quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Pará e Ceará: dois casos de violência #ForaTemer

No Ceará, a fotógrafa e ativista  Karine Garcez foi atingida nas pernas a caminho de casa ao voltar de uma manifestação #ForaTemer, agora no começo da noite. De acordo com a militante, outras pessoas também estão feridas. Veja seu relato: 

"Policia militar atirou nas minhas pernas , porque eu estava gravando a truculência dessa polícia fascista, sionista. Estava caminhando para ir pra casa, quando chegaram atirando , tem um senhor todo machucado e o 192 não atende. 

#desmilitarizacao #pmfacista #violenciadapm "








Em Belém do Pará, o militante Elias Costa estava gravando a manifestação quando um PM atira na cabeça de outro manifestante. Isso aconteceu no último domingo, na Av. José Malcher, com Generalissimo, Belém - PA. Segundo a página Plantão Brasil, do Facebook, a vítima ainda está hospitalizada. Veja o vídeo a seguir:


video



Nenhum comentário:

Postar um comentário