sexta-feira, 28 de junho de 2013

Comitê Popular da Copa anuncia protesto domingo no entorno do Maracanã

O Comitê Popular da Copa e das Olimpiadas do Rio de Janeiro está organizando uma manifestação para domingo (30), no entorno do Maracanã, estádio que as seleções do Brasil e da Espanha disputam, às 19h, a final da Copa das Confederações. As entidades que compõem o comitê vão protestar, sobretudo, contra o processo de urbanização do Rio de Janeiro para os dois megaeventos, que, segundo elas, envolveu remoções forçadas e violação de direitos humanos, e contra a privatização do Maracanã.
Hoje (28), em entrevista coletiva, os coordenadores do ato informaram que a concentração será na Praça Saens Peña, a cerca de 1 quilômetro  do Maracanã, de onde os manifestantes se dirigirão ao estádio. Depois de anunciarem suas reivindicações, eles vão se dispersar na Praça Afonso Pena, no mesmo bairro.
O representante da organização Justiça Global e membro da articulação do comitê, Renato Cosentino, disse esperar que não haja qualquer impedimento por parte da polícia na chegada do Maracanã. Ele ressaltou que, se houver bloqueios nas imediações do estádio, a orientação é não furá-los. “O movimento é pacífico. Este é nosso quinto ato, e não temos nenhuma intenção de atrapalhar o jogo." Cosentino explicou que o objetivo é chegar ao Maracanã, como nas outras manifestações. "Esperamos ter garantia de fazer essa manifestação, é um direito constitucional nosso."
O movimento reivindica, sobretudo, a interrupção do que chamaram de elitização e privatização do Maracanã, fim do processo de demolição do Parque Aquático Julio De Lamare e do Estádio de Atletismo Célio de Barros, que fazem parte do complexo desportivo do Maracanã, e da Escola Municipal Friedenreich, no entorno da arena.
“O Maracanã agora só tem 75 mil lugares, as áreas VIPs [áreas exclusivas] se multiplicaram, e o preço das entradas subiu muito. Além disso, estão retirando pessoas pobres das áreas centrais e nobres para lugares mais distantes, e tudo isso com recursos públicos para os jogos”, lamentou Cosentino. “Estão transformando o Maracanã em um shopping. O Julio De Lamare e o Célio de Barros eram aproveitados diariamente por cerca de 10 mil pessoas que ali se exercitavam, usando-os como equipamentos de saúde. Tirar esses espaços para transformá-los em estacionamento, que é a proposta do projeto de privatização, é um absurdo”, completou.
Gustavo Mehl, também integrante do Comitê Popular da Copa no Rio, lembrou que protestos paralelos ocorrerão durante todo o domingo em outras áreas da cidade. Ele espera que as manifestações pressionem as autoridades para que ajam de forma mais transparente e democrática, já que, pelas vias legais, as reivindicações sociais não têm sido ouvidas ou acatadas. “Temos uma série de liminares que foram apreciadas diretamente pela presidência do Tribunal de Justiça, que derrubou todas as que tiveram parecer favorável dos juízes de primeira instância.”
Ele informou que a articulação enviou ao Comitê Olímpico Internacional e à Federação Internacional de Futebol (Fifa) documento com denúncias sobre irregularidades nas remoções, mas, até o momento, não obteve resposta. “Em relação ao Maracanã, em dezembro de 2012, entregamos um documento listando todas as violações, ilegalidades e arbitrariedades que aconteciam no complexo do maracanã à comitiva do Jérôme Valcke [secretário-geral da Fifa].”
O Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas reúne representantes de comunidades, movimentos sociais, organizações e entidades diversas e de pessoas que contestam a forma como estão sendo geridos os recursos públicos e realizadas as obras de infraestrutura nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014, e no Rio de Janeiro, onde serão realizados os Jogos Olímpicos de 2016.
Agência Brasil

Homem é assassinado enquanto estava parado em sinal de trânsito

Um homem de 41 anos foi assassinado com quatro tiros por volta das 20h de quinta-feira (28), na Rua Benfica, no bairro da Madalena, Zona Oeste do Recife, enquanto estava dentro do carro, parado num sinal de trânsito. De acordo com a polícia, um homem desceu de um outro carro e disparou contra a vítima. Nada foi roubado.
A vítima ainda foi levada para o Hospital da Restauração, no bairro do Derby, área central da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e chegou já sem vida à unidade de saúde. O caso foi registrado pela Força-tarefa do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Depois de levantar informações sobre o homem atingido, a polícia descobriu que ele respondia a pelo menos dois processos na Justiça e já havia sido preso em 2007 por estelionato.
A profissão da vítima não foi informada. De acordo com o coordenador da Força-tarefa do DHPP, Valcir Martins, todas as hipóteses serão levadas em conta para  descobrir o motivo do crime. "Já ouvimos uma pessoa da família. No momento, não vamos divulgar detalhes da investigação. Vamos buscar tudo o que puder nos ajudar", disse.
No carro do homem há marcas de tiros no vidro traseiro e na coluna entre as portas. O resultado da perícia deve ficar pronto em até 30 dias. Ninguém foi preso.
Portal G1

Oposição Rodoviária anuncia: Vai ter greve de ônibus a partir de segunda-feira

Declaração à população e à imprensa
 Aconteceu hoje a mesa de negociação dos rodoviários com a patronal, sob mediação da Procuradoria Regional do Trabalho, mas o resultado não foi positivo para nós. Assim, diante da intransigência da patronal de propor um reajuste de apenas 3%, nós da Oposição Rodoviária de Verdade Csp/Conlutas conclamamos o conjunto da categoria rodoviária a paralisar suas atividades. A orientação é retirar os carros da garagem e paralisar a partir da 6h por tempo indeterminado na manhã da próxima SEGUNDA-FEIRA (01/07) onde estiver.

Ao mesmo tempo, pedimos a toda população compreensão diante a nossa campanha salarial. Sabemos dos transtornos que poderão acontecer com os demais trabalhadores e a juventude que dependem do transporte público. Mas é preciso entender que somos uma categoria massacrada, que sobrevive com baixos salários e não temos condições dignas de trabalho. Se há culpados nessa situação são os empresários de ônibus que lucram muito em cima de todos nós, rodoviários e usuários dos coletivos. Para ter transporte público de qualidade, é preciso também valorizar os rodoviários, por isso pedimos o apoio de todos nesse momento.

Abaixo-assinado - Durante toda a audiência, cerca de 200 trabalhadores ficaram unidos, aguardando o resultado. Em todo o momento a Oposição Rodoviária de Verdade Csp/Conlutas repassava os informes para os presentes. Isso porque a Oposição entregou um abaixo assinado com mais de 2500 assinaturas de rodoviários, mesma quantidade de filiados ao sindicato, exigindo a presença da Oposição na negociação. Entretanto, o procurador Aluisio Aldo autorizou a entrada de representantes de nosso grupo apenas para permanecer como observador, desmerecendo o sentimento dos rodoviários de que a atual direção do sindicato não mais nos representa. Vamos seguir unidos e na luta!

Oposição Rodoviária PE

Por telefone, bombeira ajuda no salvamento de um bebê

video

Contra aumento para vereadores, manifestantes ocupam Câmara de Juiz de Fora há 24 horas

Aproximadamente 12 pessoas permanecem instaladas no prédio da Câmara Municipal de Juiz de Fora, na Zona da Mata, há cerca de 24 horas. Os manifestantes protestam contra o aumento no salário dos vereadores e pela redução na tarifa das passagens de ônibus.
A Polícia Militar entrou no prédio hoje (28) pela manhã e proibiu a entrada de alimentos e água, além de impedir que outros manifestantes cheguem ao local. Houve boatos de que os militares teriam ordenado que a luz no imóvel fosse cortada, mas isto não foi confirmado.
Os participantes do ato revezaram para sair para almoçar.Eles reivindicam uma reunião com o prefeito da cidade, Bruno Siqueira.
Portal R7

Ministério da Saúde vai abrir 35 mil postos de trabalho para médicos

Tem acontecido uma confusão de números nas redes sociais e é sempre bom esclarecer. Estão dizendo que o Governo Federal vai contratar 35 mil médicos estrangeiros. Na verdade, o Ministério da Saúde vai abrir 35.073 novos postos de trabalho, ampliando a oferta de vagas para médicos em todo o País, suprindo a necessidade de profissionais de diversas especialidades.
As vagas serão oferecidas primeiramente a profissionais formados no Brasil. Para as vagas não preenchidas por médicos brasileiros, serão contratados profissionais estrangeiros para trabalhar com exclusividade nas unidades de atendimento básico no Sistema Único de Saúde (SUS).
Outro número errado circulando por aí é uma possível remuneração de R$22 mil para os médicos estrangeiros. Também não é verdade. Ainda não há nada definido sobre a remuneração desses profissionais.
Ministério da Saúde

Voluntários do Sertão Solidário recebem donativos no Recife

Neste sábado (28), os voluntários do Sertão Solidário estarão no Parque da Jaqueira, na Zona Norte do Recife, das 8h às 17h recebendo donativos. A meta é ajudar as pessoas e os animais que sofrem com a seca em dois municípios do Sertão de Pernambuco: Tabira e Floresta. A coleta é em frente à igrejinha do Parque.

Os voluntários identificam as comunidades que mais necessitam de ajuda e enviam as doações de acordo com a situação de cada uma delas. Algumas precisam mais de ração para os animais. Outras, de água. E praticamente todas, de alimentos.

Tudo o que é arrecadado aos sábados é levado para um galpão no bairro da Macaxeira, onde são preparadas as cestas básicas e os caminhões são carregados para serem enviados ao Sertão.
Há várias formas de ajudar na ação solidária. Os interessados também podem se engajar no grupo indo ao Parque da Jaqueira nos sábados e procurando os coordenadores da campanha, que estão identificados com uma camiseta.

Quem quiser colaborar recebendo os donativos e carregando os caminhões também será bem-vindo. Vários grupos estão trabalhando para socorrer as vítimas da estiagem dos últimos três anos. No domingo (30), alguns recebem as doações no Parque Dona Lindu, em Boa Viagem. E, durante toda a semana, na Estação Recife do Metrô. Mais de 10 milhões de nordestinos sofrem porque não choveu no inverno da região, os agricultores não conseguem plantar e os animais estão morrendo de fome.


Portal G1

Preso pela Polícia Federal, deputado Natan Donadon segue ainda hoje para presídio

Primeiro deputado federal preso durante o exercício do mandato desde a promulgação da Constituição Federal de 1988, Natan Donadon (RO) será levado ainda na tarde de hoje (28) para o presídio da Papuda, em Brasília. Segundo a Polícia Federal (PF), neste momento, ele está sendo levado para a Vara de Execuções Penais, em Brasília, para se apresentar ao juiz. No presídio, de acordo com a PF, o deputado vai ficar separado dos demais presos, em cela especial.
Condenado pelo Supremo Tribunal Federal pelos crimes de peculato e formação de quadrilha, Donadon se apresentou ao superintendente da Polícia Federal, Marcelo Mosele, em uma parada de ônibus, na área sul da capital federal, com o advogado Nabor Bulhões.
Ontem (27), o PMDB de Rondônia comunicou a expulsão do deputado Natan Donadon condenado a 13 anos, quatro meses e dez dias de prisão por desvio de R$ 8,4 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia, quando era diretor financeiro da instituição. O irmão de Natan, deputado estadual Marcos Donadon, também foi expulso do partido por condenação da Justiça.

Agência Brasil

Capitania dos Portos inscreve para cursos aquaviários

 A Capitania dos Portos de Pernambuco (CPPE) publicou os editais dos processos seletivos de admissão aos seguintes Cursos de Aquaviários-2013:
     a) Curso de Adaptação para Aquaviários – Cozinheiro, Taifeiro, Enfermeiro e Auxiliar de Saúde (CAAQ-I CT/S) – 30 vagas; e
         b) Curso de Formação de Aquaviários (CFAQ-I C/M) – Marinheiro-Auxiliar de Convés (MAC) e Marinheiro-Auxiliar de Máquinas (MAM) – 46 vagas.
            O objetivo é preparar profissionais para o desempenho de cargos e funções peculiares às categorias iniciais do pessoal da Marinha Mercante e atividades correlatas.
            A inscrição poderá ser feita na própria sede da Capitania, de 27/06 a 19/07, de segunda a sexta-feira, no horário das 08h às 16h. A CPPE fica localizada na Rua São Jorge, nº 25, Bairro do Recife Antigo, ao lado da Praça do Arsenal.
            Para a realização da inscrição é necessário apresentar original e cópia dos documentos previstos nos editais publicados no site: www.cppe.mar.mil.br.
            O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 8,00, deverá ser efetuado em qualquer agência bancária, lotérica ou correios, por meio de Guia de Recolhimento à União (GRU) emitido através do endereço: www.dpc.mar.mil.br/scam/emitgruscam/indice.htm.
            O processo seletivo será composto por cinco etapas, abrangendo exames de português e matemática, além de Teste de Suficiência Física.

SERVIÇO
            Maiores informações poderão ser obtidas pelo site: www.cppe.mar.mil.br e telefones  (81) 3424-7111 Ramais 212 e 213.

Capitania dos Portos de Pernambuco 

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Tarso propõe passe livre para estudantes da região metropolitana de Porto Alegre

Na tarde desta quinta-feira (27), o governador Tarso Genro anunciou que está propondo o Passe Livre Estudantil intermunicipal para os estudantes do Transporte Metropolitano do Estado. O anúncio foi transmitido, via internet, na edição do seminário O Governo Escuta.
Conforme informações do site do governo do Estado divulgadas há pouco, a medida irá atender os estudantes que residem em um município e estudam em outro, especialmente estudantes do ensino médio e universitário.
Em seu site, o governo esclareceu que a proposta será enviada como um projeto de lei em regime de urgência para a Assembleia Legislativa já na próxima semana. A intenção de Tarso é de que a medida entre em vigor no dia 1º de agosto deste ano. 
O impacto do benefício irá gerar cerca de 200 mil passes livres/mês e um custo entre R$ 8 e 10 milhões ao ano nos cofres do Estado.
“O governo bancará os recursos, mesmo com situação dramática dos cofres públicos”, destacou Tarso, ao pontuar que a medida só não é automática em virtude do governo, nos próximos 30 dias, definir as dotações orçamentárias e chamar audiências públicas para discutir a abertura das planilhas do setor. “A tabela não será modificada”, assinalou o governador, destacando, ainda, que a iniciativa chama os estudantes ao debate para uma tabela transparente e que o Palácio Piratini vai avaliar se os recursos para bancar a decisão serão retirados ou não de algumas políticas públicas, ou tributados no próprio sistema. “É muito importante que este gesto seja compreendido como uma vitória do movimento, sairá caro ao Estado, mas valerá a pena”, finalizou Tarso.
Desafio é fazer gestão
Diretor-superintendente da Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan), Oscar Escher calcula que a medida representará um desembolso anual aos cofres do Estado entre 8 e 10 milhões de reais, ou 10% do arrecadado em tarifas pelo sistema metropolitano de transporte coletivo.
Escher assinala o grande desafio da Metroplan e do Estado com o anúncio de Tarso: “O problema não é a isenção do estudante, mas o desvirtuamento do benefício, quem o está recebendo”, assinala, ao esclarecer que o montante de estudantes beneficiados ainda não está calculado, bem como os critérios para se beneficiar com a medida. Pondera que no bilhete integrado metropolitano, proposta do Estado a ser implantada até o final do ano, a validação do benefício será feita pelo estabelecimento de ensino, garantindo transparência ao processo.
A medida adotada é uma forma de de atender a demanda solicitada em vários protestos que vem ocorrendo nas cidades da região metropolitana. "Passe livre será acompanhado de assembleias e com muita transparência", diz Tarso.
Segundo uma publicação no twitter do governo do Estado, "Tarso diz que o passe livre que ele vai criar na região metropolitana não é uma benesse de governo, mas uma conquista de todos".
Nos textos do twitter, as hashtags #passelivre e #reformapolítica foram associadas as mensagens postadas no site de rede social do governo do Estado. 

Diario de Canoas/RS

Rodrigo Raposo toca esta noite em festa junina de Barreiros

O cantor e jornalista Rodrigo Raposo será a grande atração da festa junina do município de Barreiros, nesta quinta, dia 27. O show intitulado “São João Arroxado de Bom”, acontece no Pátio de Eventos Santa Terezinha, área central da cidade, a partir das 21h. A banda Floro Júnior (trio pé de serra) também se apresenta. O evento é gratuito. O repertório do show de Rodrigo será baseado no seu novo DVD intitulado “Plante e Reggae”, lançado recentemente no Imprensa no Forró, além de releituras de músicas como “Sobradinho”, “I Wanna Love You”, de Bob Marley e demais hits do autêntico forró pé de serra. O município de Barreiros está localizado a 102 km da capital pernambucana. Mais informações pelo fone 8820 – 1386.

Cimi aponta crescimento de 237% na violência contra os índios

A maioria das formas de violência cometidas contra as comunidades indígenas teve crescimento em 2012, conforme dados divulgados hoje (27) pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi). De acordo com o relatório, houve crescimento de 237% na categoria violência contra a pessoa - que engloba ameaças de morte, homicídios, tentativas de assassinato, racismo, lesões corporal e violência sexual - no ano passado, quando comparado com os casos registrados em 2011.

O levantamento aponta que, em todo o Brasil, foram registradas 60 homicídios contra a população indígena. O número representa nove mortes a mais que as registradas no ano anterior. O maior número de ocorrências ocorreu em Mato Grosso do Sul, com 37 casos. Na sequência, aparecem Maranhão e Bahia, com sete e quatro casos, respectivamente. Segundo o Cimi, nos últimos dez anos, ocorreram cerca de 563 assassinatos de índios no país.

Os casos de violência contra o patrimônio aumentaram de 99 para 125, utilizando a mesma base de comparação, o que representa aumento de 26%. Considerando a violência por omissão do poder público, foram relatados cerca de 106,8 mil casos. O número significa acréscimo de 72% ante 2011.

Na avaliação do presidente do Cimi, dom Erwin Kräutler, a repetição e o aumento da violência contra a população indígena podem ser atribuídos à “omissão por parte dos estados” na demarcação das áreas indígenas, provocando atraso no processo.

“Em vez de falarmos em diminuição, lamentamos dizer que as situações se repetem e houve aumento de diversas formas de violência. O maior problema é a falta de demarcação de áreas indígenas. Não tomar providência em relação à delimitação das áreas indígenas significa escancarar as portas para qualquer tipo de invasão. Invasões que geram mortes”, enfatizou.

Os números fazem parte do Relatório de Violência Contra os Povos Indígenas. O estudo destaca ainda que, das 1.045 terras indígenas, 339 estão sem providências de demarcação e outras 293 estão em análise. O relatório aponta também que, no caso de violência relacionada à omissão do Poder Público, houve crescimento na falta de assistência à educação escolar (18,8 mil vítimas), à saúde (80,4 mil vítimas) e disseminação de bebidas alcoólicas (254 vítimas).

Os dados foram obtidos a partir de relatos e denúncias dos povos e organizações indígenas. Informações levantadas pelas equipes de 11 regionais do Cimi, notícias veiculadas pela imprensa e dados de órgãos públicos que prestam assistência às comunidades também serviram de base para o relatório.

Agência Brasil

Pernambuco ganha premio da ONU por conta do Pacto Pela Vida

O Governo de Pernambuco recebeu, nesta quinta-feira (27/06), o prêmio concedido pela Organização das Nações Unidas (ONU) em reconhecimento ao trabalho desenvolvido pela gestão Eduardo Campos na área da Segurança Pública. O programa Pacto pela Vida, lançado em abril de 2007, foi selecionado na categoria “Melhoria na Entrega de Serviços Públicos” do United Nations Public Services Forum Day and Awards, que premia boas práticas administrativas desenvolvidas em todo o Mundo. Esta é terceira vez que o Governo de Pernambuco é reconhecido pela ONU por suas experiências administrativas. O Estado foi o único no Brasil a ser premiado por dois anos consecutivos.

“Este título é muito importante para todos nós pernambucanos, que construímos juntos o Pacto Pela Vida. Além de ser um reconhecimento pelo sucesso na redução da violência, é também uma demonstração da nossa capacidade de inovar, dialogar e unir forças”, afirmou o governador Eduardo Campos, que acompanhou a entrega do prêmio de Brasília, onde participou de reunião com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto. O secretário de Planejamento e Gestão, Frederico Amâncio, foi o representante do governador na solenidade, realizada no Bahrein, país localizado no Oriente Médio.

Eduardo lembrou ainda que o Pacto Pela Vida foi pensado e desenvolvido com a participação do conjunto da sociedade sob a coordenação e liderança do Governo do Estado. “Fizemos um amplo convite a todas as instituições e grupos organizados em torno desta pauta para buscar caminhos e enfrentar um problema que era crônico não apenas em Pernambuco, mas em todo o País. Alcançamos importantes resultados, mas é preciso reconhecer que precisamos avançar mais”, ressaltou o governador.

Nos últimos seis anos, o Pacto Pela Vida já conseguiu reduzir em 35,5% o número de homicídios em Pernambuco. Em Recife, a queda chegou a 51,8%, e segue progredindo. “O trabalho do programa é ininterrupto. Os bons números apresentados pelo programa são resultado do trabalho diário de todos os envolvidos e consequência direta do empenho do próprio governador, que participa de todas as decisões fundamentais e, uma vez por mês, conduz pessoalmente a reunião de monitoramento do programa”, lembrou Amâncio, atual coordenador do Pacto Pela Vida.

Durante quatro dias, nesta última semana de junho, delegações de todo o mundo reuniram-se para debater práticas de gestão e trocar experiências em oficinas e mesas redondas. Desde 2002, o Departamento de Economia e Assuntos Sociais da ONU premia experiências governamentais alinhadas com os Objetivos do Milênio. Em 2012, o Governo de Pernambuco recebeu dois prêmios pelo Modelo de Gestão Todos Por Pernambuco e pelo programa Chapéu de Palha Mulher. “Este prêmio da ONU posiciona o Pacto Pela Vida entre os melhores programas de segurança do Mundo e certamente o mais eficaz do Brasil”, avaliou o secretário-executivo de Gestão por Resultado, Bernardo D’Almeida, membro da delegação pernambucana que esteve no Bahrein para receber o prêmio.

Com informações da ONU Brasil e da Secretaria de Imprensa de Pernambuco

Profissionais discutem avanços no diagnóstico e tratamento de doenças endócrinas no EndoRecife

Os avanços no diagnóstico e tratamento de doenças endócrinas, entre eles a diabetes, tireóide e obesidade, serão debatidos na 16ª edição do EndoRecife, maior encontro regional de endocrinologia do país. O evento aporta na Praia de Muro Alto, litoral Sul de Pernambuco, a partir desta quinta (27) e segue até sábado (29).
Voltado para classe médica e estudantes, o EndoRecife também tem por objetivo promover a troca de experiências, facilitando assim o acesso dos profissionais às novidades em endocrinologia. O congresso vai reunir cerca de 800 pessoas, entre endocrinologistas, profissionais de saúde, residentes e estudantes. O evento é organizado pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM-PE) e presidido pelo Dr. Lúcio Vilar, também presidente da Regional.
“O EndoRecife situa-se entre os cinco melhores eventos de endocrinologia do país, tendo como característica principal o fato de ser essencialmente clínico, abordando temas de grande interesse para os endocrinologistas, clínicos gerais, pediatras, cardiologistas e ginecologistas”, explicou Dr. Lúcio Vilar.
No total, cerca de 40 conferencistas entre grandes nomes da endocrinologia brasileira como Lúcio Vilar, Luiz Griz, Nina Mussolino e Ruy Lyra; além de palestrantes internacionais, entre eles, Rodica Pop-Busui, professora associada do Internal Medicine, Metabolism, Endocrinology and Diabetes da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos. A professora participa de mesa redonda com tema “Neuropatia diabética periférica: Update no tratamento”.
Este ano, a programação traz novidades em seu formato garantindo mais interação entre palestrantes e congressistas. A grade científica conta com 11 conferências, seis simpósios, 14 mesas redondas, além Meeting the Professor, Hot Topics e apresentações orais de temas livres. Entre os assuntos que serão discutidos, durante os três dias de evento: Reposição Hormonal Feminina, Disfunção Eréctil, Aterosclerose e a importância do controle do colesterol, Cirurgia Bariátrica, e Câncer de Tireoide.
INSCRIÇÕES - Ainda podem ser realizadas nesta quinta-feira (27/06), na secretaria do evento, no hotel, a partir das 10h. O valor varia entre R$ 300 e R$ 670, dependo da categoria, se estudante, residente ou médico.A inscrição não inclui hospedagem.

SERVIÇO
Endorecife 2013
Dias: 27 a 29 de junho de 2013
Local: Hotel Summerville - Praia de Muro Alto, s/n – Porto de Galinhas - Ipojuca – PE
Inscrições: Na secretaria do evento, no Summerville Beach Resort, a partir das 10h desta quinta-feira (27/06).

Manifestações terminam em violência em Fortaleza e Brasília

Mais um jogo da Copa das Confederações foi antecedido por confrontos entre a Polícia Militar e manifestantes que protestam contra os gastos da preparação para a Copa do Mundo. Em Fortaleza, onde Itália e Espanha se enfrentam nesta quinta-feira pela semifinal do torneio, cerca de seis mil manifestantes tomaram os arredores do estádio, numa mobilização que começou sem distúrbios, mas ganhou em tensão quando o grupo chegou à barreira formada por policiais em uma das avenidas de acesso ao estádio Castelão.
Por volta das 13h30, um grupo de manifestantes furou a primeira barreira policial formada por policiais e se posicionaram diante da segunda, composta pelo Batalhão de Choque, que conseguiu dispersar multidão com bombas de gás lacrimogêneo e de efeito moral. Alguns vândalos arrancaram grades de contenção enquanto o carro de uma TV local, a TV Diário, pegava fogo na avenida Dedé Brasil. Um carro do Corpo de Bombeiros esperava a PM afastar os vândalos para chegar ao carro e controlar o fogo.
A minoria que partiu para a violência também pichava muros, quebrava vidraças e queimava lixo na rua, mesmo sob as vaias de outros manifestantes. ''Sem violência! Sem Violência!'', gritava a maioria dos manifestantes, mas o grupo que queria confusão seguia enfrentando a polícia. Essa minoria ainda jogou pedras em um ônibus que levava torcedores à Arena Castelão. O ônibus teve de parar e os passageiros desceram. Alguns manifestantes tentaram em vão evitar o apedrejamento
Educação
Enquanto isso, em Brasília, estudantes marcharam até o Congresso Nacional em protesto que terminou no espelho d'água em frente ao prédio do parlamento. Liderada pela União Nacional de Estudantes (UNE) e pela União Brasileira de Estudantes Secundaristas (UBES), a manifestação pediu 10% do PIB para a educação e 100% dos royalties do petróleo para o setor. Os estudantes também cobraram o passe livre estudantil.
Portal Brasil 247

SP: Câmara aprova CPI dos transportes proposta pela base governista

A Câmara dos Vereadores de São Paulo aprovou na tarde desta quinta-feira a abertura da CPI dos Transportes protocolada pelo vereador Paulo Fiorillo (PT), que teve o apoio da base governista do prefeito Fernando Haddad (PT). A CPI foi aprovada por 40 votos a 11, com duas abstenções.
Segundo Fiorilo, o foco da CPI é claro e definido. "O que queremos investigar e debater são as planilhas do sistema de transporte. Queremos abrir o debate para os custos, os subsídios dados pela prefeitura e a qualidade do transporte na cidade."
O vereador Ricardo Young (PPS), que tinha uma proposta considerada mais ampla, apoiada pela oposição, afirma que a sua proposição é mais ampla. "O sistema de transporte da cidade entrou em colapso e precisa ser repensado. É preciso abrir espaço para todas as partes envolvidas e discutir parâmetros de qualidade. Ninguém é contra a investigação, mas ela precisa ser mais ampla", disse.
No início da tarde, um grupo de manifestantes favoráveis à criação CPI fechou parte do viaduto Jacareí, onde fica a Câmara, para pressionar os parlamentares. 
Um grupo de manifestantes ligados à cooperativas da zona sul da capital paulista acompanhou a sessão das galerias da Câmara e se posicionou contra a proposta. O grupo é ligado ao vereador Milton Leite (DEM).
Além dos três pedidos para que a CPI aborde o tema transportes, há outros 17 pedidos de CPI's na Câmara para investigar outros temas. 
Portal Terra

Agentes de saúde do Recife fecham avenida em frente à Prefeitura

Agentes comunitários de saúde e combate às endemias do Recife fecharam, no final da manhã desta quinta-feira (27), a Avenida Cais do Apolo, em frente à Prefeitura. O protesto foi devido à falta de acordo quanto ao aumento salarial da categoria. Segundo a Polícia Militar, aproximadamente 300 pessoas estavam no local. A via foi fechada por volta do meio-dia, com o trânsito sendo desviado por outras ruas, de acordo com a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU).

Uma comissão formada por cinco integrantes foi chamada para conversar com o secretário de Governo e Participação Social, de acordo com a secretária de comunicação do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Combate as Endemias do Estado de Pernambuco (Sindacs-PE), Maria Betânia da Silva. "Nós já falamos com os secretários de Finanças e Administração, esgotamos nossas negociações. Vamos agora tentar que o secretário Sileno Guedes nos escute", afirma Maria Betânia.
Segundo o Sindicato, a oferta era de aumentar o atual salário de R$ 673 para R$ 750 e, para chegar a R$ 950, incorporar R$ 200 que seriam repassados pelo Ministério da Saúde por produtividade. "Nós queremos o aumento, mais a produtividade de R$ 950, que é o repasse passado para a Prefeitura. Não entramos em acordo e eles bateram o martelo, fechando o aumento em R$ 6,49%", detalha a representante do Sindicato.
Os agentes de saúde comunitários são responsáveis pelo acompanhamento da comunidade, de pacientes com diabetes, pressão alta, entre outras atividades.
Portal G1

Alexandre Frota revela na TV em tom de deboche que "namorou" Marcos Feliciano

O ator Alexandre Frota resolveu criar polêmica durante sua participação no Morning Show, da Rede TV!, na manhã desta quinta-feira (27). O ator, que está lançando a autobiografia Identidade Frota - A Estrela e a Escuridão, inventou que namorou o deputado Marco Feliciano em tom de deboche. "Eu o conheço bem, ele foi meu namorado. Ele teve um relacionamento de dois anos comigo e eu fico surpreso com as coisas que ele fala, porque não era isso que ele falava quando estava comigo na cama", brincou.

Ainda dando risada, Frota pediu espaço para mandar um recado para o deputado, odiado por muitos por ter aprovado o projeto da "cura gay" na Comissão. "Amor, eu estou estranhando essa sua posição. Eu te chamava de 'Dundun'. Por tudo que nós vivemos, por tudo que você me falou ao pé do meu ouvido, eu esperava mais de você. Quando puder me liga, tá bom?".

No programa, Frota também comentou sua orientação sexual. "Eu sou pentassexual. Eu era bi, depois fui tri e agora sou penta. Eu vou tentar o hexa". Para ele, a fama de bissexual aconteceu por conta de seu trabalho com o público gay, como as vezes em que posou nu para a revista G Magazine. "Eu trabalhei durante muito tempo com o corpo, com a sedução, voltado para um público consumidor gay. 

Eu sempre acreditei e acredito que não pudesse fazer qualquer tipo de trabalho em que não colocasse a alma. Eu fiz cinco capas da revista 'G Magazine' e eu não quis fazer a revista sentado numa piscina, como a maioria das revistas saem. Eu roteirizei aquilo de uma maneira que eu sabia que chocaria o público, que seria discutido e que público consumidor final, o público gay, iria comprar".
Entre os ensaios polêmicos de Frota, estão um em que ele aparece com vários outros homens nus, simulando beijos e uma orgia. Além disso, ele vez um pornô com a atriz transexual Bianca Soares.

Revista Quem

Estudante Crislayne Silva é solta e advogada critica polícia

A estudante Crislayne Maria da Silva, detida na quinta-feira (26) passada, durante protesto no Recife, foi solta na tarde desta sexta (27). A jovem foi levada nesta manhã para a Colônia Penal Feminina, após a delegada de plantão de Santo Amaro decretar a prisão por porte de artefato explosivo. Ainda na delegacia, um estudante foi preso por dano contra o patrimônio público, mas pagou fiança, e uma terceira estudante assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por resistência à prisão. Advogados populares que prestam serviço jurídico voluntário a manifestantes classificaram como “truculenta e intimidatória” a ação da polícia.

Crislayne Maria da Silva foi solta após advogados populares conseguiram um habeas corpus para ela deixar a prisão e responder pelo crime em liberdade. Uma vigília foi montada em frente à delegacia em favor da soltura da jovem, que também mobilizou muita gente nas redes sociais. “Ela nega que a mochila seja dela, versão confirmada pelas testemunhas. E, mesmo que fosse, ela foi presa porque teria três bombinhas de São João. Nessa época do ano, metade da população poderia ser presa por isso também”, disse a advogada Liana Cirne Lins.
Conforme relato da advogada, a estudante Lara Buitron foi detida quando estava perto de moradores de Santo Amaro que estavam sendo revistados pela polícia. Ela assinou um TCO e foi liberada por volta das 1h30 desta sexta (27). “O TCO foi por resistência a uma prisão cujo motivo sequer foi justificado no termo. Ela estava próximo desse grupo de moradores, quis se afastar e um policial já veio com cassetete em punho, não houve tempo para dialogar nem resistir. Ela foi imobilizada, nem teve condições de resistir”, falou.
O terceiro estudante, Igor Alves Calado, autuado em flagrante por dano contra o patrimônio público, conseguiu pagar a fiança de R$ 5 mil. “Ele estava com uma bandeira do Brasil, que se enroscou em uma moto da polícia, porque [a moto] foi colocada no meio do trajeto dos manifestantes. Ele nem é integrante de qualquer movimento, foi ao protesto empolgado pelas notícias dos reflexos da população ir para rua. Estava no lugar errado na hora errada”, informou Liana Cirne Lins.
Uma nota será emitida pelo grupo de advogados populares em repúdio à truculência e violação das prerrogativas dos advogados na Delegacia de Santo Amaro. “Houve uma ação truculenta por parte da polícia com manifestantes e advogados e uma série de irregularidades. Não tivemos livre acesso na delegacia; não fomos recebidos pela delegada; após cinco horas de aguardo finalmente foi tomado o primeiro depoimento [de Igor] com a presença de um advogado; uma das manifestantes não foi ouvida [a Lara]; uma das testemunhas de defesa que a delegada aceitou receber, quando entrou voluntariamente foi detida e liberada após assinar TCO por obstrução da Justiça e saiu sem prestar depoimento; a fiança foi arbitrada antes de ouvi-los e conhecer situação econômica dos jovens", elencou.
A advogada ainda criticou a falta de um plantão judiciário 24 horas – atualmente, o serviço funciona das 13h às 17h – o que teria acelerado a soltura dos manifestantes. “O sentimento é que houve um esforço da polícia para punir os manifestantes. A tipificação dos crimes é arbitrária, pois fatos que não se passaram acabaram sendo oficializados e, justamente porque não serão condenados em juízo, há esse esforço [da polícia] que eles sejam encaminhados à Colônia e ao Cotel [Centro de Triagem] como forma de puni-los. E essas prisões tiveram caráter intimidatório para [a população] não exercer o direito de manifestação”, finaliza.
Violência
O grupo de advogados populares também atuou no protesto realizado no último dia (20), que reuniu 52 mil pessoas. De acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS), 31 foram detidas. A advogada popular Andréa Gorenstein foi procurada por manifestantes que foram presos na frente da Prefeitura do Recife, cujo prédio teve três vidros quebrados. Ela denuncia que dois integrantes do protesto foram espancados na delegacia do Grupo de Operações Especiais (GOE), no Cordeiro.
A advogada conta que foram 22 detidos na Prefeitura. “Uns foram soltos na Ponte do Limoeiro, outros no Coque e três levados para o GOE, que não era uma delegacia designada para receber manifestantes e tem péssima fama. Eles foram recebidos em estado normal, íntegros, mas no outro dia apareceram ‘quebrados’. Recebemos indicação que eles não seriam soltos porque [os policiais] deram a entender que eles não eram réus primários. A verdade é que descansamos, pois achávamos que eles não tinham relação com o protesto. Hoje, acho que confiamos no discurso da polícia. Pensávamos que havia um clima de colaboração interinstitucional por conta do discurso do governador [Eduardo Campos] de tolerância mil, mas sabemos agora que existe ordem para um grupo [de policiais], que não porta identificação, se infiltrar e agir com violência”, afirmou.
SDS emite nova nota oficial
A Secretaria de Defesa Social – SDS, a partir de dados fornecidos pelo Centro Integrado de Defesa Social – CIODS e Polícia Civil de Pernambuco informa que no período compreendido entre o início e o término do protesto, realizado nessa quarta-feira (26), foram registradas 09 ocorrências relacionadas à manifestação, com 07 pessoas detidas e 02 menores apreendidos, por depredação, resistência, roubos, dentre outras ocorrências.
No bairro de Santo Amaro a Polícia Militar prendeu Igor Alves Calado, de 28 anos, acusado de depredar uma moto da PMPE. Ele foi liberado após pagamento de fiança de R$ 5.000.
Arthur Menezes dos Santos, de 19 anos e Bruno de Cássio Pereira Vilar, 20 anos foram detidos por dano qualificado, jogando pedra em ônibus. Arthur foi liberado após pagamento da fiança no valor de R$ 2.500. Já Bruno não realizou o pagamento e foi recolhido ao Cotel.
Também foi encaminhada para a Delegacia de Plantão de Santo Amaro, as mulheres, Crislyne Maria da Silva, 19 anos, detida por agredir com bombas e pedradas funcionário público no exercício da função. Ela foi encaminhada à Colônia Penal Feminina, por não ter pago a fiança arbitrada no valor de R$ 5.000.
Em desfavor de Camila Aurea Cruz Oliveira e Lara Oliveira Buitron, 22 anos, foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência – TCO por favorecimento pessoal e resistência, respectivamente.
Além delas, o estudante José da Guia Negreiros, de 19 anos, detido com bombas e rojões na mochila, mas que foi liberado após prestar depoimento.
Dois menores foram apreendidos próximo ao Shopping Tacaruna, um deles por realizar roubos a manifestantes. O segundo, que estava atirando pedras e soltando fogos de artifícios, foi liberado.
Durante o protesto três policiais foram feridos por manifestantes. O cabo PM Antônio Raimundo de Oliveira, da Radiopatrulha, foi atingido por uma pedrada no olho esquerdo. O PM teve o olho perfurado pela lente dos óculos, que foi quebrado pela pedra. O fato ocorreu na Avenida Cruz Cabugá e segundo o comandante do BPRp, coronel Denis Roberto Soares, o parecer médico informava que o PM sofreu um corte na retina e precisará de acompanhamento oftalmológico, com risco de perder a visão do olho atingido. Ele foi liberado após o atendimento e encontra-se afastado da função para tratamento de saúde.
Ainda foram atingidos pelos manifestantes, o tenente-coronel Arlis Gadelha, comandante do 12º BPM, ferido com uma pedrada no rosto e o capitão PM Sérgio Costa, da Diretoria Integrada Metropolitana – DIM, com uma pedrada na perna esquerda.
Além dos feridos, três viaturas do Corpo de Bombeiros, sendo duas de combate a incêndio e uma de resgate, foram apedrejadas e ainda uma moto da ROCAM. 

Com informações do G1 e da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Magicando Solidário no Centro de Convenções

Show de mágica, humor e, principalmente, solidariedade. São com esses ingredientes que os mágicos Crispim e Montanha  promovem no dia 13 de julho, a partir das 15h, a 2º edição do espetáculo de mágica intitulado “Magicando Solidário”, que acontece no Teatro Beberibe, no Centro de Convenções, em Olinda, com direção artística de Marcio Fecher. A dupla grava o primeiro DVD da carreira. Toda a renda (alimentos) obtida será destinada às famílias vítimas da seca, no Estado. A entrada será 2kg de alimentos não perecíveis.

Nota Oficial da SDS sobre as prisões de hoje

A Secretaria de Defesa Social – SDS, a partir de dados fornecidos pelo Centro Integrado de Defesa Social – CIODS, informa que no período compreendido entre o início e término do protesto, realizado hoje (26), foram registradas pelo menos 08 ocorrências relacionadas à manifestação, com 05 pessoas detidas até às 22h por depredação, resistência e roubos, dentre outras ocorrências.
No bairro de Santo Amaro a Polícia Militar prendeu Igor Alves Calado, de 28 anos, acusado de depredar uma moto da PMPE. Próximo ao Shopping Tacaruna dois menores foram apreendidos, um por realizar roubos a manifestantes e o segundo por atirar pedras e soltar fogos de artifícios. Outras duas mulheres também foram encaminhadas a Delegacia de Plantão de Santo Amaro. Crislyne Maria da Silva foi presa por agredir com bombas e pedradas, funcionário público no exercício da função e Lara de Oliveira Buitron, por resistência.
Amanhã (27), será divulgada nota complementar, com eventuais outros nomes de pessoas detidas e imagens captadas pelas câmeras da SDS.
De acordo com a Polícia Militar de Pernambuco aproximadamente 500 pessoas participaram da manifestação na capital pernambucana percorrendo as principais avenidas desde o bairro do Derby com destino ao Centro de Convenções em Olinda e retorno ao centro pela Avenida Cruz Cabugá.
Secretaria de Defesa Social de Pernambuco

MG: Usuários de drogas podem ter direito a 10% das vagas no Serviço Público

Diante da escassez de investimentos públicos para os tratamentos de usuários de drogas no Estado e da alta taxa de ocupação das vagas públicas destinadas a esse tipo de abordagem, Minas poderá adotar uma medida polêmica: reservar 10% das vagas em concursos públicos no Estado para dependentes químicos.

A sugestão foi feita pelo presidente da Comissão de Enfrentamento ao Crack, o deputado estadual Vanderlei Miranda (PMDB), durante o ciclo de debates Um Novo Olhar sobre o Dependente Químico, encerrado, ontem, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na capital. “Fomos muito cobrados de que o poder público não ajuda na reinserção de usuários de drogas. Sugeri isso ao governo, mas ainda não obtive resposta para decidirmos o que fazer”, afirmou.
O projeto causa polêmica entre entidades que lidam com o tratamento de dependentes químicos. Para Robert William, da ONG Defesa Social, que trabalha com o tratamento de dependentes químicos, o investimento deveria ser em vagas públicas de tratamento. “Em certo ponto, pode parecer bom (reservar empregos públicos para usuários de drogas), ajudando o dependente a se reinserir. Mas o principal é que o Estado invista em vagas públicas de tratamento”, frisou.
Segundo Cleiton Dutra, assessor de política de gabinete da Subsecretaria de Política Anti-Drogas, a reserva de vagas para usuários de drogas em concursos públicos não foi analisada. “Não tenho conhecimento do assunto, isso deve ser analisado. Mas, independentemente disso, vamos expandir as vagas públicas futuramente”, disse.
Jornal O Tempo/MG

Manifestantes estão sitiados na Cruz Cabugá

O estudante de Direito, Pedro Josephi, que recentemente concedeu uma entrevista ao nosso blog, lançou essa mensagem agora há pouco nas redes sociais:



Goiás implanta passe livre para estudantes na Região Metropolitana de Goiânia

Em resposta às manifestações dos últimos dias, que tiveram grande foco no preço das passagens de ônibus, o governo de Goiás instituiu o passe livre estudantil, valendo para os 20 municípios da Região Metropolitana de Goiânia (RMG). Nesta quarta-feira, 26, o governador Marconi Perillo anunciou que o decreto foi encaminhado para publicação, prevendo subsídio financeiro de 50% do valor da passagem para estudantes que atenderem aos critérios da lei.Na RMG, os estudantes já tinham 50% de desconto, significando agora que não pagarão nada, desde que se habilitem às condições previstas. A Região tem 2,2 milhões de habitantes (Goiás possui 6 milhões). 

  Estadão

Câmara aprova royalties do petróleo para saúde e educação

A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quarta-feira (26), projeto de lei do Executivo que destina 75% dos recursos dos royalties do petróleo para a educação pública, com prioridade para a educação básica, e 25% para a saúde. O governo foi derrotado porque desejava carimbar o dinheiro apenas para a educação e só destinava recursos de contratos futuros e de rendimentos do Fundo Social, criado no marco regulatório do pré-sal.
O texto aprovado estabelece que será obrigatória a aplicação dos recursos dos royalties na educação e na saúde pela União, estados e municípios. A proposta também determina que 50% dos recursos do Fundo Social do Pré-Sal sejam aplicados na educação até que se atinja o percentual de 10% do Produto Interno Bruto (PIB).
A maioria dos destaques que visava a alterar o texto foi retirada pelos seus autores e os que chegaram a ser votados foram rejeitados pelo plenário da Câmara. Com a conclusão da votação, o projeto segue agora para apreciação do Senado, em regime de urgência.
Concluída a votação do projeto dos royalties, os deputados aprovaram requerimento para votação em regime de urgência do projeto de lei que estabelece novas regras para a distribuição dos recursos do Fundo de Participação dos Estados (FPE).
O líder do governo, Arlindo Chinaglia (PT-SP), afirmou que não há compromisso em sancionar o projeto da forma como foi aprovado. Sob efeito da pressão das manifestações, a tentativa dos parlamentares é de dar uma resposta. A prioridade para essa proposta foi pedida pelo governo, mas a negociação ampliou de forma significativa os recursos alvo da vinculação e incluiu a saúde entre as áreas prioritárias.
O relator do projeto, André Figueiredo (PDT-CE), estima que a proposta original do governo destinaria R$ 25,8 bilhões para a educação em 10 anos, enquanto o texto aprovado pode destinar R$ 280 bilhões para educação e saúde no mesmo período. O aumento bilionário foi feito porque decidiu-se por mexer em contratos já assinados em áreas nas quais ainda não começou a exploração comercial até 3 de dezembro de 2012 e de metade dos recursos que serão destinados ao Fundo Social.
A proposta do governo era só para novos contratos e envolvia apenas o rendimento de aplicações feitas com o Fundo. A vinculação para a saúde foi feita de 25% sobre os royalties dos contratos, não incluindo os recursos do Fundo Social. O texto final prevê que União, estados e municípios terão obrigatoriamente de investir esse porcentual na saúde, impedindo que Dilma cumpra sua promessa de destinar tudo para a educação. O governo considera que da forma como o texto foi aprovado poderá haver questionamento judicial por se interferir em contratos já firmados.
Portal IG

Presidente da Câmara recebe representantes de manifestantes e garante que "Cura Gay" será enterrada

Representantes de vários movimentos que estão participando das manifestações de rua nos últimos dias foram recebidos pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) na tarde desta quarta-feira e conseguiram dele o compromisso de se empenhar para “enterrar” o projeto conhecido como “cura gay”. A rejeição do projeto, aprovado na Comissão de Direitos Humanos presidida pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP), era um dos pontos da pauta de 10 itens apresentada pelos manifestantes ao presidente da Câmara.

No encontro, no entanto, o presidente explicou aos manifestantes que ele não teria como tirar Feliciano da Comissão de Direitos Humanos da Casa e nem pressionar o Conselho de Ética a analisar o caso. Ele também disse que a pressão tem que ser feita pelos próprios interessados em que isso aconteça. A pauta apresentada pelos representantes dos movimentos também incluiu o fim do voto secreto nas votações, mas não restrito a cassações, como prevê a PEC aprovada hoje pela Comissão de Constituição e Justiça.

Participaram da audiência, entre outros, representantes dos movimentos Juntos, Sou Ativista e Marcha do Vinagre. Alguns representantes deixaram a reunião usando máscaras ou tampando o rosto com papel, para que não fossem fotografados e deixaram o local sem falar com a imprensa. Outros concordaram em relatar o encontro com o presidente e anunciaram que nova rodada de conversa será feita na primeira quinzena de agosto, incluindo mais representantes de outros movimentos.

Henrique também afirmou que irá trabalhar para aprovar proposta que torna hediondos os crimes de corrupção. Ele explicou que o da Câmara estava muito genérico e tem parecer pela rejeição e que o que tramita no Senado, se aprovado lá, será analisado pela Câmara.
Segundo Rafael Salim — que se apresenta como um manifestante que está tentando unificar vários movimentos — o combinado era que ninguém desse coletiva após o encontro. Ele primeiro relutou, mas depois concordou em falar com os jornalistas. Ele parece ter gostado da promessa feita por Henrique Alves de que irá lutar para enterrar o projeto conhecido como "cura gay", mas quer ver isso concretizado.

— Senti o mesmo que senti em relação ao discurso da presidente Dilma. Foi oportuno ele prometer enterrar e dizer que a gente podia dizer isso em público, deixa a gente esperançoso, mas eu venho de um cultura que não acredita em políticos — disse Salim, que tem 26 anos e é músico.

Durante a coletiva, enquanto os manifestantes se desentenderam em razão de questionamentos sobre a ação de vândalos nas manifestações. Uma parte deles deixou a coletiva, afirmando que aquilo que ele estava defendendo não era o pensamento de todos. Segundo manifestantes, está havendo uma guerra de egos entre os representantes dos movimentos. Alguns acham que outros estão com estrelismo, querendo aparecer mais que outros.

Na carta entregue, também pediram o fim do foro privilegiado de autoridades, voto facultativo, reforma política com participação popular e CPI para investigar os gastos da Copa do Mundo, entre outros pontos. O encontro com o Henrique Alves foi articulado por meio da Comissão de Legislação Participativa da Casa.

Plenário - No pacote de medidas para atender à demanda gerada pelas manifestações populares, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), acertou na reunião de líderes que levará para votação direta no plenário, na semana que vem, dois projetos de clamor popular. Um para ser derrotado, o "cura gay", e outro para ser aprovado, a Proposta de Emenda à Constituição conhecida como “PEC do Voto Aberto” - que acaba com o voto secreto nos processos de cassação de mandato. Os dois tramitam na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

O Globo