quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Mas a internet não vai obedecer....

Michel Temer avisou em sua primeira reunião ministerial que não irá aceitar o uso do termo "golpe" para justificar o processo de impeachment de Dilma Rousseff.
“Não vamos levar ofensa para casa. Se falar [golpista], nós respondemos. Se não, eles vão tentar nos desvalorizar”, disse Michel Temer. Em resposta, não demorou muito para que usuários criassem uma extensão para o Google Chrome que altera todas as menções ao nome de "Michel Temer" para "Temer Golpista". Veja abaixo como ficam as páginas:

Quem instala o plugin enxerga a Wikipédia do presidente assim:


Quem instala o plugin enxerga a Wikipédia do presidente assim:
Reprodução / Via pt.wikipedia.org

Mesmo as buscas do Google ficam diferentes.


Mesmo as buscas do Google ficam diferentes.
Reprodução / Via google.com.br

Os títulos de notícias em sites de jornais também mudam.


Os títulos de notícias em sites de jornais também mudam.
Reprodução / Via g1.globo.com

E até mesmo nos textos do site da Presidência da República é possível ler “Temer Golpista”.


E até mesmo nos textos do site da Presidência da República é possível ler "Temer Golpista".
Reprodução / Via www2.planalto.gov.br
Com informações do Notícias ao Minuto e do Buzzfeed Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário