quarta-feira, 31 de agosto de 2016

E o enredo virou MPB




Para comemorar o centenário do samba celebrado este ano, a cantora e compositora Adriana B e o diretor musical, idealizador e arranjador Igor Eça (vocal, violão, teclado e baixo) apresentam o show carioca “E o enredo virou MPB”, que chega pela primeira vez ao Teatro de Santa Isabel em único dia, 6 de setembro, às 20h. A dupla estará acompanhada pelos músicos Rubem França (violão e cavaquinho) e Bira Souza (bateria e percussão).

O projeto é composto de sambas-enredos que fizeram história no carnaval brasileiro. A ideia é valorizar e dar uma nova roupagem às composições que marcaram época e que consagraram compositores que imortalizaram o gênero, ampliando os horizontes do samba e dialogando com outros ritmos brasileiros. “O samba-enredo narra uma história com letras primorosas que, com o ritmo das baterias e a plasticidade das alegorias, acabam não sendo as únicas estrelas do desfile. Queremos que elas sejam cantadas e tocadas mais lentamente e com arranjos que destacam as palavras, colocando o foco na poesia dessa história”, explica Igor, filho de um dos gênios do piano brasileiro, Luiz Eça.

Adriana B foi convidada por Igor para gravar algumas faixas deste projeto no início dos anos 2000, quando estava radicada no Rio de Janeiro. “Achei o projeto único, continuei a pesquisa sobre o gênero e já apresentei alguns shows com esse repertório aqui no Recife e no Rio. Mas os arranjos de Igor são inusitados”, afirma Adriana, que assina, junto com Renato Bandeira no projeto, os arranjos das músicas “Sonho de um sonho”, de Martinho da Vila para a Vila Isabel/1980, que virou um frevo de bloco, e “Kizomba, a festa das raças”, da Vila Isabel/1988 (vencedora do carnaval daquele ano), que virou um afro-jongo. “Assinei também a canção Sonhar não custa nada, ou quase nada, da Mocidade/1992, que virou um lindo bolero com arranjo de Igor, responsável pela releitura de 10 músicas do show”, finaliza ela.

A ideia inovadora de reler os sambas-enredos surgiu de um convite feito a Igor pela gravadora EMI, ficando engavetada por mais de 10 anos e foi retomada este ano especialmente para os festejos do centenário do samba e que, recentemente, foi apresentado no Teatro Maria Clara Machado no Planetário – Gávea, no Rio. O repertório apresenta ainda canções como “Das maravilhas do mar, fez-se o esplendor de uma noite”, de Davi Correia e Jorge Macedo (Portela, 1981), “Caymmi mostra ao mundo o que a Bahia e a Mangueira tem”, de Ivo Meireles, Paulinho e Lula (Mangueira, 1986) e “Domingo”, de Aurinho da Ilha, Ione do Nascimento, Adhemar Vinhaes e Waldir da Vala (União da Ilha, 1977).

Além de preservar a memória do gênero carioca, o show retrata como os sambas-enredos podem encantar o público fora do ciclo carnavalesco, mostrando toda a beleza destas tramas que emocionam há tantos carnavais. A realização e coordenação de produção do evento é de Dulce Lobo e a produção local é de Áurea Oliveira. Os ingressos custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada para estudantes e maiores de 65 anos), disponíveis na bilheteria do Teatro de Santa Isabel, na Praça da República, s/n - Santo Antônio, Recife, e nas lojas Refazenda dos shoppings Recife e Rio Mar e no Rosarinho, na Rua Telles Júnior, nº 489. Mais informações pelo telefone (81) 3355-3322.


Serviço:

Show “E o enredo virou MPB”
Local: Teatro de Santa Isabel
Data: 6 de setembro
Hora: Às 20h
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada para estudantes e maiores de 65 anos)
Informações: 3355-3322

Procon-PE notifica estabelecimentos no município de Altinho

Equipe do Procon-PE fiscalizou ontem (29) e hoje (30) estabelecimentos comerciais no município de Altinho, distante 169 quilômetros do Recife, no Agreste de Pernambuco. Em dois supermercados, um armazém e uma loja de conveniência diversos produtos sem identificação e vencidos foram recolhidos.
No A e L Supermercados, os fiscais encontraram biscoitos, pipocas e torradas vencidos. Já no Supermercado Mãe Rainha, mais de 20 pacotes de absorventes tinham passado da data de validade. Uma das marcas estava vencida desde abril de 2014. No mesmo local também foram retiradas das gôndolas bebidas lácteas, catchup, salgadinhos e refrigerantes. Na loja de conveniência do Auto Posto Arandas estavam a venda picolés, refrigerantes, cervejas e energéticos vencidos, alguns desde março deste ano.
O gerente de fiscalização do Procon-PE, Roberto Campos, frisa que os consumidores fiquem atentos ao comprar bebidas. “Não há o costume das pessoas verificarem a data de validade de bebidas, inclusive de água. Pedimos que todos criem o hábito para não adquirir produtos vencidos”, explica. No mesmo município foram encontradas tintas, seladores e corantes vencidos em 2013 e 2014. Esses produtos foram recolhidos do Armazém Maranata. 
Imprensa Procon PE

Clube das Pás neste final de semana


A banda Chama do Brega sobe ao palco do Clube das Pás, nesta sexta (2), a partir das 20h. A Orquestra das Pás abre a casa. A entrada para homem e mulher é grátis das 17h às 20h. Depois desse horário, os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada). 

Sábado - A Orquestra das Pás se apresenta no Clube das Pás, sábado (3), a partir das 21h. No repertório, o grupo apresenta canções de Adilson Ramos, Reginaldo Rossi, Moacyr Franco, Leonardo Sullivan e muitos outros. 

Os ingressos custam R$ 30 (homem), R$ 20 (mulher) e R$ 15 (meia-entrada), disponíveis na bilheteria da sede da entidade. O Clube Carnavalesco Misto das Pás fica na Rua Odorico Mendes, 263 - Campo Grande, Recife. Mais informações pelos telefones (81) 98543 - 7595 e (81) 98685 - 2409. 

Itep apoia curso sobre energia solar fotovoltaica‏

A crescente necessidade de soluções energéticas tem impulsionado o mercado de usinas solares e eólicas. Com o objetivo de debater o tema, a empresa Paci promove, com o apoio do Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), o curso “Energia Solar Fotovoltaica”, voltado tanto para quem deseja empreender na área quanto para o consumidor que busca mais informações sobre o tema. A capacitação será realizada de 2 a 4 de setembro, na sede da Paci, em Casa Amarela. 
“A informação concreta sobre esse segmento cria uma visão crítica e assertiva das vantagens e desvantagens do uso da energia solar fotovoltaica”, destaca engenheiro eletricista Vagner Couto, da Paci, que ministrará o curso. 
Com carga horária de 16h, o conteúdo programático do curso inclui assuntos como geração distribuída, dimensionamento de sistemas, controle de instalação e manutenção, produção sustentável de energia, aplicações de softwares para projetos, componentes normativos e licenciamento. As inscrições custam R$ 550,00 e as vagas são limitadas. Mais informações podem ser obtidas via telefone (81) 3265.7128 ou por e-mail curso@paci.com.br.

Serviço:
Curso Energia Solar Fotovoltaica
Data: 2 a 4 de setembro
Local: Paci – Rua Cromínia, 129, Casa Amarela – Recife (próximo à Maternidade Barros Lima)
Investimento: R$ 550,00
Informações: (81) 3265.7128 / curso@paci.com.br.
Instituto de Tecnologia de Pernambuco

RN: PMN vai expulsar e barrar candidato que "prometeu" queimar feministas


Após postar uma imagem que foi interpretada por milhares de pessoas como ameaça a feministas, o corretor de imóveis Jaufran Siqueira Júnior (PMN), 25, deve perder a chance de disputar uma cadeira na Câmara Municipal este ano. A presidência do partido decidiu abrir processo de expulsão contra ele e pedir a cassação de sua candidatura junto ao Tribunal regional Eleitoral (TRE).
 
Além disso, o candidato foi notificado por e-mail pela Justiça Eleitoral sobre a ilegalidade da postagem.  A informação é que o caso será visto hoje por uma juíza eleitoral. caso considerada irregular a propaganda, o (ainda) candidato pelo PMN poderá ser multado em até R$ 10 mil.

A postagem que se tornou polêmica nacional e gerou muitas denúncias à Justiça Eleitoral mostra uma casa queimando ao fundo e uma criança olhando para a câmera. A essa imagem foi acrescida a seguinte declaração: "Olha só o que vai acontecer com as feministas quando Jaufran for eleito vereador". 
 
Em nota oficializando o processo de expulsão e assinada por Paulo Sérgio Inácio da Silva, presidente municipal da legenda, a postagem foi considerada uma afronta "à luta de emancipação e à dignidade das mulheres em nossa sociedade". Ainda no documento é informado que além do pedido de expulsão, o processo disciplinar será encaminhado ao TRE visando barrar a candidatura do corretor de imóveis à Cãmara Municipal. 
 
O PMN afirma ainda, no comunicado, que repudia a postura adotada pelo candidato. Além da nota, o partido comunicou o candidato que ele precisa apresentar sua defesa sobre o caso. 
Um pouco mais cedo, o candidato a prefeito Kelps Lima, do Solidariedade, também cobrou punição. O PMN faz parte da coligação que apoio o advogdo na disputa pela Prefeitura.  "Isso é um absurdo. Esse rapaz não é do meu partido e vou solicitar a PMN que retire a candidatura dele. Ele deve responder legalmente sobre esse fato", afirmou.
 
"Piada"
 
Na visão do candidato, expressa por meio de texto também publicado no Facebook, ele defendeu que Natal é "uma cidade em que as piadas precisam ser explicadas". No texto, ele afirma ser totalmente contra as feministas. "Sou totalmente contrário ao movimento feminista em virtude desse movimento não defender os valores da mulher, mas sim transformá-la em um mero objeto de ação social cujo a finalidade não é a ascensão da mulher na sociedade, mas só e somente só a destruição de uma cultura que foi construída ao longo dos últimos 2000 anos no mundo ocidental", argumenta.
 
O candidato justifica o posicionamento alegando - por meio de citações do livro "A Dialética do Sexo", de Shulamith Firestone, que sua posição contrária às feministas decorre do fato de que o movimento é "a favor da pedofilia e a favor da destruição da família". "Minha oposição ao feminismo tem como base isso dentre outras coisas", justifica. 
 
Ele nega ainda ter incitado a violência contra feministas e afirma que as acusações de "discurso de ódio e de incentivo a violência e ao assassinato de mulheres" (...) não passam de tentativas de manchar a minha imagem e colar em mim um selo que jamais terá aderência". "Minha vida tem sido pautada no respeito mútuo e na proteção das pessoas que comigo estão. Sejam amigas, primas, afilhadas, namoradas ou qualquer outro tipo de relação parental ou amorosa", afirma. 

Novo Jornal (RN)

Tudo está consumado


Charge de Carlos Latuff para o Diario do Centro do Mundo

Nota de Paulo Câmara sobre o Impeachment

NOTA OFICIAL


“O afastamento de dois presidentes da República, em menos de 25 anos, não é algo que devemos comemorar.

No entanto, chegou a hora de virar a página, a população deseja que o Brasil faça o seu dever de casa, arrume suas finanças e restabeleça as condições para que a economia volte a crescer. E, dessa forma, criar empregos, que considero a maior missão para o novo Governo.

Muita coisa se desarrumou nesses últimos anos. Andamos para trás em áreas fundamentais. Por isso, precisamos restabelecer a confiança no futuro do nosso País, com firmeza, transparência, diálogo e muito trabalho”.

Paulo Câmara
Governador de Pernambuco
Secretaria de Imprensa de Pernambuco

Em depoimento à CPI da Merenda, funcionário nega envolvimento em fraude

O funcionário César Augusto Lopes Bertholino, da Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (Coaf), prestou depoimento hoje (31) à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura fraudes na merenda escolar em São Paulo, e negou participação em esquema de desvios no fornecimento de alimentos para escolas estaduais. Outra testemunha convocada, o promotor de Justiça de Brodowski, Leonardo Leonel Romanelli, enviou uma justificativa e adiou a participação para 14 de setembro.
Bertholino informou à CPI que trabalhava diretamente nas vendas da cooperativa, desde a sua admissão, em setembro de 2013, com registro na carteira de trabalho até janeiro deste ano, quando foi iniciada a Operação Alba Branca, que investiga fraudes na compra de alimentos para merendas de prefeituras e do governo do estado de São Paulo.
Ele disse que recebia um salário fixo de R$ 3 mil, além de comissão referente às vendas que concretizava, que variava entre 8 e 10 mil mensais. César trabalhava com as prefeituras de Mogi das Cruzes, Pitangueiras, Cotia, Ribeirão Pires, Mairinque, Mairiporã, entre outras. Segundo ele, os contratos com o varejo da Coaf eram pequenos, assim, a cooperativa dependia das licitações com o governo estadual.
O funcionário negou qualquer participação ou conhecimento sobre fraudes nos contratos ligados às prefeituras em que trabalhou. Porém, ele admitiu ter ouvido falar sobre possíveis atos ilícitos dentro da cooperativa. “A compra não era a minha área lá dentro. Tinha indícios, mas eu não sei, porque não era eu quem comprava o suco de laranja”, disse ele.
Bertholino disse que Cássio Chebabi, suspeito de chefiar a máfia da merenda, era quem comandava as transações. Cássio foi convocado pela CPI no último dia 24, mas se negou a depor por ter fechado acordo de delação premiada com o Ministério Público em janeiro deste ano, o que o impede falar. César disse que Cássio exercia a função de chefe, mas também comandava a cooperativa, sem dar voz ativa aos outros membros.
Ligação com lobista
O funcionário relatou um repasse de valores que efetuou para a conta do lobista Marcel Ferreira Júlio, considerado um dos mentores do esquema de fraude em licitações. De acordo com Bertholino, na época em que estourou a operação, a polícia ouviu, por meio de escuta, que os dois se encontrariam em Cotia, Grande São Paulo. A polícia abordou César, em seu carro, e encontrou a quantia de R$ 120 mil.
“Eu falei na hora, não escondi. Era dinheiro do contrato, que eu levaria para o Marcel. E tirei a minha parte da comissão. Retirei os 2% e estava repassando o restante do valor para o Marcel”, disse. Bertholino disse que, quando soube da apreensão, Marcel ficou “desesperado”. “Ele disse que tinha que cobrir cheques, precisava de R$ 15 ou 20 mil. Eu depositei o valor na conta da esposa dele, para cobrir esses cheques”, disse César.
Operação Alba Branca
Deflagrada no dia 19 de janeiro, a Operação Alba Branca investiga um esquema de fraude na compra de alimentos para merenda escolar de prefeituras e do governo paulista. Segundo o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Ribeirão Preto, as fraudes nas contratações da merenda, feitas entre 2013 e 2015, chegam a R$ 7 milhões, sendo R$ 700 mil destinados ao pagamento de propina e comissões ilícitas.
De acordo com o Gaeco, os crimes envolvem 20 municípios: Americana, Araras, Assis, Bauru, Caieiras, Campinas, Colômbia, Cotia, Mairinque, Mairiporã, Mogi das Cruzes, Novaes, Paraíso, Paulínia, Pitangueiras, Ribeirão Pires, São Bernardo do Campo, Santa Rosa de Viterbo, Santos e Valinhos.

Agência Brasil

Acusada de racismo foi presa, pagou fiança e responderá por injúria

Adicionar legenda
A mulher que aparece em um vídeo gravado na praia da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, foi levada para a delegacia após proferir ofensas raciais contra duas mulheres, segundo informou nesta terça-feira (30) a Polícia Civil. O vídeo, que viralizou nas redes sociais, provocou revolta em internautas. Identificada como Sonia Valéria Rebello Fernandez, a mulher de 45 anos foi autuada em flagrante pelos crimes de injúria e injúria por preconceito na tarde do último domingo (28), segundo a 16ª DP (Barra). O caso foi encaminhado à Justiça.
Após verificar as provas apresentadas, a delegada de plantão determinou a prisão em flagrante. Segundo a polícia, Sonia, que é pedagoga, não pagou a fiança arbitrada em R$ 2.000 e foi encaminhada à Justiça. Em juízo, ela pagou R$ 500 de fiança e foi solta.
As imagens foram visualizadas mais de 2,2 milhões de vezes e tiveram quase 32 mil compartilhamentos em pouco mais de 24 horas no Facebook 
O vídeo mostra a mulher chamando outra de "complexada" por ter nascido "mulata". A mulher que sofre as ofensas não aparece nas imagens. "Não tenho culpa de você se sentir agredida por ser mulata, amor. Você é uma complexada. Nasça branca. Você nasceu mulata. Fazer o que?", afirma a banhista.
Ela também debocha de estar sendo gravada e questiona o motivo de a outra mulher estar na praia tomando sol. "Você é uma complexada, por ter cabelo duro. Grava essa m... mesmo e leva para a delegacia, que você vai pagar mico. Você vem para cá, por quê? Faz um penico no fundo da sua casa para pegar sol", zomba.
Internautas reagiram dizendo que ela deve ser punida e ir para a cadeia. Outros dizem que é inacreditável e triste que ainda existam pessoas assim. “Chocada com tamanha falta de respeito”, disse uma internauta que comentou a publicação. “Vamos viralizar essa imagem de ódio e intolerância gratuita”, comenta outra usuária da rede social.
Portal R7

Governo Temer pretende criar dois novos tipos de contrato de trabalho

Com um contingente de 11,6 milhões de desempregados e 623 mil vagas formais fechadas só este ano, a equipe do presidente Michel Temer estuda formas de tornar viáveis duas novas modalidades de contrato de trabalho: o parcial e o intermitente. As propostas fazem parte da reforma trabalhista que será, ao lado da previdenciária, uma prioridade da agenda econômica.

Tanto no trabalho parcial quanto no intermitente, a jornada de trabalho será menor do que as 44 horas previstas na legislação atual. Os direitos trabalhistas, como férias e 13.º salário, seriam calculados de forma proporcional. A diferença entre os dois contratos é a regularidade com que o trabalho ocorre.
No contrato parcial, a jornada ocorre em dias e horas previamente definidos. Por exemplo, a pessoa poderá trabalhar em um bar somente nos fins de semana. Os técnicos acreditam que esse tipo de contrato vai beneficiar principalmente estudantes e aposentados que precisem complementar sua renda.
O trabalho intermitente, por sua vez, é acionado pelo empregador conforme a necessidade. Um técnico do governo exemplifica: o dono de um buffet pode ter um vínculo desse tipo com uma equipe de garçons e cozinheiros. Nos fins de semana em que houver festa, os trabalhadores são chamados. Quando não houver, o empresário não terá custo. O contrato parcial de trabalho já existe na legislação, mas a regulamentação é considerada ruim, o que gera insegurança para o empregador. Por isso, é pouco utilizado. A ideia é aperfeiçoar a legislação.
"O que me preocupa é que estamos num momento de desemprego elevado, de economia baixa, e a área empresarial pressiona para o governo colocar na pauta medidas para diminuir os custos, entre aspas, que nós consideramos investimento", disse o presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah.
Já para o pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre-FGV) Bruno Ottoni, as regras do País contribuem para aumentar a informalidade e o desemprego. "O mercado de trabalho brasileiro é extremamente rígido e isso acaba gerando distorções." Ele ressaltou não conhecer as propostas do governo para o trabalho parcial e o intermitente. "Pela experiência internacional, a flexibilização tem efeitos positivos. Só é preciso estudar a natureza dessa flexibilização, pois os trabalhadores temem perder força."
À frente de uma central que tem em sua base principalmente empregados dos setores de comércio e serviços, Patah disse ter disposição para discutir o trabalho parcial, principalmente para jovens e aposentados. No entanto, ele quer garantir que nenhum empregado nessa categoria receba menos do que um salário mínimo.
Terceirização
Representantes das centrais sindicais estarão nesta terça-feira, 30, com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) para discutir a pauta de projetos em tramitação na área trabalhista. Patah está preocupado particularmente com o projeto que regulamenta o trabalho terceirizado. "Do jeito que está, todo trabalhador poderá ser terceirizado", disse. O governo Temer ainda não tem posição sobre essa questão. Por enquanto, a ordem é deixar o Legislativo discutir e votar como achar mais adequado. 
A Tarde (BA)

Rodrigo Maia assume interinamente a presidência com viagem de Temer à China

Michel Temer repassará, em caráter interino, o comando do País ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (PMDB-RJ).
De acordo com o Planalto, a cerimônia será rápida, protocolar e fechada à imprensa, na Base Aérea de Brasília, pouco antes de Temer embarcar para China, onde participará da reunião da Cúpula de Líderes do G-20, nos dias 4 e 5 de setembro.

Não há até o momento definição sobre o horário da cerimônia, uma vez que depende da conclusão do julgamento no qual o Senado decidirá se a presidenta Dilma perderá ou não o mandato.

Na China, além de participar das reuniões do G-20, Temer pretende se reunir com investidores e participar do encerramento de um seminário previsto para 2 de setembro, em Xangai, do qual participarão empresários brasileiros e investidores chineses. A viagem para a China deve durar cerca de 30 horas.

Nas reuniões com investidores estrangeiros – e nos encontros bilaterais que deverá ter com os líderes da China (Xi Jinping), da Espanha (Mariano Rajoy) e da Itália (Matteo Renzi), além do príncipe da Arábia Saudita (Mohammed Bin Nayef –, Temer pretende sinalizar que o Brasil está retomando sua atividade econômica e, assim, transmitir a ideia de que o país é seguro para receber investimentos.

Nesse sentido, a equipe econômica dispõe de uma lista de projetos que serão concedidos nos próximos meses à iniciativa privada, como rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, para que sejaa apresentada aos empresários.
Os chineses têm especial interesse em investir na infraestrutura brasileira, principalmente em ferrovias para o escoamento de commodities brasileiras com destino àquele país. O interesse chinês abrange, além de estradas de ferros, aviação, petróleo, e obras de metrô, entre outras áreas de negócios.

Agência Brasil

Janaína Paschoal admite ter recebido R$ 45 mil do PSDB para elaborar pedido de impeachment

O PSDB teria construído o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff e tem, agora, a relatoria do processo no Senado. O que antes era uma especulação divulgada por parte da mídia, foi agora confirmada por uma das autoras do pedido de impedimento cujo processo tramita no Senado, a advogada Janaína Paschoal.
Ouvida por senadores da comissão especial que analisarão o pedido nesta quinta-feira (28), a jurista admitiu ter recebido R$ 45 mil da legenda para, junto com Miguel Reale Júnior, elaborar um parecer sobre o afastamento da presidenta.
“Eu fui contratada pelo PSDB em maio. Nós propusemos o processo em setembro. Recebi R$ 45 mil para fazer o parecer”, disse, depois de ser confrontada pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM). Antes, Paschoal afirmava que o pedido havia sido feito com base nas reivindicações de “cidadãos indignados”.
“Isso é muito grave! O PSDB contratou, fez o pedido e ainda está relatando o processo do golpe. Um jogo de carta marcada para retirar do poder uma presidente legitimamente eleita com mais de 54 milhões de votos”, escreveu Grazziotin em sua página no Facebook.
Vídeo da revelação em plenário:
video

Revista Fórum

Dilma mantém os direitos políticos

Apesar de decidir pelo impeachment da agora ex-presidente da República Dilma Rousseff (PT), o Senado manteve os direitos políticos da petista, em votação realizada na tarde desta quarta-feira (31). A manutenção dos direitos políticos de Dilma foi aprovada por 42 votos a favor da cassação e 36 contra. Houve três abstenções. Para que Dilma ficasse inelegível por oito anos, seria necessário que dois terços (54) dos senadores votassem pela inabilitação.
No início da tarde, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, determinou que a votação final do processo de impeachment no Senado da presidente afastada seria dividida em duas etapas, uma sobre a perda do mandato e a outra sobre a inabilitação dos seus direitos políticos.
O requerimento pela divisão foi feito pelo PT, representado pelo senador Humberto Costa (PT-PE), no início dos trabalhos desta quarta. A iniciativa tinha como objetivo preservar o direito da petista de disputar eleições ou ocupar postos na administração pública mesmo se o Senado decidisse por sua cassação.
Na primeira votação, os senadores decidiram, por 61 votos a favor e 20 contra, que Dilma cometeu crimes de responsabilidade, afastando-a definitivamente da Presidência. No seu lugar, assume em definitivo o vice, Michel Temer (PMDB), que já ocupava o cargo interinamente desde o último 12 de maio, quando o Senado decidiu pelo afastamento da petista.
Em sua defesa no Senado, Dilma afirmou que não praticou irregularidades e que o impeachment é na verdade um "golpe de Estado" por ser motivado por razões políticas e por não ter existido crimes de responsabilidade em seu governo. Esses argumentos foram repetidos na segunda-feira (29) quando a petista passou 13 horas no plenário do Senado fazendo sua defesa, com um discurso pela manhã e respondendo questões dos senadores até o fim da noite.
Do outro lado, senadores que votaram pela condenação afirmam que Dilma foi responsável por graves irregularidades financeiras que contribuíram para aprofundar a crise econômica no país.
Com informações do Portal UOL

Quais senadores votaram pelo Não

Os destacados são da bancada de Pernambuco. O terceiro senador, Fernando Bezerra Coelho (PSB), votou pelo impeachment.


Urgente: Dilma acaba de ser cassada


Com 61 votos a favor e 20 votos contra, Dilma Rousseff acaba de ser cassada no Senado Federal.

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Artistas negros representam ícones pop

Pare um pouquinho para pensar: quantos personagens negros você conhece em filmes e seriados? Especialmente no papel principal? Se você se lembrou de alguns, foram bem poucos e claramente ainda são minoria.

Um projeto bem legal está levantando essa discussão sobre ausência de representatividade na no cinema e mídia utilizando modelos e atores negros para representar diversos personagens conhecidos, que vão desde Kill Bill até Rapunzel.

A ideia ganhou o nome de Projeto Identidade e acabou virando uma exposição fotográfica. Idealizado por Noemia Oliveira e Orlando Caldeira, a mostra traz 30 obras, fotografadas pelo estúdio FAYA, e conta com a participação de personalidades como JP Rufino (foto) Milton Gonçalves, Juliana Alves, Sheron Menezzes, Jorge Aragão, Maicon Rodrigues, Mariana Nunes e muitos outros.

O objetivo da exposição é oferecer uma crítica divertida e bem humorada, fazendo o público refletir sobre representatividade nas artes, na cultura e na mídia. A exposição fica em cartaz até o dia 28 de agosto na galeria do Centro Cultural Municipal das Ruínas, em Santa Teresa, no Rio de Janeiro.

ADCT - Portal UOL

China reprime notícias que incentivem hábitos ocidentais

A China irá reprimir notícias de entretenimento e sociedade que incentivem valores inadequados e "estilos de vida ocidentais", informou a agência reguladora de comunicações do país, na iniciativa mais recente para censurar um ambiente midiático já rigidamente regulado.
O presidente chinês, Xi Jinping, vem demonstrando um ímpeto jamais visto no cerco a veículos de mídia que não refletem as visões dos líderes do Partido Comunista. As autoridades já emitiram regras limitando programas de televisão "de inspiração estrangeira" e adotaram penalidades mais duras contra a disseminação de rumores nas redes sociais.
As notícias sociais e de entretenimento devem ser dominadas pelas ideologias reinantes e pela "energia positiva", relatou a agência estatal de notícias Xinhua no final da segunda-feira, citando a Administração Estatal de Imprensa, Publicações, Rádio, Filme e Televisão (SAPPRFT, na sigla em inglês).
O termo "energia positiva" é uma frase de efeito que vem sendo favorecida pelas autoridades de propaganda e internet da China desde a ascensão de Xi e se refere a conteúdos moralmente edificantes e patrióticos.
As notícias não devem conter piadas impróprias, denegrir clássicos ou "expressar uma admiração excessiva por estilos de vida ocidentais", informou a agência reguladora em uma circular, de acordo com a Xinhua.
"Elas também deveriam evitar colocar astros, bilionários ou celebridades da internet em pedestais", louvar a fama repentina ou supervalorizar brigas familiares, disse a Xinhua.  
Nesta semana, a legislatura chinesa também está revisando o rascunho de uma lei que exigiria que funcionários da indústria do cinema mantenham uma "integridade moral" excepcional na esteira de casos recentes nos quais celebridades foram presas por acusações relacionadas a drogas e prostituição, noticiou a Xinhua em outra reportagem.

Xi foi explícito ao indicar que a mídia deve seguir a linha do partido, preservar a diretriz correta na opinião pública e incentivar a "propaganda positiva".  

Agência Reuters

Samsung reabre assistência técnica no Estado após exigência do Procon

Após o Procon-PE exigir que a Samsung cumprisse com um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), firmado em dezembro de 2014, a empresa abriu uma nova unidade de assistência técnica no Estado. Nos últimos meses com o aparecimento de qualquer problema o consumidor tinha que enviar o eletro/eletrônico para o estado de São Paulo para poder ser resolvido.
Em 2014, o termo foi cumprido, mas, posteriormente, as 14 assistências foram descredenciadas pela Samsung sem que o Procon-PE fosse comunicado. Devido a esse descumprimento, o Procon-PE notificou a Samsung, no início de julho deste ano, para que fosse executado o determinado, sob pena de multa. A nova assistência funciona na Rua Uniflor, nº 24, no bairro do Pina. O número de telefone para contato do estabelecimento é o (81) 3032.3003. 
Imprensa Procon/PE

Itália resgata 6500 refugiados

Cerca de 6.500 imigrantes foram salvos na costa da Líbia durante 40 missões separadas de resgate na segunda-feira, informou a Guarda Costeira da Itália pelo Twitter, o que representa um dos maiores influxos de refugiados em um só dia até agora neste ano.
Os imigrantes lotavam dezenas de embarcações, muitas delas botes de borracha precários que se tornam perigosamente instáveis em alto mar. Acredita-se que a maioria era de africanos.
Segundo dados da Organização Internacional para as Migrações (OIM) divulgados na sexta-feira, cerca de 105 mil imigrantes chegaram à Itália até o momento em 2016, muitos deles zarpando da Líbia. Estima-se que 2.726 homens, mulheres e crianças morreram no mesmo período tentando realizar a jornada.
Aproximadamente 1.100 imigrantes foram resgatados de barcos no Estreito da Sicília no domingo enquanto tentavam chegar à Europa, disse a Guarda Costeira. Mais refugiados devem partir nesta semana devido às condições climáticas favoráveis.

A Itália está na linha de frente da crise imigratória europeia há três anos, e mais de 400 mil pessoas realizaram com sucesso a viagem do norte da África para seu território desde o início de 2014, fugindo da violência e da pobreza.
Agência Reuters

Samba da Independência

O samba vai tomar conta do Clube das Pás no dia 6 de setembro, véspera de feriado, com a festa “Samba da Independência”, a partir das 20h. O evento terá como atração principal a Velha Guarda da Mangueira e seus baluartes, direto do Rio de Janeiro, com abertura da Orquestra das Pás, da bateria da escola pernambucana Gigante do Samba e dos Grupos Cadência e TS, com participações de Telmo Santiago e Leno Simpatia.
O formato do show da Velha Guarda da Mangueira será uma roda de samba, onde o grupo, composto entre 10 e 15 artistas, canta um repertório diversificado, mesclando sucessos de Cartola, Nelson Cavaquinho, Nelson Sargento e sambas de terreiro e de enredo consagrados da escola carioca.
A Velha Guarda da Mangueira é composta por alguns dos melhores e mais experientes músicos da Estação Primeira de Mangueira (cantores, pastoras, harmonias e percussionistas). Fundada em 10/07/1956 por Cartola, Nelson Sargento, Carlos Cachaça e outros bambas da Verde e Rosa, a Velha Guarda ao longo desses 60 anos, já gravou mais de 8 CDs, 1 DVD e fez uma turnê internacional em 1999. Em 2000, o CD “Homenagens” foi indicado ao prêmio Grammy Latino.
Os ingressos custam R$ 60 (open bar) e R$ 30 (preço único), disponíveis na bilheteria da sede da entidade. O Clube Carnavalesco Misto das Pás fica na Rua Odorico Mendes, 263 - Campo Grande, Recife. Mais informações pelos telefones (81) 98543 - 7595 e (81) 98685 - 2409.

IBGE: mercado de trabalho vive círculo vicioso com perda de emprego e renda

O mercado de trabalho do país vive um “circulo vicioso”, com perda do poder de compra, queda da população ocupada, do trabalho com carteira assinada e em uma situação de estagnação onde nem mesmo o mercado informal consegue mais absorver os trabalhadores que perderam emprego.
A afirmação é do coordenador de Trabalho e Rendimento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Cimar Azeredo, ao comentar os números da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua), divulgados hoje (30), indicando que, no trimestre encerrado em julho, a taxa de desocupação chegou a 11,6% - a maior da série histórica iniciada em 2012 -, o equivalente a 11,6 milhões de desempregados.

Na avaliação do técnico do IBGE os números da Pnad Contínua de maio, junho e julho refletem o “cenário econômico conturbado” vivido pelo país e os “seus reflexos no mercado de trabalho”.
“O mercado de trabalho brasileiro está em pleno círculo vicioso, com perda do poder de compra, queda na população ocupada - com grupamentos importantes apresentado redução em seu contingente de trabalhadores - e da qualidade do emprego –,  que se reflete no número de pessoas trabalhando com carteira assinada, que recuou quatro anos atrás”.

População ocupada - Em sua análise dos números da Pnad Contínua, Cimar Azeredo ressalta o fato de que a população ocupada, que fechou o trimestre em 90,5 milhões de pessoas, voltou ao nível do primeiro trimestre de 2013, o mesmo acontecendo com o rendimento médio real habitualmente recebido pelo trabalhador, que encerrou julho em R$ 1.985 - uma queda de 3% em relação aos R$ 2.048 pagos no mesmo trimestre do ano anterior.

“Os dados mostrados pela Pnad Contínua não são favoráveis. São dados que fogem a comportamentos sazonais conhecidos. O rendimento continua em queda, grupamentos de atividades, como a indústria, continuam a apresentar redução expressiva e está menor em relação ao ano passado em cerca de 1,3 milhão de postos de trabalho”, disse.

Para ele, o país encontra-se em “um processo recessivo” onde a situação do mercado de trabalho não se mostra em uma situação favorável. “Era esperado que a taxa de desocupação apresentasse um relaxamento [nesta última divulgação], que caísse ou ficasse no mínimo estável, mas isto não aconteceu e ela atingiu seu nível mais alto: 11,6%”.

“E isso se deu principalmente em função do aumento significativo do contingente de pessoas procurando trabalho. Ou seja, o número de desocupados aumentou e é [hoje] o mais alto da série, com o número de pessoas trabalhando voltando ao patamar de 2013”.

Os dados divulgados pelo instituto indicam que a população ocupada hoje é de 90,5 milhões de trabalhadores, total estatisticamente estável em relação ao trimestre imediatamente anterior (menos 146 mil pessoas), mas registrando uma queda de 1,8% em relação a igual trimestre do ano anterior (92,2 milhões), ou 1,7 milhões de pessoas a menos no contingente de pessoas ocupadas.

Informalidade - Quando analisados do ponto de vista da qualidade do emprego, os números da Pnad Contínua também se apresentam desfavoráveis. Segundo o IBGE, o número de empregados no setor privado com carteira de trabalho assinada fechou julho estimado em 34,3 milhões de pessoas.

Mas mesmo não apresentando variação estatisticamente significativa em comparação com trimestre de fevereiro a abril deste ano, frente ao trimestre de maio a julho de 2015, chegou a registrar queda de 3,9%, o que representou a perda de cerca de 1,4 milhão de pessoas com carteira assinada.

“Com relação ao trabalho formal, a situação também não é favorável e o número de trabalhadores com carteira assinada continua caindo e chegamos a um patamar que volta a 2012 no início da série da Pnad Contínua”, disse o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE.

Cimar Azeredo ressaltou, ainda, o fato de que o mercado informal do país já não consegue absorver com a mesma facilidade de antes o trabalhador que perde seu emprego. “Logo no início do processo recessivo nós tivemos um quadro de estabilidade da população ocupada porque você perdia empregos formais, regulamentados, mas o mercado informal absorvia esse contingente. Mas isso não está acontecendo mais da mesma forma e com a mesma intensidade. E a consequência da informalidade não absorver [os desempregados] na mesma intensidade é a redução que agora aparece na população ocupada”, finalizou.

Agência Brasil


Adriana B recebe Getúlio Cavalcanti

A cantora e compositora Adriana B recebe neste sábado (3), a partir das 15h, um dos maiores nomes do frevo-canção de Pernambuco e criador de muitos "frevos de bloco"Getúlio Cavalcanti (foto), no projeto "Vou Sambar", no Sr. Chopp, no Espinheiro. Na ocasião, Adriana prestará uma homenagem a Getúlio pelos seus 65 anos de carreira dedicados à música pernambucana. O show, além de reunir canções autorais da cantora e clássicos do samba, também vai contar com músicas de frevo, verdadeiros hinos cantados por multidões carnavalescas.
Durante a apresentação, Getúlio fará um pocket show ao lado dos seus filhos, que também seguiram o caminho da música: Cassius, Hélio e Alessandra Cavalcanti. Ao longo da carreira, o artista lançou 2 LPs, 1 DVD e 12 CDs e imortalizou canções como "Último Regresso", feita para o bloco Banhistas do Pina, em 1992, que naquele ano desfilou pela última vez por conta de problemas financeiros. 
Quem for curtir o show, além de cair no samba e no frevo, poderá aproveitar ainda para ser solidário e ajudar na campanha "Natal do Bem com a Mesa Cheia", que beneficiará todas as ONGs presentes nas edições do "Show do Bem" (projeto idealizado por Adriana B, que acontece todos os últimos domingos de cada mês, no Marco Zero) entre abril de 2015 e dezembro deste ano.

O ingresso individual custa R$ 10 + 1 Kg de alimento não perecível para a campanha. A festa contará com um buffet de feijoada e caipirinha à vontade até 16h, no valor de R$ 34,90. O Sr. Chopp fica na Rua da Hora, nº 885, Espinheiro. Mais informações pelo telefone (81) 3019-1530.

Saquinho de pó branco no senado era açúcar, afirma parlamentar



Durante o questionamento do senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) na sessão de julgamento do impeachment no Senado nessa segunda-feira (29), os olhares atentos da internet fitaram para um saquinho com pó branco na mão que seria de um parlamentar posicionado atrás do tucano na bancada.
O conteúdo do saquinho, , segundo a assessoria do parlamentar que teve a mão mostrada nas imagens, era açúcar, para o café. As mãos eram do deputado Antônio Imbassahy (PSDB-BA) que, segundo a assessoria, passou pelo Senado para acompanhar alguns questionamentos do interrogatório da presidente afastada Dilma Rousseff.
Nas redes sociais, não faltaram especulações quanto ao conteúdo do saquinho. A maioria suspeitou ser cocaína, apesar de a sessão do impeachment no Senado ser o momento de mais visibilidade na Casa neste ano.
A assessoria do deputado enviou ao Paraná Portal uma foto da xícara (ao lado), em outro ângulo de imagem, ao lado do saquinho preparado para adoçar o café.
O vídeo foi publicado inicialmente por um usuário do Twitter, por volta das 17 horas. Ao final do trecho que foi ao ar na TV Senado, as câmeras mostram as mãos de um parlamentar. Somente parlamentares e membros da acusação e defesa no processo tinham acesso ao Plenário.

Paraná Portal