete fazer um passeio pelo cérebro humano, mostrando como através da Neurociência é possível atingir a excelência em nossas atitudes, para uma melhor gestão e liderança com as pessoas e organizações. Depois será a vez de Cortella, que traz a palestra “Propósito, Carreira e Atitude”, por onde desfila sua inigualável capacidade de análise e síntese, traduzindo complexas ideias filosóficas em provocações lúcidas, claras e objetivas.

A Claro disponibilizará estações com carregadores de celular para o público presente no evento. Na noite anterior, acontece na Livraria Saraiva Shopping Recife, a sessão de autógrafos no lançamento do livro do escritor Calabrez. Na ocasião, a Claro fará distribuição de brindes personalizados.

Serviço
TEATRO GUARARAPES :: Recife – PE.
Terça, 24 de outubro de 2017.
Às 18h.
Maiores de 18 Anos.



GO: Tiroteio em escola deixa duas crianças mortas; atirador era vítima de bullying

O Colégio Goyases foi atacado nesta sexta-feira (20/10) com um tiroteio deixando pelo menos duas crianças mortas, que tinham 12 e 13 anos, e sete pessoas feridas. A instituição fica no bairro Riviera em Goiânia, cinco viaturas dos Bombeiros foram direcionadas ao local.

Segundo a Polícia Militar um menino que estudava no colégio entrou atirando. Ele foi encaminhado para delegacia. Há informações de que ele sofria bullying.

O socorro foi chamado por uma professora por volta das 12h. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência confirmou as duas mortes, mas ainda não identificou as vítimas. Um helicóptero da Polícia Militar e diversas viaturas atuam no local para restabelecer a ordem. No Twitter usuários registram a movimentação na rua da escola.

Portal Metrópoles (DF)

Compesa e PM combatem furto de água no Ramal V da Adutora do Oeste

A Compesa realiza, em parceria com a Policia Militar, uma operação para combater o furto de água no Ramal V da Adutora do Oeste, no trecho localizado entre a zona rural do município de Trindade, passando por Araripina, até o distrito de Barra de São Pedro, em Ouricuri. Esse ramal é responsável pelo abastecimento de água dos distritos de Nascente, Lagoa do Barro e Gergelim, localizados em Araripina, além da sede do município e da localidade de Lagoa do Barro, em Ouricuri, no Sertão do Araripe. Até o momento, já foram retiradas dez ligações clandestinas, ação que que permitiu recuperar uma vazão de 20 litros de água, por segundo, produção suficiente para atender cerca de 2.100 famílias.

O trecho do Adutora do Oeste, que é alvo da operação, tem 30 quilômetros de extensão e transporta 50 l/s, de água captada diretamente no Rio São Francisco. “O desvio de 20 l/s causava um impacto muito grande no atendimento dessas localidades e na cidade de Araripina. Vamos prosseguir com a ação na tentativa de retirar todas as ligações irregulares que desequilibram o sistema de abastecimento, causando falta de água e queda de pressão nas localidades”, explica o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, João Virgílio.

A ação foi motivada pela queda de vazão acentuada do sistema verificada pelo setor de Controle Operacional da Compesa, e pela quantidade de reclamações dos moradores das localidades atendidas pelo Ramal V da Adutora do Oeste. A Companhia também recebeu denúncias de que carros-pipa estariam abastecendo os veículos, durante à noite, diretamente na adutora. “Recebemos muitas queixas dos moradores e solicitamos imediatamente o apoio da PM, que nos atendeu prontamente”, relata o gerente da Compesa.

Durante a operação nenhum infrator foi preso. “A localização desse trecho da adutora em área rural e de difícil acesso é um dos fatores que têm atrapalhado as ações de flagrante. Mas a PM está empenhada na investigação e identificação dos responsáveis”, observou João Virgílio, informando que o desvio de água da rede pública de abastecimento é um crime previsto em Lei. Os infratores podem ser penalizados criminalmente e pagar multas à Compesa.


Imprensa Compesa

Net e Claro HDTV liberam sinal dos canais Fox Premium

Até o dia 22 de outubro os clientes da NET e Claro HDTV poderão aproveitar a programação dos canais Fox Premium, que estarão com sinal aberto para estreia da oitava temporada de The Walking Dead, que acontece no domingo, às 23h30.

A nova temporada chega ao Brasil simultaneamente com os Estados Unidos e será transmitida pelo canal Fox Premium 2, com som original e legendas em português. O retorno da série tem um sabor especial, pois celebra o 100º episódio.

Outra novidade é a segunda temporada da série nacional de Me Chama de Bruna, que estreia no Fox Premium 1, no dia 22, às 22h45. Os fãs também poderão assistir a oito episódios na primeira temporada, a partir das 16h30.

Além das estreias, o canal preparou maratonas incríveis para colocar as séries favoritas em dia. O Fox Premium 1 traz Feud: Bette and Joan, no dia 20 e The Young Pope, no dia 21, enquanto o Fox Premium 2 terá a sexta temporada de Homeland no sábado e a segunda parte da quarta temporada de Vikings no domingo, sempre a partir das 18 horas.

O NOW também terá alguns conteúdos disponíveis. Na seção Degustação será possível assistir a episódios das séries The Young Pope,Homeland, Medici e Feud: Bette and Joan, exclusivas dos canais Fox Premium.

O acesso a plataforma pode ser feito pelo site nowonline.com.br ou aplicativo para tablets e smartphones. Os NETs, com pacote HD, também podem conferir a programação pelo canal 1 da TV em Programas de TV > Fox Premium.

Programa É Meu Direito amanhã em Piedade

O Governo do Estado realiza neste sábado (21/10), em parceria com o SESC Piedade, mais uma edição do Programa É Meu Direito, que oferece gratuitamente serviços de promoção à cidadania, saúde, utilidade pública e cuidados pessoais para a população. Neste sábado haverá uma ação especial com foco na pessoa idosa através do atendimento pela equipe técnica do Centro Integrado de Atenção e Prevenção a Violência contra a Pessoa Idosa (CIAPPI). O É Meu Direito será realizado no SESC Piedade, localizado na Rua Goiana, nº 40, Piedade, Jaboatão dos Guararapes. O É Meu Direito é um programa da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), executado através da Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH).

No local será disponibilizada gratuitamente a emissão de 2ª vias de certidões de nascimento, casamento e óbito, e do CPF através do programa Balcão de Direitos; e também de Registro Geral (RG) através parceria com Secretaria de Defesa Social (SDS). Os advogados, psicólogos e assistentes sociais do CIAPPI estarão no local realizando orientação, atendimento e acompanhamento de violações de direitos da pessoa idosa.

Secretário-executivo de Direitos Humanos, Eduardo Figueiredo, destaca a importância da integração com a comunidade. “O nosso maior legado com essas ações, além de prestar o serviço e promover a cidadania, que é uma política de direitos humanos, é integrar a comunidade e trazer para próximo dos lares e das famílias ações de enfrentamento e combate a violência”, explica.

As unidades móveis do Detran, Compesa e Procon também estarão no local. O Detran vai disponibilizar consultas de pontuação, agendamentos de serviços, emissão de nada consta, históricos de propriedade e emissão da segunda via de CNH. A Compesa vai realizar negociação de débito e palestra sobre sustentabilidade ambiental, e a unidade do Procon vai oferecer orientação sobre consumo. A Celpe ministrará palestra sobre sustentabilidade energética. Na área de saúde e bem estar, a população vai contar com aferição de pressão, dosagem glicêmica e vacinação. Na área de beleza, a ação oferece SPA de mãos e rosto, além de corte de cabelo.

Serviço
Programa É Meu Direito!
Local: SESC Piedade. Rua Goiana, nº 40, Piedade, Jaboatão dos Guararapes
Data: Sábado (21/10)
Horário: 8h às 12h

Imprensa SEDH PE

Polícia prende suspeitos de matarem meninas achadas dentro de carro

A polícia de São Paulo prendeu, nesta sexta-feira (20/10), os suspeitos de matarem Adrielli Mel Porto e Beatriz Moreira dos Santos, ambas de 3 anos. Os dois homens já haviam sido apontados pela população como autores do crime, apanharam de populares no domingo (15) e chegaram a registrar queixa de agressão.

Hoje, Marcelo Pereira de Souza decidiu confessar os homicídios. Everaldo Jesus Santos também teria participado, de acordo com o depoimento do comparsa. Um deles já cumpriu pena por estupro. Os corpos das duas crianças foram enterrados hoje no Cemitério da Saúde, na Zona Leste, em cerimônia que começou por volta das 10h30.

As duas meninas de 3 anos foram encontradas mortas dentro de um Fiat, modelo Fiorino, no Jardim Lapena, Zona Leste da cidade, no dia 12 de outubro. Elas estavam desaparecidas desde 24 de setembro. O veículo foi localizado próximo à residência das crianças, que já estavam com os corpos em estado de decomposição.

A polícia encontrou os dois suspeitos amarrados e feridos. No local, havia pedaços de pau. Após uma denúncia anônima, ambos foram resgatados nesta segunda (16) e, inicialmente, negaram participação na morte das meninas. Um deles é vizinho das crianças.

Portal Metropoles (DF)

Compesa sedia reunião do Comitê de Sustentabilidade da Amcham-Brasil

Com a preocupação de posicionar a Companhia Pernambucana de Saneamento - Compesa como referência no desenvolvimento sustentável, na perspectiva de melhorar a qualidade de vida dos pernambucanos, foi realizada na manhã de hoje (19), no Centro Administrativo da Compesa, em Santo Amaro, uma reunião do Comitê de Sustentabilidade da Câmara Americana de Comércio para o Brasil, a Amcham-Brasil – Unidade Recife. Esta foi a primeira vez que a companhia sediou o encontro, que acontece a cada dois meses, e contou com a participação de representantes de empresas de diversos setores do Estado preocupadas com a questão da sustentabilidade e interessadas em conhecer os programas estruturadores de saneamento para Pernambuco.

Para o diretor de Articulação e Meio Ambiente da Compesa, Aldo Santos, que assumiu recentemente a vice-presidência da Amcham-Brasil – Unidade Recife, é muito importante “abrir as portas” para iniciativas como essa que buscam esclarecer a visão de sustentabilidade da companhia. “A Compesa busca expor para a sociedade o seu compromisso com as questões ambientais e sociais, e integrar esse comitê é fundamental para que conheçamos novos conteúdos, técnicas e experiências de outras áreas que possam somar à nossa atuação. É nossa preocupação que toda operação para tratamento de água e esgoto atenda as normativas ambientais. Até o final deste ano, teremos 15 unidades com o padrão de qualidade exigido pela Certificação ISO 14001/2015”, contextualiza.

O diretor do Comitê no Recife, Tiago Andrade, observa que o Estado tem poucos líderes que atuam na área de responsabilidade socioambiental, por isso a reunião foi importante para sensibilizar os empresários para as questões ambientais e ampliar o debate acerca da sustentabilidade. “O comitê é um ambiente de negócio que favorece o networking e novas parcerias empresariais. E essa reunião foi extremamente positiva. A gente falou de programas estruturadores para um público formador de opinião, proporcionando um maior conhecimento sobre os projetos e ações da Compesa”, avalia Tiago Andrade.

Nos últimos dez anos, a companhia realizou um volume alto de investimentos em obras de expansão e melhorias de saneamento no Estado. Só em 2017, a previsão é que os investimentos alcancem R$ 800 milhões. O diretor de Novos Negócios da Compesa, Ricardo Barreto, apresentou para o grupo os projetos de saneamento estratégicos para Pernambuco, como a Adutora do Agreste, a implantação de adutoras a partir da Transposição do Rio São Francisco e a ampliação do Sistema Adutor do Oeste. Para ampliar a cobertura do esgotamento sanitário no interior do Estado, dois programas são executados, com financiamento de bancos internacionais (BID e Banco Mundial), para beneficiar as cidades localizadas nas bacias dos rios Ipojuca e Capibaribe. “Esses programas visam reduzir a poluição dos rios, por isso já foram pensados para estruturar núcleos de manutenção dos sistemas e laboratórios para monitoramento da qualidade da água dos rios”, pontua Ricardo Barretto, que também abordou o Programa de Parcerias para Investimentos (PPI), cujos estudos de alternativas para avançar no esgotamento sanitário em Pernambuco já devem apontar um modelo de negócio para licitação no primeiro semestre de 2018.

Na Região Metropolitana do Recife e em Goiana, na Zona da Mata Norte, Ricardo Baretto lembrou que está em andamento o Programa Cidade Saneada, a Parceria Público-Privada (PPP) firmada entre a Compesa e a BRK Ambiental, que vai ampliar a cobertura de esgotamento sanitário de 30% para 90% nessas cidades. O programa prevê a implantação de 41 sistemas de esgotamento sanitário e um investimento, em valores atualizados, que chegam a R$ 6 bilhões - recursos privados e públicos. Já foram recuperadas 150 unidades operacionais e 1.200 quilômetros de rede de esgoto. Em 2013, quando iniciou o programa, eram tratados 540 litros de esgoto, por segundo, na RMR. Neste ano, esse volume aumentou para 1.134 l/s.

Imprensa Compesa

Luz da Infância prende dois em Pernambuco

A Polícia Civil deflagrou, nesta sexta-feira (20), uma operação para reprimir e combater a pedofilia e a exploração sexual de crianças e adolescentes em Pernambuco. De acordo com o chefe da corporação no estado, Joselito do Amaral, duas pessoas foram presas na Região Metropolitana do Recife, no início da manhã. A ação acontece em outros 24 estados e no Distrito Federal.


Ainda segundo Amaral, as viaturas seguem em diligências. Ele informa que devem ocorrer mais prisões ao longo do dia. “Entre os suspeitos, há quem produzia as imagens e suspeitos que repassavam o material pela internet. Temos também pessoas que apenas recebiam e transmitiam as imagens, o que configura também o crime de pedofilia”, pontua.

Além do crime de pedofilia, a polícia pernambucana também busca suspeitos de praticar exploração sexual de crianças. Há a suspeita de parentes de vítimas envolvidos nos crimes. Os presos foram encaminhados para o Centro de Triagem (Cotel).

A operação no estado integra uma série de ações deflagras pela Polícia Civil, em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), órgão subordinado ao Ministério da Justiça (MJ). Até agora, ao menos 82 pessoas foram presas em flagrante, segundo o MJ.

‘Luz da Infância’

A ação ‘Luz da Infância” conta com 1.100 policiais para cumprir mandados de busca e apreensão e de condução coercitiva. Não havia previsão de mandados de prisão, mas os presos foram detidos em flagrante com material pornográfico infantil em quatro estados e no Distrito Federal.

Os alvos foram identificados por meio de um trabalho de cooperação entre a Diretoria de Inteligência da Senasp e a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega em Brasília (US Immigration and Customs Enforcement-ICE). A investigação durou seis meses e foi coordenada pela Diretoria de Inteligência (DINT).


Portal G1

Ônibus que transportavam universitários são atacados por bandidos

Três ônibus que transportavam estudantes universitários foram atacados por bandidos, no fim da noite de quinta-feira (19), no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. Um deles foi atingido por tiros e teve o para-brisas quebrado e uma roda dianteira danificada. As informações são da Polícia Militar de Pernambuco.

Segundo a PM, os veículos trafegavam em um comboio pela Rodovia PE-45, no distrito de Jussaral. Em um dos ônibus, viajavam dois policiais militares, que reagiram e também atiraram nos suspeitos. Não houve feridos.

Os homens que atacaram os coletivos estavam em duas motos. Durante o tiroteio, o ônibus em que viajavam os PMs bateu na motocicleta.

A PM informou que os bandidos conseguiram fugir. Os militares apreenderam uma das motos, que consta como roubada, conforme a Polícia Militar. O caso foi registrado na Delegacia de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, distante 50 quilômetros do Recife.

Portal G1

Outubro Rosa: Ações de conscientização em Caruaru

As Equipes de Saúde da Família do bairro Boa Vista e Vassoural I, II e III realizaram ações educativas em alusão ao Outubro Rosa, na última quinta-feira (19) e nesta sexta, respectivamente. O é mês dedicado a importante campanha de conscientização, prevenção e diagnóstico do câncer de mama.

Com o apoio da Secretaria de Saúde, as UBS’s ofertaram palestras para as pacientes, café da manhã e rodas de conversa que visam conscientizar as mulheres a fazerem o exame de mama, explicando a importância da prevenção desse tipo de câncer. Além disso, há marcação de mamografias e encaminhamento à especialistas, quando necessário.

O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres e quanto mais cedo ele for detectado, as chances de cura são maiores. 

Secretaria de Imprensa de Caruaru

Programa Criança Feliz faz um ano longe de atingir metas anunciadas

Um ano depois de criado, o Programa Criança Feliz, mantido pelo governo federal para monitorar os primeiros anos de vida dos brasileiros com até 6 anos de idade, ainda não alcançou as metas anunciadas em seu lançamento. Esse é o primeiro programa social desenvolvido e aprovado pelo governo Michel Temer e conta com o apadrinhamento da primeira-dama, Marcela Temer. Para marcar o primeiro aniversário, a Lupa colocou à prova algumas frases ditas no início do projeto. Veja o resultado:

Público atendido

A promessa feita há um ano foi reafirmada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, em nota publicada em seu site na quarta-feira (4). No texto, a pasta reitera que a meta estabelecida em 2016 deverá ser atingida até 2018. Mas, de acordo com o próprio ministério, apenas 1% desse total foi alcançado até o momento.

Relatório feito pela pasta em 2016 mostra que há um atraso sucessivo no cumprimento das metas. O ministério esperava atender a 140 mil crianças até o fim de 2016 e a 300 mil até o de 2017. No entanto, na segunda semana de outubro, 65.747 crianças e gestantes eram acompanhadas por visitadores do Criança Feliz.

Procurado, o ministério reafirmou, por nota, que o número será alcançado mesmo em 2018 e que, todos os dias, novas visitas são feitas para tentar cumprir as metas.

Comitês gestores

“Em cada nível federativo, deverão ser organizados comitês gestores.”
Osmar Terra, Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, no discurso de lançamento do programa, em 5/10/2016
AINDA É CEDO

Segundo o relatório divulgado em agosto pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, apenas duas unidades da Federação ainda não possuem os chamados comitês gestores. São elas: Santa Catarina e Minas Gerais.

No final de 2016, como prometido, o governo federal implantou um comitê que reunia representantes dos seguintes ministérios: Desenvolvimento Social, Saúde, Educação, Cultura e Justiça e Cidadania. Esses grupos reúnem material de treinamento e monitoram a implantação do programa nos estados.

O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário afirmou, em nota, que Santa Catarina e Minas Gerais aderiram ao programa, mas “não conseguiram a aprovação no Conselho Estadual de Assistência Social, o que inviabiliza ainda a participação”. Para fazer frente a isso, a pasta acrescentou que dá treinamento e capacitação em 261 municípios de Minas Gerais e 14 de Santa Catarina.

Visitas em Casa

O Criança Feliz foi lançado em 5 de outubro de 2016 e, até a segunda semana de outubro, 65.747 crianças e eram acompanhadas por “visitadores” do programa.

Mas relatório feito em agosto pelo próprio Ministério do Desenvolvimento Social mostra a lentidão com que a iniciativa se desenvolve. Só em 21 de junho deste ano foi finalizado o documento que prepara os profissionais para atender às famílias, o chamado Guia de Visita Domiciliar. Assim sendo, a primeira visita do Criança Feliz ocorreu em 14 de julho deste ano, em Sergipe.

Procurado, o ministério afirmou, em nota, que a capacitação dos profissionais do programa dura 40 horas. Por essa razão, “o processo inicial é trabalhoso”. Segundo a pasta, seis unidades da Federação ainda não têm visitas. São elas: Mato Grosso, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rondônia, Amapá e Distrito Federal.

Com informações do Portal Metrópoles (DF) e da Agência Lupa

Obra de esgoto altera trânsito na Avenida Tiradentes no bairro de Rio Doce

Uma obra emergencial de esgoto será iniciada hoje (20), a partir das 14h, na Avenida Tiradentes, no bairro de Rio Doce, em Olinda. Para realizar os serviços de substituição de um trecho de seis metros de rede coletora de esgoto, localizado ao lado do Terminal Integrado de Rio Doce, em frente à Galeria Integração, será necessário interditar toda a via. A intervenção irá impactar no tráfego de veículos e em nove paradas de ônibus até a finalização da obra, prevista para a madrugada da próxima segunda-feira (23).

Os veículos devem seguir os desvios que estarão sinalizados nas vias utilizadas como rota alternativa. Ao todo, nove linhas de ônibus terão o percurso alterado. Para os ônibus que vêm pela Avenida das Garças, o acesso para o terminal será realizado pelo portão próximo da Rua Jambo. Já os coletivos que tem como origem a 4ª etapa de Rio Doce, devem seguir pela Rua da Amora, depois pela Rua Trinta e Sete para entrar na integração.

A intervenção faz parte das ações preventivas desenvolvidas pela Compesa e o seu parceiro privado, a BRK Ambiental. Ao identificar qualquer ponto de tubulação danificada, são adotadas as providências necessárias para realizar as ações corretivas com brevidade e assim evitar interferências que venham a comprometer a plena operação do sistema de esgotamento sanitário do bairro. O trecho a ser substituído tem 150 milímetros de diâmetro e se encontra a dois metros de profundidade.

Imprensa Compesa


Pernambuco foi quem mais gerou empregos formais em setembro

O Brasil fechou o mês de setembro com nova alta no saldo de empregos formais – a sexta consecutiva e a sétima no ano. O crescimento foi de 34.392 postos de trabalho, aumento de 0,1% em relação ao estoque do mês anterior, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quinta-feira (19) pelo Ministério do Trabalho. Pernambuco foi o grande destaque do levantamento, pois foi o Estado que apresentou o melhor resultado, abrindo 13.992 novos empregos formais.

Os números de Pernambuco foram motivados principalmente pela expansão da Indústria de Transformação (+10.073 postos), Agropecuária (+3.728 postos), Comércio (+824 postos) e Construção Civil (+201 postos). Essas novas vagas de trabalho nas empresas pernambucanas representam 40,6% do total nacional.

Além de Pernambuco, também se destacaram os estados de Santa Catarina (+8.011 empregos), Alagoas (+7.411), Pará (+3.283), Paraná (+2.801), Bahia (+2.297), e Ceará (+2.161). Por outro lado, o Rio de Janeiro (-4.769 empregos), Minas Gerais (-4.291) e Goiás (-3.493) tiveram as maiores reduções no estoque de empregos em setembro.

O saldo de setembro foi impulsionado pela alta em três regiões, com destaque para a Região Nordeste, que fechou o mês com abertura de +29.644 postos. As regiões Sul (+10.534 postos) e Norte (+5.349 postos) também tiveram números positivos. Já nas Regiões Sudeste e Centro-Oeste houve redução, respectivamente, de -8.987 postos e -2.148 empregos.

Quem estiver procurando emprego, pode se dirigir a uma das 29 unidades de atendimento da Agência do Trabalho mantidas em todo o Estado pela Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação do Governo de Pernambuco. A Agência do Trabalho segue as diretrizes do Sistema Nacional de Emprego - SINE, de forma integrada em todas as unidades, mediante aprovação de suas ações pela Comissão Estadual de Emprego (CEE-PE). Além disso, diariamente são divulgadas vagas de emprego no site www.sempetq.pe.gov.br

A Agência oferece à população serviços que proporcionam sua inserção ou reinserção no mercado de trabalho, contemplando desde a emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS, ao encaminhamento a vagas de emprego e à habilitação ao Seguro Desemprego.

Secretaria de Imprensa de Pernambuco

Voluntários do Parque de Serra dos Cavalos convocam a população para ação ambiental neste domingo

Voluntários e membros da Associação Conhecer e Preservar se juntarão à Brigada Tangara de Prevenção e Combate à Incêndios Florestais para promover, neste domingo (22), uma ação educativa no Parque Natural Municipal Professor João Vasconcelos Sobrinho, na Zona Rural de Caruaru. A ação conta com o apoio da gestão do parque, onde os visitantes serão convidados a se juntarem ao grupo para fazer o recolhimento do lixo deixado nas trilhas e no Açude Jaime Nejaim.

A ação tem o objetivo de despertar a conscientização ambiental dos frequentadores da reserva sobre a importância da preservação do local, e irá acontecer das 08h às 13h. Os participantes serão divididos em grupos, de acordo com o grau de dificuldade de cada trilha. O trabalho no açude será feito com a ajuda de caiaques. O ponto de encontro será no receptivo do parque e a empresa rodoviária Capital do Agreste disponibilizará um ônibus de graça para quem quiser fazer o traslado até o parque. O veículo ficará estacionado ao lado do Grande Hotel, na Avenida Rui Barbosa, no centro, com horário de saída previsto para às 07h30.

A orientação é que os voluntários usem roupas leves, calçados fechados, levem garrafinha de água e protetor solar. O local conhecido pelas trilhas ecológicas, açudes e clima ameno, fica localizado no Primeiro Distrito Rural do município. A iniciativa da ação é da Secretaria de Sustentabilidade e Desenvolvimento Rural, através da gerência do parque e conta com o apoio dos funcionários da reserva e do SOS Rio Ipojuca. “O intuito é promover um momento prazeroso de contato com a natureza, onde os voluntários poderão colaborar, efetivamente, na preservação do parque que é de todos nós”, pontuou o gestor do parque, Alexandre Leite. O site para mais informações sobre a reserva é o https://sites.google.com/view/parquevsobrinho.

Brigada Tangara

Criada em setembro deste ano, é a primeira brigada formal da Prefeitura de Caruaru de prevenção e combate à incêndios florestais do Parque Natural Municipal Professor João Vasconcelos Sobrinho, de Serra dos Cavalos. Até então, o grupo de combate era informal, formado basicamente por voluntários e organizado por membros da Associação Conhecer e Preservar. A brigada Tangara é formada por cerca de 30 servidores municipais de diversos setores ligados ao parque, voluntários e representantes locais, Comunidade Hare Krishna e membros da associação.

Parque Natural Municipal Professor João Vasconcelos Sobrinho (Serra Dos Cavalos)

O Parque Natural Municipal Professor João Vasconcelos Sobrinho foi criado pela lei municipal de nº 2.796, de 07 de julho de 1983. O nome do Parque é uma homenagem ao importante ambientalista pernambucano, pioneiro na luta pela conservação ambiental.

Trata-se de uma reserva florestal serrana, remanescente da mata atlântica, localizada na área da antiga Fazenda Caruaru. Está inserida em um brejo de altitude conhecido por Serra dos Cavalos, entre 800 a 950m acima do nível do mar e ocupa uma área de 359 hectares. O local possui um clima ameno com temperaturas que variam entre

Horário de visitação: de terça à domingo, das 6h às 16h.

Para visitação às trilhas, o agendamento deve ser feito com um guia pelo telefone: (81) 3701.1455 ou através do link:



Serviço:

Mutirão de limpeza
Local: Parque Natural Municipal Professor João Vasconcelos Sobrinho
Horário: das 08h às 12h
Endereço: Sítio Araçá – Murici, Serra dos Cavalos
Traslado: ônibus disponível ao lado do Grande Hotel, na Avenida Rui Barbosa, centro, com saída às 07h30.

Secretaria de Imprensa de Caruaru

Embaixadores Afro-Árabes recebidos em Pernambuco

Visando oportunidades de integração, parceria e de fortalecimento das relações comerciais entre Pernambuco, África e Arábia, o governador Paulo Câmara apresentou ontem(19) no Palácio do Campo das Princesas, as potencialidades econômicas do Estado a 35 representantes dos países árabe-africanos. Setores como serviços, turismo, educação e as áreas portuárias e aeroportuárias foram debatidos entre o chefe do Executivo estadual e a comitiva, que está, até amanhã, em missão comercial no Estado - iniciativa organizada pelo Governo de Pernambuco, Câmara de Comércio Árabe-Brasileira e pelo Itamaraty.

Com relação à visita que os embaixadores farão hoje (20.10), ao Porto de Suape e ao Estaleiro Atlântico Sul, o chefe do Executivo estadual ressaltou que será uma oportunidade importante para que os representantes conheçam a forma de Pernambuco fazer negócios. “Eles vão conhecer os estaleiros, o que pode gerar negócios, como compra de navios. Ao mesmo tempo, vão conhecer Suape, que é uma grande porta de entrada para quem quer vender e comprar mercadorias em Pernambuco”, acrescentou.

Embaixador do Estado da Palestina e Decano do Conselho dos Embaixadores Árabes, Ibrahim Alzeben afirmou que, diante do que foi explanado pelo governador Paulo Câmara, saiu da reunião com expectativas positivas, tendo encontrado bastante pontos de interesse em Pernambuco. “A vinda a Pernambuco pode render bons frutos. Esse Estado tem muitas potencialidades, seja no agronegócio, na tecnologia e, fundamentalmente, no transporte marítimo, porque Recife (Pernambuco) é o ponto mais próximo à África e ao mundo Árabe”, destacou Ibrahim.

De acordo com o presidente da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, Rubens Hannun, a movimentação comercial entre Brasil e Arábia está por volta de US$ 450 milhões por ano. “O potencial de crescimento entre esses países é muito alto, mas não dá para calcular quanto de imediato porque esse estreitamento de relacionamento vai aumentando os negócios, a médio e longo prazo”, explicou, destacando que, após o encontro, os laços comerciais com os países árabe-africanos deverão crescer bastante. “Nós já começamos a ver, inclusive, alguns acordos para intercâmbio de alunos e de universitários, o que aumenta a relação comercial entre as partes”, completou.

Assim como o representante da Palestina, o embaixador da Angola, Nelson Manuel Cosme, destacou que a escolha para que Pernambuco fosse o primeiro estado a ser visitado por toda a delegação foi muito feliz e registrou que o encontro foi “extremamente produtivo” e que dará resultados muito bons. “Valeu a pena visitarmos Pernambuco porque encontramos janelas de oportunidades e setores que podem, realmente, ter valor agregado na cooperação com a África e com os Países Árabes”, afirmou.

Entre as áreas que mais chamaram a atenção do representante africano está a educação. O destaque se deu após a explanação do governador Paulo Câmara sobre o desenvolvimento do setor no Estado ao longo de um trabalho de dez anos, resultando na melhor educação pública do Brasil, de acordo com o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). “Para nós, foi importante saber que vocês têm um sistema educacional de referência. Então, nós gostaríamos de partilhar, de ver como é que Pernambuco conheceu esse milagre, saindo das últimas colocações para primeiro lugar e com níveis equiparados entre o setor público e o setor privado”, ressaltou o embaixador da Angola.



Secretaria de Imprensa de Pernambuco

Caminhada da acessibilidade mobiliza população em Limoeiro

No fim da tarde desta quinta-feira (19), a Prefeitura de Limoeiro realizou a primeira Caminhada da Acessibilidade no município. A ação teve o intuito de verificar os locais de maiores movimentos para estabelecer as modificações necessárias à inclusão e melhoria na qualidade de vida das pessoas com deficiência que convivem e enfrentam diariamente a ausência de locomoção básica. O evento teve a concentração no Ponto Certo e seguiu pelo comércio, finalizando na Praça Comendador Pestana. 

Com a participação dos deficientes físicos, três voluntários também receberam uma cadeira de rodas, venda nos olhos e os ouvidos tampados para acompanharem a rota e sentirem todas as dificuldades de acesso nas ruas, calçadas, além dos perigos ocasionados pela falta de segurança.

Para o cadeirante Severino João da Silva, a experiência do dia foi especial pela oportunidade de poder mostrar os riscos cotidianos enfrentados não só por pessoas com deficiência, mas também idosos e gestantes. “As pessoas não respeitam as faixas, rampas, estacionamentos. É preciso que se crie uma consciência e elas consigam ver o quanto isso nos atrapalha quando precisamos nos locomover para o trabalho, para a escola. Assim é a nossa vida”. Com ele, concorda a também cadeirante Eziete dos Santos Silva, onde afirma que essa união “foi para o nosso bem. Se todas as cidades vissem e fizessem o que estamos fazendo agora, teria de significado imenso. Limoeiro será exemplo quando tudo estiver organizado e modificado”.

Os voluntários que participaram da experiência relatam sobre a sensação única que vivenciaram. “Passei alguns minutos como deficiente visual que pareceram horas. A dificuldade é imensa para subir ou descer locais, não temos dimensão do espaço que estamos caminhando. Eu estava sendo guiado por alguém, mas imagine quem está sozinho em uma cidade que ainda não tem calçadas apropriadas? São guerreiros, estão de parabéns”, conta Júnior Coutinho.

O motorista Marcial França e a vereadora Úrsula Nunes também estiveram na experiência. Ele relata que "Se sentir impotente pelo que se enfrenta no dia a dia de forma natural torna tudo diferente, agora temos uma visão real do que realmente acontece. Representei um cadeirante e hoje senti na pele dos nossos amigos a vulnerabilidade que passam. Cheguei a um momento que quase caí da cadeira de rodas. A gestão teve um olhar diferente e especial para eles o que ocasiona em dignidade e respeito refletindo nas atividades de todos”.

Como surda, Úrsula relata sobre o quanto as deficiências variam em suas particularidades. “Temos a necessidade de tomar uma atitude. Tivemos uma audiência pública onde foi sugerido essa ação com os deficientes, um seminário para inclusão e, agora, em um terceiro momento, estamos aqui. Aos poucos, vamos fazendo e construindo a mobilidade. Pudemos ver vários pontos que precisam de melhorias e, nesse passo, conseguiremos fazer muita coisa”.

A ação é uma parceria com a Secretaria de Obras, Infraestrutura e Habitação, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, os vereadores, a juventude, a guarda municipal e toda população que também opinou e teve voz. As secretarias, em consonante, lembraram sobre a importância de transformar o público em “um ser nosso e não um ser de ninguém” para tomar conta do povo com responsabilidade e transformar Limoeiro em uma cidade melhor. Agora, será realizado um estudo e uma pesquisa para que os objetivos vistos sejam efetivados.


Secretaria de Imprensa de Limoeiro

Festival da Cozinha no Extra

O Extra realiza até o dia 29/10 o Festival de Cozinha, que traz ofertas especiais em produtos de eletro e bazar. A ação acontece em todas as lojas de hipermercado do País.

Durante o período, os clientes poderão encontrar diversos itens em promoção, como jogo de panelas, copos, aparelhos de jantar, assadeiras, panos de prato, talheres, entre outros. Os clientes que optarem por pagar com o cartão Extra ganham 20% de desconto em todos os itens anunciados de bazar com parcelamento em até 14 vezes fixas. Já para os produtos de eletro, o consumidor poderá parcelar em até 18 vezes sem juros no cartão da marca.


A rede conta com apostas para o Festival da Cozinha, como o micro-ondas 30 litros Philco PME31 1400W por R$ 479,00. Na compra deste produto, o cliente ganha um mixer Britânia 200; além desta, na compra de qualquer jogo de panela acima de R$ 200,00 o consumidor ganha um liquidificador Ultra. Ainda, ao comprar o fogão 4 bocas Electrolux 56SB por R$ 1.099,00, leva-se grátis uma cafeteira inox Britânia CP15 preta.

Confira outras ofertas do Festival:

· Conjunto de panelas Turim Tramontina de R$ 99,90 por R$ 79,92 nos Cartões Extra;

· Faqueiro Finlandek de R$ 14,90 por R$ 12,90 para clientes Clube Extra;

· Pote hermético Finlandek P de R$ 12,90 por R$ 8,90 para clientes Clube Extra;

· Kit de utensílios 5 peças Color pra valer de R$ 12,90 por R$ 10,32;

· Panela de pressão Original Clock de R$ 66,90 por R$ 55,92 nos Cartões Extra;

· Fogão 4 bocas Electrolux 50SBC por R$ 699,00;

· Fritadeira Air Fry Philco Saúde vermelha ou inox por 279,90 .

Aluno joga cadeira contra professora em sala de aula

Dois meses depois de a professora Marcia Friggi ter a testa cortada por um livro jogado por um aluno, mais uma agressão grave ocorre em uma sala de aula do país. Uma docente de Educação de Jovens e Adultos (EJA), do Distrito Federal, ficou ferida, após ser atingida por uma cadeira arremessada por por um estudante de 18 anos.

Conforme boletim policial, registrado na 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga), a agressão foi cometida, na manhã desta quinta-feira (19), depois que o aluno foi notificado de uma suspensão. Segundo a professora, ele usava um boné em plena sala de aula, o que é contra as regras das escola. Ao se recusar a tirar o acessório, o jovem foi encaminhado à direção e, ao voltar à classe, jogou a cadeira no tórax da professora, que ensina Matemática e Ciências.

A docente, cujo nome foi preservado, ficou ferida no braço e no tórax. Socorrida a um hospital, foi liberada quando foi constatado que ela não sofreu fraturas. A direção da escola informou, à polícia, que o jovem já foi suspenso anteriormente por arroubos de violência - quando discutiu com um policial e desrespeitou o diretor.

Segundo agentes da polícia, o estudante também ameaçou "acertar contas" com a professora. O aluno ainda está foragido, mas deve ser indiciado por ameaça, lesão corporal, desacato e perturbação.

Notícias ao Minuto

Enfermeiros protestam no Recife

Um grupo de enfermeiros realizou, na tarde desta quinta-feira (19), um protesto pelas ruas do Centro do Recife. De acordo com a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), o grupo se reuniu na Praça do Derby e saiu em caminhada em direção à Avenida Conde da Boa Vista, no bairro da Boa Vista.

De acordo com a Autarquia, agentes e orientadores seguiram para o local para orientar os motoristas que trafegam pela área. Apesar de a caminhada acontecer na via, o grupo não atrapalhou o trânsito, já que a intensidade do fluxo de carros na avenida é menor à tarde. A CTTU não divulga estimativa de participantes do ato.

Através de nota divulgada na terça (17), o Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco (Coren-PE) convocou os profissionais e estudantes de enfermagem para participarem do ato desta quinta (19), organizado pelo Movimento dos Enfermeiros no Estado de Pernambuco. De acordo com o ógão, a manifestação é contrária a uma liminar do Conselho Federal de Medicina, acatada por uma decisão judicial, que impede que os enfermeiros prescrevam medicamentos, realizem consultas e solicitem exames.

Na Avenida Conde da Boa Vista, o grupo carrega faixas com frases como "Lutando por respeito e dignidade para os enfermeiros" e "Contra o desmonte do SUS, a favor da enfermagem e da nossa gente". Entidades como o Sindicato dos Enfermeiros no Estado de Pernambuco participam do ato, que colocou, também, um trio elétrico para acompanhar os integrantes.

Portal G1

Tem concurso no IBGE

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lançou nesta sexta-feira (20/10) edital de concurso público com 1.152 vagas de nível fundamental para o cargo de recenseador.

Os selecionados irão trabalhar temporariamente no Censo Agropecuário 2017, com carga horária de, no mínimo, 25h semanais. Inicialmente, o contrato será de 30 dias, podendo ser prorrogado em até cinco meses de acordo com a necessidade da administração pública.

A remuneração será de acordo com a produção. O contratados terão direito ainda a 13º salário e férias. A seleção será feita por avaliação curricular e de títulos. As inscrições podem ser feitas aqui, a partir do dia 23 de outubro até o dia 6 de novembro. Não será cobrada taxa de inscrição.

Portal Metrópoles (DF)

Polícia faz operação para combater pedofilia em 24 estados e no DF


A Polícia Civil faz uma operação na manhã desta sexta-feira (20) para combater a pedofilia em 24 estados e no Distrito Federal. A Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), órgão subordinado ao Ministério da Justiça (MJ), fez parceria com a Polícia Civil dos estados. Até agora, ao menos 82 pessoas foram presas em flagrante, segundo o MJ.

A operação Luz da Infância conta com 1.100 policiais e tem mandados de busca e apreensão e de condução coercitiva. Não havia previsão de mandados de prisão, mas os presos foram detidos em flagrante com material pornográfico infantil em quatro estados e no Distrito Federal. Só em São Paulo, são 37 mandados de busca e apreensão na capital, na Grande São Paulo e no interior do estado. O foco da operação é o compartilhamento de fotos pela internet.

Os alvos foram identificados por meio de um trabalho de cooperação entre a Diretoria de Inteligência da Senasp e a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega em Brasília (US Immigration and Customs Enforcement-ICE). A investigação durou seis meses e foi coordenada pela Diretoria de Inteligência (DINT).

Ao menos 24 pessoas foram presas em São Paulo. Cinco só na capital e Grande SP: um em São Bernardo do Campo, dois na Zona Norte da capital paulista e dois na Zona Sul. Eles foram levados presos em flagrante à sede do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) e tiveram os computadores apreendidos. Os mandados são cumpridos também em Santo André, Osasco, Carapicuíba, Campinas, Jundiaí, Catanduva e Praia Grande.

No Distrito Federal, ocorreram ao menos cinco prisões. Em Minas Gerais, a Polícia Federal cumpre 14 mandados de prisão, sendo cinco em Belo Horizonte. Três pessoas foram presas na capital mineira.

No Rio Grande do Sul, oito homens foram presos em flagrante. Também foram apreendidos celulares e computadores, além de armas, na cidade de Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Dois homens foram presos em São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre, e outros dois em Santa Maria, na Região Central do estado. Outros quatro homens foram detidos em Alvorada, Novo Hamburgo, São Leopoldo e em Lagoa Vermelha.

Polícia Civil faz uma operação na manhã desta sexta-feira (20) para combater a pedofilia em 24 estados e no Distrito Federal. A Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), órgão subordinado ao Ministério da Justiça (MJ), fez parceria com a Polícia Civil dos estados. Até agora, ao menos 82 pessoas foram presas em flagrante, segundo o MJ.

A operação Luz da Infância conta com 1.100 policiais e tem mandados de busca e apreensão e de condução coercitiva. Não havia previsão de mandados de prisão, mas os presos foram detidos em flagrante com material pornográfico infantil em quatro estados e no Distrito Federal. Só em São Paulo, são 37 mandados de busca e apreensão na capital, na Grande São Paulo e no interior do estado. O foco da operação é o compartilhamento de fotos pela internet.

Os alvos foram identificados por meio de um trabalho de cooperação entre a Diretoria de Inteligência da Senasp e a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega em Brasília (US Immigration and Customs Enforcement-ICE). A investigação durou seis meses e foi coordenada pela Diretoria de Inteligência (DINT).

Ao menos 24 pessoas foram presas em São Paulo. Cinco só na capital e Grande SP: um em São Bernardo do Campo, dois na Zona Norte da capital paulista e dois na Zona Sul. Eles foram levados presos em flagrante à sede do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) e tiveram os computadores apreendidos. Os mandados são cumpridos também em Santo André, Osasco, Carapicuíba, Campinas, Jundiaí, Catanduva e Praia Grande.

No Distrito Federal, ocorreram ao menos cinco prisões. Em Minas Gerais, a Polícia Federal cumpre 14 mandados de prisão, sendo cinco em Belo Horizonte. Três pessoas foram presas na capital mineira.

No Rio Grande do Sul, oito homens foram presos em flagrante. Também foram apreendidos celulares e computadores, além de armas, na cidade de Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Dois homens foram presos em São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre, e outros dois em Santa Maria, na Região Central do estado. Outros quatro homens foram detidos em Alvorada, Novo Hamburgo, São Leopoldo e em Lagoa Vermelha.


Pedofilia - A pedofilia é classificada como transtorno mental pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Pedófilos normalmente são pessoas adultas (homens e mulheres) que têm preferência sexual por crianças pré-púberes ou no início da puberdade.

O crime ocorre quando há compartilhamento de material, conforme o ECA, ou quando há relação sexual ou ato libidinoso (todo ato de satisfação do desejo ou apetite sexual) praticado por adulto com criança ou adolescente menor de 14 anos, de acordo com o Código Penal.

O complexo ambiente da internet e a ausência de fronteiras no mundo virtual são elementos que propiciam terreno fértil à atuação dos pedófilos. De acordo com a Polícia Civil, o nome Luz na Infância foi escolhido porque a internet facilita a pedofilia e, via de regra, "os criminosos atuam nas sombras, nos 'guetos' da rede mundial de computadores. Luz significa propiciar a essas crianças e adolescentes -vítimas- o resgate da sua dignidade, bem como retirar da obscuridade esses criminosos".

Portal G1

Marca de cerveja zoa Aécio Neves em post no Facebook






A marca de cerveja Rio Carioca deu uma zoada no senador Aécio Neves (PSDB-MG). Em post no Facebook, a empresa brincou com o retorno do parlamentar ao Senado Federal, após decisão do plenário da casa. Esta não é a primeira vez que a marca brinca com a situação política brasileira. O ex-ministro Antonio Palocci, o presidente Michel Temer (PMDB) e outros figurões do poder já foram alvo da Rio Carioca.

Portal Metrópoles (DF)




Relator no STF diz que impedir homossexual de doar sangue é discriminação

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin votou hoje (19) pela inconstitucionalidade de normas do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que proíbem homens homossexuais de doarem sangue por 12 meses após a última relação sexual. Após a manifestação de Fachin, que é relator da ação, a sessão foi suspensa, e o julgamento deverá ser retomado na próxima quarta-feira (25). Faltam os votos de dez ministros.

O julgamento foi motivado por uma ação da Procuradoria-Geral da República (PGR), protocolada em junho do ano passado. A ação questiona a validade das normas do Ministério da Saúde e da Anvisa que “dispõem sobre a inaptidão temporária para indivíduos do sexo masculino que tiveram relações sexuais com outros indivíduos do mesmo sexo realizarem doação sanguínea nos 12 meses subsequentes a tal prática".

Segundo a procuradoria, as resoluções e portarias que criaram regras para doação de sangue por homossexuais são discriminatórias.

Em seu voto, o relator entendeu que as normas não podem excluir homossexuais de exercerem sua cidadania ao doarem sangue. Segundo Fachin, a exclusão preventiva de qualquer grupo de pessoas é inconstitucional. Além disso, o controle de qualidade do sangue deve ser feito por exames adequados, e não com base na orientação sexual, segundo o ministro.

"O estabelecimento de grupos e não conduta de risco incorre em discriminação, pois lança mão a uma interpretação consequencialista desmedida, apenas em razão da orientação sexual”, afirmou o ministro.

Na próxima semana, devem votar os ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Marco Aurélio, Celso de Mello e a presidente da Corte, Cármen Lúcia.

Durante o julgamento, várias entidades se manifestaram, todas contra as regras. Pelo Instituto Brasileiro de Direito de Família, a advogada Patrícia Gorisch disse que a proibição parte do princípio de que os homossexuais são promíscuos e os transforma em “pessoas de segunda categoria”.

"Essas pessoas vão aos bancos de sangue ajudar o próximo, efetivar seu direito de cidadania e saem da lá com um não, pelo simples fato de serem quem são. Isso é totalmente contrário com os tratados internacionais de direitos humanos”, disse.

Agência Brasil

#PrayForSomalia #VidasNegrasImportam

Dias após ao que já é tido como o maior atentado terrorista desde o 11 de setembro norte-americano, a Somália ainda sofre. Nesta quarta-feira (18), o país amanheceu com as ruas tomadas por manifestantes que protestaram contra a violência no país, marcado historicamente pela miséria e pelos conflitos locais. Hoje foram divulgados novos números do atentado duplo à bomba ocorrido no último sábado (15): mais de 300 pessoas morreram e outras 400 ficaram feridas.

Também nesta quarta-feira, ao fim de sua audiência na praça São Pedro, em Roma, o Papa Francisco pediu orações pelos somalis. “Imploro a conversão dos homens violentos e estimulo todos aqueles que, com enormes dificuldades, trabalham pela paz nessa terra martirizada”.

As dimensões dessa tragédia são tamanhas que seria natural uma enorme comoção mundial e manchetes fixas com atualizações do que está ocorrendo no país africano. Assim aconteceu com os atentados mais recentes na Europa ou, ainda mais recente, em Las Vegas, nos Estados Unidos, em que 58 pessoas foram mortas. Plantões de hora e hora, hashtag #PrayForLasVegas, filtros de foto de perfil em apoio no Facebook, reportagens especiais… Acontece que nada disso está acontecendo com o caso da Somália.

É chocante a falta de comoção com um atentado quando este ocorre em um país que não é na Europa ou não vitima crianças brancas. A tragédia da Somália, “distante” país africano, parece não ter para a mídia tradicional a mesma relevância que as tragédias europeias ou estadunidenses. Fórum já havia feito esse alerta na terça-feira (17), mas a seletividade de cobertura persiste.

A falta de comoção das pessoas não é à toa. Basta fazer uma rápida análise do noticiário. Na noite desta quarta-feira, dia em que ocorreram uma série de protestos no país, em que o Papa Francisco falou sobre o assunto e que o número de vítimas foi atualizado, nenhum dos portais de notícias mais lidos do país faz qualquer menção ao caso na home de seus sites.

No G1, da Globo, a manchete principal é sobre a votação na Câmara que aprovou o parecer sugerindo o arquivamento da denúncia contra Michel Temer, uma escolha natural de destacar a política local. Acontece que nem na parte de internacional do portal há qualquer destaque à Somália. Notícias sobre o futebol acabaram ganhando mais destaque.

Já no UOL, um dos outros mais lidos do país, política nacional, futebol e entretenimento dominam o site. Mais uma vez, nada da Somália. O mesmo acontece na Folha de S. Paulo e no Estadão. Já no El País Brasil, a última notícia sobre a Somália é de 23 horas atrás.

Essa escolha da imprensa em pautar ou não determinado assunto faz toda a diferença na comoção das pessoas. Para se ter uma ideia, segundo a ferramenta de gestão de redes Sprout Social, a hashtag #PrayForSomalia foi mencionada 25.000 vezes no Twittwer entre 14 e 17 de outubro. Já a hashtag #PrayForLasVegas foi usada quase 250.000 vezes apenas nos dois primeiros dias seguintes ao atentado nos Estados Unidos.

Aqueles que perceberam a falta de atenção à tragédia africana estão, inclusive, ironizando. Este mapa mundi criado por internautas, por exemplo, ilustra bem como a imprensa pauta a comoção social.

Enquanto as notícias sobre a Somália se escondem nos lugares menos privilegiados dos sites noticiosos, somalis seguem precisando doações de sangue, ajuda financeira e, por que não, comoção. #PrayForSomalia

Revista Forum

OIT diz que portaria sobre trabalho escravo poderá provocar retrocessos lamentáveis

Em nota divulgada nesta quarta-feira (19), a Organização Internacional do Trabalho (OIT) alerta que a Portaria n. 1129, publicada neste mês (16) pelo governo brasileiro, pode “interromper a trajetória de sucesso” do Brasil no combate ao trabalho escravo. A medida do Ministério do Trabalho altera o conceito legal que define essa violação, o que pode, segundo a OIT, limitar e enfraquecer ações de fiscalização. Agência da ONU também criticou mudanças sobre a “Lista Suja”.

Para a agência das Nações Unidas, normativa poderá ter, por consequência, o “aumento da desproteção e vulnerabilidade de uma parcela da população brasileira já muito fragilizada”. Segundo a OIT, modificações na noção de trabalho análogo à escravidão devem ser feitas a partir de um amplo debate democrático. Caso contrário, revisões podem resultar em conceitos que não caracterizam adequadamente a escravidão contemporânea.

“Seria lamentável ver o país recuar com relação aos instrumentos já estabelecidos, sem substitui-los ou complementá-los por outros que tenham o objetivo de trazer ainda mais proteção aos trabalhadores e trabalhadoras”, defende a OIT.

O pronunciamento aponta que, antes da portaria, o Brasil tinha uma definição conceitual de trabalho escravo moderna e alinhada às Convenções internacionais da OIT. A agência da ONU previne “que os eventuais desdobramentos desta Portaria poderão ser objeto de análise pelo Comitê de Peritos da Organização Internacional do Trabalho”.

A OIT acrescenta que, com a diretiva do Ministério do Trabalho, o Brasil corre o risco de não cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS), um conjunto de metas assumidas pelo país e todos os outros 192 Estados-membros das Nações Unidas.

Sobre a “Lista Suja”, o organismo internacional reitera o apelo de seu Comitê de Peritos, que, em 2016, encorajou o governo brasileiro a continuar tomando todas as medidas necessárias para que o documento fosse publicado regularmente e da maneira mais transparente possível. “É fundamental que a definição da Lista seja um ato técnico e isento, oriundo dos profissionais de fiscalização que possuem conhecimento dos fatos encontrados”, afirma a OIT.

Confira a nota na íntegra abaixo:

Vinte anos de trajetória no combate à escravidão contemporânea tornaram o Brasil uma referência mundial no tema. Instrumentos e mecanismos foram criados para lidar com a gravidade e complexidade do problema: Comissões Nacional e estaduais, “Lista Suja”, Grupos Especiais de Fiscalização Móvel, Pacto Nacional, indenizações por danos morais coletivos e uma definição conceitual de trabalho escravo moderna e alinhada às Convenções internacionais da OIT n. 29 e 105. Essas conquistas foram reiteradamente reconhecidas pela comunidade internacional e pela Organização das Nações Unidas (ONU) como exemplos de boas práticas, tendo sido inclusive objetos de intercâmbio de experiências em ações de Cooperação Sul-Sul. Além disso, é importante ressaltar que a atitude proativa e transparente do Brasil tem sido um elemento importante para as relações de comércio exterior.

No entanto, com a edição da Portaria n. 1129, de 13/10/2017, o Brasil corre o risco de interromper essa trajetória de sucesso que o tornou um modelo de liderança no combate ao trabalho escravo para a região e para o mundo. Os eventuais desdobramentos desta Portaria poderão ser objeto de análise pelo Comitê de Peritos da Organização Internacional do Trabalho (OIT). A gravidade da situação está no possível enfraquecimento e limitação da efetiva atuação da fiscalização do trabalho, com o consequente aumento da desproteção e vulnerabilidade de uma parcela da população brasileira já muito fragilizada. Além disso, a OIT também lamenta o aumento do risco de que os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU não sejam alcançados no Brasil, no que se refere à erradicação do trabalho análogo ao de escravo.

Algumas recomendações feitas pelo Comitê de Peritos da OIT ao governo brasileiro, por meio de seu Relatório Anual publicado em 2016, são base para essa nota e para o reforço da disposição da OIT em apoiar o país no crescimento econômico com justiça social.

Com relação ao conceito de trabalho escravo, o Comitê recomendou que uma eventual alteração não se constituísse como um obstáculo, na prática, às ações tomadas pelas autoridades competentes para identificar e proteger as vítimas de todas as situações de trabalho forçado, bem como à imposição de penalidades aos perpetradores do crime. O Comitê encorajou o governo brasileiro a consultar as autoridades mais envolvidas na temática, em particular a auditoria fiscal do trabalho, o Ministério Público e a Justiça Trabalhista, na discussão sobre uma possível alteração do conceito. Modificar ou limitar o conceito de submeter uma pessoa a situação análoga à de escravo sem um amplo debate democrático sobre o assunto pode resultar num novo conceito que não caracterize de fato a escravidão contemporânea, diminuindo a efetividade das forças de inspeção e colocando um número muito elevado de pessoas, exploradas e violadas na sua dignidade, em uma posição de desproteção, contribuindo inclusive para o aumento da pobreza em várias regiões do país.

No que concerne à “Lista Suja”, o Comitê ressaltou que o cadastro é uma importante ferramenta para a sociedade, mas também para as empresas, na medida em que se constitui como um mecanismo de monitoramento de cadeias produtivas, amplamente utilizado por importantes setores econômicos preocupados com a efetiva conformidade trabalhista. Dessa maneira, o Comitê encorajou que o governo continuasse tomando todas as medidas necessárias para que a Lista fosse publicada regularmente e da maneira mais transparente possível. É fundamental que a definição da Lista seja um ato técnico e isento, oriundo dos profissionais de fiscalização que possuem conhecimento dos fatos encontrados.

Quanto à inspeção do trabalho, a OIT já louvou o fato de que mais de 50 mil trabalhadores foram resgatados de condições análogas à escravidão nos últimos 20 anos no Brasil, graças à atuação dos Grupos Especiais de Fiscalização Móvel, que são peça fundamental no enfrentamento ao trabalho escravo no país. No seu relatório, o Comitê notou a redução do número de unidades móveis e recomendou ao governo brasileiro a adoção de providências para dotar a inspeção de recursos humanos e financeiros suficientes para o cumprimento de sua missão. A situação de exploração das pessoas infelizmente continua existindo tanto em áreas urbanas quanto rurais. Sendo assim, é fundamental que a inspeção do trabalho siga sendo fortalecida, com recursos humanos e materiais disponíveis e autonomia para a realização de um trabalho efetivo.

Em seu relatório, o Comitê de Peritos também destacou a importância de enfrentar a impunidade e pediu ao governo brasileiro que continuasse apoiando a ação de autoridades envolvidas no enfrentamento ao trabalho escravo, como a fiscalização do trabalho e o Ministério Público do Trabalho, este especialmente pela sua capacidade de impor penalidades financeiras via ações públicas, que são revertidas para a reparação dos danos sofridos pelas vítimas de trabalho escravo.

Por fim, cabe lembrar que o Protocolo da OIT adicional à Convenção n. 29, e sua Recomendação, ambos de 2014 , estabelecem que os governos devem adotar medidas para promover a devida diligência para combater o trabalho escravo, tanto na esfera pública, como na esfera privada. A tendência global claramente aponta para esta direção e seria lamentável ver o país recuar com relação aos instrumentos já estabelecidos, sem substitui-los ou complementá-los por outros que tenham o objetivo de trazer ainda mais proteção aos trabalhadores e trabalhadoras, garantindo assim o respeito à dignidade da pessoa humana.

Com cerca de 25 milhões de vítimas de trabalho forçado no mundo, a OIT destaca a necessidade de reforçar as ações de combate à escravidão em nível nacional, em linha com a meta 8.7 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU: “tomar medidas imediatas e eficazes para erradicar o trabalho forçado, acabar com a escravidão moderna e o tráfico de pessoas, e assegurar a proibição e eliminação das piores formas de trabalho infantil, incluindo recrutamento e utilização de crianças-soldado, e até 2025 acabar com o trabalho infantil em todas as suas formas”.

ONU Brasil