segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Cesta básica cai -1,29% no Grande Recife

A pesquisa realizada pelo Procon-PE demonstrou que o valor da cesta básica na Região Metropolitana do Recife (RMR) e demais municípios pesquisados sofreu redução. A queda mais significativa aconteceu na RMR, que caiu -1,29%, passando de R$ 393,09 para R$ 388,02. Mesmo assim a cesta ainda compromete 44,09% do salário mínimo.
Entre os produtos que tiveram seus preços reduzidos estão o feijão mulatinho, que há meses, vinha apresentando preços altos, caiu - 2,31%; a cebola, -50,08%; o macarrão, -13,10%; o óleo de soja, -12,53% e o papel higiênico, que reduziu -10,43%.
Mesmo com a redução no preço total outros itens da cesta subiram bastante. A exemplo do alho, o quilo chega a sair por R$ 44,20. O produto subiu de julho para agosto 40,36%. Outro produto que teve o preço elevado foi o absorvente higiênico, que subiu 31,23%, passando de R$ 3,49 para R$ 4,58.
A pesquisa do Procon-PE é realizada em 23 estabelecimentos da RMR; 11  no Cabo de Santo  Agostinho, 12  em Vitória de Santo Antão e 20 em Caruaru, por uma equipe composta de dois fiscais que preenchem formulário próprio no local. A pesquisa do Cabo de Santo Agostinho é feita separadamente devido à quantidade maior de empresas pesquisadas.
A análise dos preços é feita em 27 itens, entre alimentação, limpeza doméstica e higiene pessoal. A pesquisa toma como base a cesta básica mensal para uma família composta por quatro pessoas, sendo dois adultos e duas crianças.
Imprensa Procon/PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário